Ex de Thiago Silva detalha problemas com o lutador: ‘Fizeram um inferno da minha vida’

Thaysa Kamiji, que atualmente mora em Abu Dhabi, conta que lutador do UFC sofre com vício em drogas

Thaysa Kamiji e Thiago foram casados por 13 anos. Foto: Reprodução/Facebook

Thaysa Kamiji e Thiago foram casados por 13 anos. Foto: Reprodução/Facebook

Recentemente, Thiago Silva retornou ao UFC após todas as acusações que respondia por um episódio ocorrido em fevereiro terem sido retiradas. Porém, a ex-esposa do lutador, Thaysa Kamiji, insiste que o atleta brasileiro ainda tem vários problemas, sobretudo com drogas, e relata ter passado diversos momentos de tensão ao seu lado.

VEJAVídeo: Wanderlei Silva detona UFC e anuncia aposentadoria

No dia 6 de fevereiro, Thiago invadiu a academia de jiu-jitsu de Pablo Popovitch em Ft Lauderdale, Flórida, e ameaçou as pessoas no local. O motivo da invasão teria sido uma crise de ciúmes, já que Thaysa havia iniciado há pouco tempo um namoro com Popovitch. Após a polícia ser acionada, o lutador foi preso.

ESPECIALDe violência doméstica até assalto a banco: veja os crimes já cometidos no MMA

Após a poeira baixar, Thaysa se manifestou publicamente pela primeira vez para falar com mais clareza sobre a conturbada relação com o ex-marido. Morando atualmente em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes, ela conta que o comportamento agressivo do lutador é algo que vem de longa data. “Fiquei 13 anos ao lado dele. Trabalhei para ele treinar, investi na carreira dele antes mesmo de ele achar que poderia ser lutador de MMA. Fui o alicerce dele e, nesses anos, vieram as agressões, um aborto devido a espancamento dele… Mesmo assim, eu achei que ele fosse mudar. Por amor a ele, nunca denunciei. Amava o Thiago. Éramos imbatíveis juntos, sempre achei que ele pudesse mudar e sempre ele dizia que era por causa do camp das lutas. Mas nunca mudava”, disse Thaysa, em entrevista ao jornal “Extra”.

LEIA TAMBÉM
– ‘Duelo dos gordinhos’ é a atração do UFC nesta madrugada
– Musa do UFC, Ronda cai no samba no Rio. Assista!
– Dirigente garante sete eventos do UFC no Brasil em 2015

Segundo ela, um dos maiores problemas de Thiago é o vício em drogas. “Ele sempre teve problema de droga. Eu achava que era por causa dos tantos problemas da infância dele que ele não mudava. Mas a partir de 2012 tudo piorou. Cocaína, molly e maconha eram presentes na vida dele. Ele chegou a fazer um bar em casa e ficar virado na cocaína até de manhã e ter que beber às 7h para tentar dormir. Vivi um pesadelo”, relatou.

RELEMBRE O CASO:
Thiago Silva invade academia de armado e acaba preso
Por invasão a academia, Thiago responderá a três acusações
UFC rescinde contrato de Silva após detenção do brasileiro
Justiça norte-americana retira acusações contra Thiago Silva 
UFC confirma recontratação de Thiago Silva

Mesmo morando a milhares de quilômetros de distância de Thiago, Thaysa confessa que ainda não se sente totalmente segura em relação ao lutador. “Eu ainda tenho medo. Eu, desde o início, disse ao Estado que tinha tudo contra ele, que precisavam se organizar. Eles só disseram que usariam tudo no tribunal. Mas lá tudo demora, diferente de nós brasileiros, que queremos resolver tudo na hora. Eu me senti usada e sem proteção, enquanto os empresários do Thiago pagaram muito dinheiro pela defesa dele e me coagiram ao máximo para tudo ficar difícil para mim, onde eu morava, o carro, meus cachorros… Nossa, fizeram um inferno da minha vida”, declarou.

Apesar de todo o ocorrido, Thaysa garante que não guarda mágoas. “Já perdoei quando tirei a ordem de restrição contra ele. Ele erra na língua dele e não vai mudar nunca. Mas, meu Deus, me arrependo todos os dias de não ter denunciado antes. Deveria ter escutado tanto os ex-managers, as ex-equipes, os ex-técnicos. Fui cega por anos, mas agora vou levar como experiência de vida e tenho uma vida nova pela frente, com um homem de verdade ao meu lado”, concluiu.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments