De ex-campeões a revelações: os brasileiros que podem conquistar o cinturão do UFC em 2024

Veteranos, revelações e ex-campeões buscam o cinturão em diferentes categorias de peso no UFC em 2024

C. Do Bronx exibe o cinturão conquistado após o nocaute sobre M. Chandler no UFC 262. Foto: Reprodução/Instagram

C. Do Bronx exibe o cinturão conquistado após o nocaute sobre M. Chandler no UFC 262. Foto: Reprodução/Instagram

O ano de 2024 pode ser histórico para o MMA brasileiro. Pelo menos sete lutadores do país estão em condições de disputar ou conquistar um cinturão do UFC, a maior organização de artes marciais mistas do mundo.

Entre eles, há veteranos, revelações e até ex-campeões que buscam recuperar o posto. Confira quem são os brasileiros que podem brilhar no octógono em 2024.

PUBLICIDADE:

Seis brasileiros que podem fazer história no UFC em 2024

Mayra Sheetara

Mayra Sheetara é a brasileira mais próxima de uma disputa de título. Ela vai enfrentar a norte-americana Raquel Pennington pelo cinturão vago dos pesos galos (até 62,1kg.), no dia 20 de janeiro, no UFC 297, em Las Vegas. Terceira colocada no ranking, vem de três vitórias consecutivas, sobre Yanan Wu, Stephanie Egger e Lina Länsberg.

Veja Também

Michael Chandler antes de luta no UFC. Foto: Reprodução/Twitter/UFC

Ela também havia vencido a ex-campeã Holly Holm, mas a luta foi anulada após ela testar positivo para uma substância proibida. Mayra tem um cartel de 10 vitórias, duas derrotas e um empate e é considerada uma das melhores lutadoras da divisão.

PUBLICIDADE:

Johnny Walker

O auge da carreira de Johnny Walker, agora, está prestes a acontecer. Com segundo encontro diante de Magomed Ankalaev no UFC Las Vegas 84, o brasileiro entra ao octógono com a oportunidade perfeita para desafiar o compatriota Alex Poatan pelo título dos meio-pesados (até 93kg.).

Aos 31 anos, Walker passou por Ion Cutelaba, Paul Craig e Anthony Smith para chegar à sétima posição no ranking, além de 21 triunfos e sete reveses.

PUBLICIDADE:

Matheus Nicolau

O peso mosca (até 56,7kg.) Matheus Nicolau é o quinto colocado no ranking e pode ficar a um passo de uma chance pelo cinturão se vencer o português Manel Kape neste sábado, no UFC Las Vegas 84.

Nicolau retornou ao UFC em 2021, após ser demitido em 2018, e desde então venceu quatro das cinco lutas que fez, incluindo nomes como Tim Elliott e Matt Schnell. Ele conta com um histórico de 19 triunfos, três reveses e um empate e é um lutador completo, com habilidades tanto na trocação quanto no chão.

PUBLICIDADE:

Deiveson Figueiredo

Deiveson Figueiredo quer fazer história em busca de um novo trono na carreira. Após perder o título para Brandon Moreno na quadrilogia em 2023, o lutador subiu para a divisão dos galos e estreou com uma vitória sobre Rob Font, em dezembro de 2023. Agora, ele é o oitavo colocado no ranking e espera por uma nova oportunidade de lutar pelo cinturão, que atualmente pertence a Sean O’Malley.

O Deus da Guerra já foi desafiado pelo ex-campeão Cody Garbrandt, mas ainda não há nada confirmado. Com um cartel de 23 vitórias, quatro derrotas e um empate, é conhecido por sua força e agressividade.

Charles do Bronx

Charles do Bronx, de 34 anos, é o primeiro colocado no ranking e o principal candidato a desafiar o campeão Islam Makhachev, que o derrotou e tirou seu trono em 2022.

Do Bronx se recuperou da derrota com uma vitória sobre Beneil Dariush, em agosto de 2023, e foi confirmado por Dana White, presidente do UFC, como o próximo adversário de Arman Tsarukyan, no UFC 300. A luta vai definir o próximo desafiante ao título dos leves.

O ex-campeão peso leve (até 70,3kg.) tem um cartel de 34 resultados positivos e negativos, além de ser o recordista de finalizações na história do UFC, com 15.

Paulo Borrachinha

Paulo Borrachinha é o sexto colocado no ranking e também pode chegar a uma chance de ouro para se aproximar de uma disputa de cinturão. O mineiro vai enfrentar o ex-campeão Robert Whittaker, no UFC 298, em fevereiro.

Borrachinha vem de uma vitória sobre Luke Rockhold, que o recolocou na rota do título, após perder para Israel Adesanya e Marvin Vettori. Ele soma um retrospecto de 14 vitórias e duas derrotas e é um dos lutadores mais explosivos e polêmicos da divisão.

Jailton Malhadinho

Jailton Malhadinho tem uma situação peculiar na categoria dos pesos pesados (até 120,2kg.). O campeão interino é Tom Aspinall, espera pelo campeão linear Jon Jones, que por sua vez deve defender o cinturão contra Stipe Miocic, em 2024. Caso Bones se aposente e o inglês seja promovido a campeão linear, o baiano pode ser o primeiro desafiante.

Querido pelos fãs, Malhadinho tem uma luta marcada contra Curtis Blaydes, no UFC 299, e vem de uma impressionante sequência de 15 triunfos seguidos, sobre nomes como Derrick Lewis, Jairzinho Rozenstruik e Shamil Abdurakhimov. Ele ostenta 20 vitórias e duas derrotas e é um especialista na luta agarrada.

Leia Mais sobre: , , , , , , , , ,


Resultados do UFC 298 Resultados do UFC Las Vegas 86 Resultados do UFC 297 Resultados do UFC Las Vegas 84 Veja como foram as comemorações de Ano Novo dos lutadores de MMA