Sean O’Malley vence Marlon Vera com sobras e defende cinturão dos galos no UFC 299

Em revanche, norte-americano anula único algoz da carreira e desconta resultado negativo sofrido em 2020

Em revanche com o único atleta a superá-lo no MMA profissional, Sean O’Malley fez parecer fácil o ‘acerto de contas’ no UFC 299. Protagonista do evento realizado neste sábado (9), em Miami (EUA), o campeão dos galos (até 61,2kg.) controlou Marlon Vera nos cinco rounds disputados e teve poucas preocupações ao longo dos 25 minutos de confronto. Com o fim do embate, o norte-americano foi declarado vencedor na decisão unânime dos juízes.

Superado em 2020, O’Malley teve sua vingança em grande estilo. O desafio representou a primeira defesa de título do lutador.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Em entrevista no octógono depois do resultado positivo, Sean apontou seu próximo passo. Em alto e bom tom, o norte-americano desafiou Ilia Topuria, recém-coroado no peso pena (até 65,7kg.).

Superado em sua primeira disputa de cinturão como representante do Ultimate, Vera não repetiu a boa atuação que determinou a vitória sobre O’Malley há quase quatro anos.

PUBLICIDADE:

Monólogo do campeão

A luta começou com os lutadores trocando chutes baixos no centro do octógono. O’Malley apostava em ataques na longa distância e Vera aguardava o momento para entrar no raio de ação do campeão. Sean era paciente e evitava o confronto franco. O norte-americano lançava ataques pontuais, enquanto o equatoriano era mais discreto no combate. No minuto final, O’Malley passou a agredir com diretos na linha de cintura do oponente, mas Marlon não acusava as ações.

Sean O’Malley (esq.) em revanche com Marlon Vera (dir.) no UFC 299. Foto: Reprodução/Instagram

PUBLICIDADE:

No segundo assalto, Sean mantinha a estratégia de apostar em ataques na longa distância. Vera continuava com dificuldades em minimizar a desvantagem na envergadura e seguia sem conseguir ‘achar’ o oponente. O campeão era mais ativo e controlava o confronto, não dando chances ao desafiante. Perto do minuto final, Sean balançou o rival com uma joelhada de encontro na cabeça. Marlon tentava resistir, mas o norte-americano ‘caçava’ a adversário pelo octógono. O’Malley pressionava e buscava o fim do embate, enquanto Vera era apático na disputa. Quase no fim, um direto do equatoriano obrigou o campeão a frear o ímpeto. Nos segundos finais, Marlon dobrou os joelhos com um direto limpo no rosto aplicado pelo norte-americano, mas não havia mais tempo.

O terceiro round começou com Vera tentando se soltar, lançando chutes baixos no campeão. O’Malley voltou a adotar a paciência como estratégia e atacava a longa distância. Sean impressionava com a precisão nos golpes e frustrava o equatoriano com jabs e diretos limpos no rosto. No minuto final, O’Malley balançou o oponente com um jab. Apesar da desvantagem, Marlon mostrava valentia e não arrefecia no confronto.

No quarto assalto, Vera adotou postura agressiva nos segundos iniciais. O equatoriano partiu para cima do campeão e buscou surpreender com uma joelhada voadora. Sean não se afobava e apostava nos contragolpes. Com pouco mais de um minuto passado, Marlon acuou o norte-americano próximo às grades e lançou nova joelhada voadora que tocou e assustou o oponente. Vera vivia seu melhor momento no embate e passou a conectar sequências de jabs e diretos. Mesmo vendo o adversário crescendo o embate, Sean não deixava de golpear e seguia atacando.

PUBLICIDADE:

A última etapa começou com O’Malley pontuando com jabs. Ainda no primeiro minuto, um direto do campeão balançou o equatoriano. Vera caminhava para trás e tentava se recuperar do susto. Sean percebeu o bom momento e combinava ataques, combinando socos e chutes. A movimentação de Sean frustrava Marlon, que desperdiçava ataques no vazio. Nos segundos finais, Marlon foi para o ‘tudo ou nada’. Os lutadores ensaiaram uma trocação franca no centro do octógono e levantavam o público.

Resultados do UFC 299

CARD PRINCIPAL

Peso galo (até 61,2 kg): Sean O’Malley derrotou Marlon Vera na decisão unânime dos juízes (50-45, 50-45, 50-44) – luta pelo cinturão

Peso leve (até 70,3 kg): Dustin Poirier derrotou Benoit Saint-Denis por nocaute a 2m32s do R2

Peso meio-médio (até 77,1 kg): Michael Page derrotou Kevin Holland na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso meio-médio (até 77,1 kg): Jack Della Maddalena derrotou Gilbert Durinho por nocaute a 3m43s do R3

Peso galo (até 61,2 kg): Petr Yan derrotou Song Yadong na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28- 29-28)

CARD PRELIMINAR 

Peso pesado (até 120,2 kg): Curtis Blaydes derrotou Jailton Malhadinho por nocaute técnico a 36s do R2

Peso mosca (até 56,7 kg): Maycee Barber derrotou Katlyn Cerminara na decisão unânime dos juízes (30-27- 30-27, 29-28)

Peso leve (até 70,3 kg): Mateusz Gamrot derrotou Rafael dos Anjos na decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28, 29-28)

Peso galo (até 61,2 kg): Kyler Phillips derrotou Pedro Munhoz na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso meio-pesado (até 93 kg): Philipe Lins derrotou Ion Cutelaba na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso médio (até 83,9 kg): Michel Pereira finalizou Michal Oleksiejczuk com um mata-leão a 1m01s do R1

Peos pesado (até 120,2 kg): Robelis Despaigne derrotou Josh Parisian por nocaute a 18s do R1

Peso mosca (até 56,7 kg): Asu Almabaev derrotou CJ Vergara na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso mosca (até 56,7 kg): Joanne Wood derrotou Maryna Moroz na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Estatísticas do UFC 299

Leia Mais sobre: , ,


Resultados do UFC 300 Resultados do UFC Las Vegas 90 Resultados do UFC Atlantic City Resultados do UFC Las Vegas 89 Resultados do UFC Las Vegas 88