Aquecimento UFC Las Vegas 89: quantas vezes mulheres brasileiras encabeçaram eventos da organização?

Representantes do ‘verde amarelo’ estiveram presentes em mais da metade dos cards com desafios femininos na luta principal

Amanda Ribas derrotou Vivi Araújo no UFC 285 (Foto: Instagram/UFC)

Neste sábado (23), Amanda Ribas e Rose Namajunas sobem no octógono e promovem a luta principal do UFC Las Vegas 89. No entanto, vocês já se perguntaram quantos cards da organização foram liderados por mulheres brasileiras? Para sanar a dúvida, nosso time buscou a informação.

Há pouco mais de 10 anos, Ronda Rousey e Liz Carmouche fizeram história e se tornaram as primeiras mulheres a lutarem no Ultimate. Desde o emblemático UFC 157, liderado pelas atletas, a empresa promoveu mais 44 shows que contaram com apresentações femininas nos principais embates.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Amanda Ribas

Com 45 cards protagonizado por mulheres, a pergunta: quantas vezes brasileiras estiveram presentes nos eventos citados? A resposta é 26, se descartarmos o UFC Las Vegas 89, que acontece neste fim de semana.

Abaixo, a lista de shows que contaram com tupiniquins no confronto mais importante do dia.

PUBLICIDADE:

Ronda Rousey x Bethe Correia (2015)

A primeira brasileira a protagonizar um evento do UFC foi Bethe Correira. Em luta realizada em 2015, a lutadora foi superada por Ronda Rousey na disputa do cinturão dos galos (até 61,2kg.).

Joanna Jedrzejczyk x Cláudia Gadelha (2016)

Em 2016, mais uma brasileira encarou uma campeã na luta principal de um evento do Ultimate. Cláudia Gadelha encarou Joanna Jedrzejczyk pelo título dos moscas (até 56,7kg.), mas foi batida pela então campeã.

Miesha Tate x Amanda Nunes (2016)

No livro de história do MMA, o UFC 200 teve Miesha Tate e Amanda Nunes com grandes estrelas. O embate foi importante para o Brasil, pois, no show, a baiana se sagrou campeã dos galos e deu início à sua trajetória lendária como detentora do cinturão.

Cris Cyborg x Lina Lansberg (2016)

Considerada por muitos como uma das melhores lutadoras de todos os tempos, Cris Cyborg realizou a aguardada estreia no UFC em 2016 e, em seu segundo desafio, encabeçou um card. No compromisso, a brasileira brutalizou Lina Lansberg em peleja que antecedeu a conquista do título dos penas (até 65,7kg.).

Holly Holm x Bethe Correia (2017)

Superada em disputa de cinturão ocorrida em 2015, Bethe Correia teve a oportunidade de se reaproximar da condição de desafiante. Em seu segundo desafio como protagonista de um show do Ultimate, a tupiniquim enfrentou Holly Holm, mas, assim como dois anos antes, acabou nocauteada.

Amanda Nunes x Valentina Shevchenko 2 (2017)

Lenda do MMA feminino, Amanda Nunes também liderou o card que contou com sua revanche diante de Valentina Shevchenko. No embate entre duas das melhores competidoras da história, a baiana voltou a levar a melhor e defendeu o cinturão dos galos em embate equilibrado.

Cris Cyborg x Holly Holm (2017)

Já como campeã dos penas, Cris Cyborg mediu forças com Holly Holm em 2017. A ex-detentora do título dos galos buscava somar seu segundo título na companhia, mas foi frustrada pela técnica e agressividade da curitibana.

Cris Cyborg x Yana Santos (2018)

Mais um evento para a conta de Cyborg. Em 2018, a brasileira somou mais uma defesa de cinturão no embate contra Yana Santos, que, antes de se casar com Thiago Marreta, levava o sobrenome de Kunitskaya.

Amanda Nunes x Raquel Pennington (2018)

Hoje, amigas, Amanda Nunes e Raquel Pennington mediram forças em 2018 em confronto pelo cinturão dos galos. No embate, a brasileira bateu a norte-americana, que, curiosamente, lidera a divisão atualmente, após a aposentadoria da baiana.

Jessica Andrade x Rose Namajunas (2019)

Evento histórico para o Brasil, ocorrido em 2019, no Rio de Janeiro. No card, Jessica Andrade, a Bate-Estaca, chocou o mundo ao brutalizar Rose Namajunas e conquistar o título dos palhas.

Jessica Andrade x Weili Zhang (2019)

Meses após assumir o trono dos palhas, Bate-Estaca topou o desafio de ir à China para enfrentar a desafiante Weili Zhang. O plano acabou sendo prejudicial à paranaense, que foi nocauteada no primeiro round, tendo o título tomado pela atleta da casa.

Amanda Nunes x Felicia Spencer (2020)

Em 2020, Amanda Nunes já reinava em duas organizações do Ultimate. Anos depois de bater Cris Cyborg e tomar o título dos penas da compatriota, a brasileira defendeu o cinturão do grupo contra Felicia Spencer, em card liderado por ambas.

Marina Rodriguez x Michelle Waterson (2021)

Em 2021, a empresa já utilizava o UFC Apex como rota alternativa, já que, pela pandemia da Covid-19, eventos em massa estavam proibidos. Naquele ano, Marina Rodriguez e a veterana Michelle Waterson lideraram um show, com vitória para a gaúcha.

Mackenzie Dern x Marina Rodriguez (2021)

No top 10 dos galos, Marina Rodriguez voltou a encabeçar outro evento na mesma temporada. Desta vez, a gaúcha enfrentou Mackenzie Dern e superou a lenda do jiu-jitsu na decisão dos juízes.

Aspenn Ladd x Norma Dumont (2021)

Antiga promessa dos galos, Aspenn Ladd tentou encerrar a fase instável na carreira e decidiu se testar no peso pena contra Norma Dumont. No embate, a norte-americana levou a pior, sendo superada pela mineira na decisão dos juízes.

Ketlen Vieira x Miesha Tate (2021)

Referência no peso galo do Ultimate, Ketlen Vieira encarou a ex-campeã da categoria em 2021. Depois de retomar a carreira após ter se aposentado, a norte-americana foi vítima da brasileira, tendo perdido nos pontos.

Amanda Lemos x Jessica Andrade (2022)

Na tentativa de reassumir a condição de desafiante ao cinturão dos palhas, Jessica Bate-Estaca mediu forças com a compatriota Amanda Lemos, e deu um verdadeiro show. Naquela temporada, a paranaense protagonizou finalização inédita no Ultimate, batendo a rival no primeiro round.

Holly Holm x Ketlen Vieira (2022)

Sob a orientação do consagrado Dedé Pederneiras, Ketlen Vieira enfrentou novamente uma ex-campeã em uma luta principal na temporada 2022. Na ocasião, a brasileira venceu na decisão dividida.

Amanda Nunes x Julianna Peña (2022)

Em 2022, Amanda Nunes promoveu sua aguardada revanche com Julianna Peña, venezuelana responsável por encerrar sua hegemonia em 2021. A nova peleja terminou em verdadeiro massacre da baiana, que devolveu a derrota sofrida no ano anterior.

Mackenzie Dern x Yan Xiaonan (2022)

De olho em futura disputa de cinturão nos palhas, Mackenzie Dern teve sua ascensão freada por Yan Xiaonan. Protagonista em evento de 2022, a brasileira acabou batida pela chinesa na decisão majoritária.

Alexa Grasso x Viviane Araújo (2022)

Veterana no peso mosca (até 56,7kg.) do Ultimate, Viviane Araújo encabeçou seu primeiro evento na empresa em 2022. Na luta, a brasileira perdeu para Alexa Grasso.

Amanda Lemos x Marina Rodriguez (2022)

Um desafio entre trocadoras brasileiras marcou o mês de novembro de 2022 do UFC. O confronto acabou com duro nocaute de Amanda Lemos sobre Marina Rodriguez.

Jessica Andrade x Erin Blanchfield (2023)

Em 2023, no Rio de Janeiro, Jessica Bate-Estaca realizou sua segunda luta no peso mosca da companhia. Após surrar Lauren Murphy no debute na nova divisão, a paranaense acabou superada por Erin Blanchfield.

Mackenzie Dern x Angela Hill (2023)

Queridinha de parte da torcida brasileira, Mackenzie Dern participou de nova luta principal em 2023. Diante de Angela Hill, a lenda do jiu-jitsu protagonizou verdadeiro massacre de cinco rounds contra a norte-americana, vencendo na decisão dos juízes.

Amanda Nunes x Irene Aldana (2023)

Em 2023, Amanda Nunes subiu no octógono para aquela que marcou sua despedida do MMA. Contra Irene Aldana, a baiana deu show e defendeu o título pela última vez.

Holly Holm x Mayra Sheetara (2023)

Também na última temporada, Mayra Sheetara deu show diante de Holly Holm. Contra a ex-campeã, a brasileira conseguiu finalização e se credenciou para a disputa de cinturão no peso galo.

Ficha técnica do UFC Las Vegas 89

Data: 23 de fevereiro de 2023

Horário: A partir de 20h (horário de Brasília)

Local: UFC Apex, Las Vegas, Nevada, Estados Unidos

Como assistir: SUPER LUTAS AO VIVO em tempo real, UFC Fight Pass (todo o card) pela internet.

CARD PRINCIPAL (0h, horário de Brasília)

Peso mosca (até 56,7 kg): Amanda Ribas x Rose Namajunas

Peso pesado (até 120,2 kg): Karl Williams x Justin Tafa

Peso médio (até 83,9 kg): Edmen Shahbazyan x AJ Dobson

Peso galo (até 61,2 kg): Payton Talbott x Cameron Saaiman

Peso pena (até 65,7 kg): Billy Quarantillo x Youssef Zalal

Peso pena (até 65,7 kg): Fernando Padilla x Luis Pajuelo

CARD PRELIMINAR (20h, horário de Brasília)

Peso leve (até 70,3 kg): Kurt Holobaugh x Trey Ogden

Peso pena (até 65,7 kg): Ricardo Carcacinha x Julian Erosa

Peso galo (até 61,2 kg): Miles Johns x Cody Gibson

Peso pena (até 65,7 kg): Jarno Errens x Steven Nguyen

Peso galo (até 61,2 kg): Montserrat Rendon x Dariya Zheleznyakova

Peso mosca (até 56,7 kg): Igor Severino x André Lima

Peso pesado (até 120,2 kg): Mohammed Usman x Michael Parkin

Leia Mais sobre: , , , , , , , , , , , , ,


Resultados do UFC 300 Resultados do UFC Las Vegas 90 Resultados do UFC Atlantic City Resultados do UFC Las Vegas 89 Resultados do UFC Las Vegas 88