Lutadores do UFC fazem ‘fila’ para substituir McGregor no UFC 200

Vários nomes dos pesos leves e meio-médios foram às redes sociais pedir a luta

Cerrone (foto) foi o primeiro a se candidatar como substituto. Foto: Josh Hedges/UFC

Cerrone (foto) foi o primeiro a se candidatar como substituto. Foto: Josh Hedges/UFC

A saída de Conor McGregor do histórico UFC 200 deixou a comunidade do MMA em polvorosa. Quem também entrou no clima foram os lutadores, que viram na ausência do irlandês uma grande oportunidade de se promover e promoveram uma longa lista de candidaturas à vaga deixada por Conor.

Veja Também

Dana White confirma saída de Conor McGregor do UFC 200
Entenda a polêmica que culminou com a saída de McGregor do UFC 200
Sério? Conor McGregor anuncia aposentadoria do MMA
‘Adeus’ de McGregor ao MMA bate recorde entre esportistas no Twitter

Como era de se imaginar, o primeiro a manifestar seu desejo de entrar no card foi Donald Cerrone. Conhecido por sempre estar disposto a lutar, não importando a circunstância ou o adversário, o Cowboy mandou uma mensagem à Dana White. “Caro Dana, eu estou bastante aberto a (lutar no dia) 9 de junho. Tenho esse negócio no dia 18 de junho no Canadá (luta contra Patrick Cote em Ottawa). Mas, depois disso, eu estou mais que pronto!”, escreveu o lutador.

Outros atletas que também engordaram as fileiras de prováveis substitutos foram: Cub Swanson, que vem de vitória sobre o brasileiro Hacran Dias no último sábado (16); Diego Sanchez, que está escalado para enfrentar Joe Lauzon também no UFC 200; e Dustin Poirier, que está com luta diante de Bobby Green marcada para o UFC 199.

Mas, sem sombra de dúvidas, quem mais se destacou em seu pedido, em tom de brincadeira, foi o peso meio-pesado Tom Lawlor – que recentemente se fantasiou de McGregor em uma pesagem do Ultimate. “Se eles me colocaram na luta principal, eu lutarei com um animal raivoso de verdade no UFC 200. Só quero ganha 10% do que o McGregor ganharia. Eu também me ofereço para usar as tatuagens falsas do McGregor de novo e e luto contra o Nate Diaz se ele aceitar uma luta em peso combinado. Ah, que se dane, eu faço até as tatuagens de verdade se o dinheiro for bom!”, escreveu.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments