Werdum levanta torcida com homenagem ao mestre na pesagem do UFC 198

Vitor Belfort x Ronaldo Jacaré divide o público; gringos "brigaram" com torcedores brasileiros

Werdum (foto) homenageia mãe de Cordeiro. Foto: Reprodução

Werdum (foto) homenageia mãe de Cordeiro. Foto: Reprodução

Veja Também

UFC anuncia mudanças no procedimento das pesagens
Anderson Silva recebe alta e deixa o hospital no Rio
Cyborg, sobre recusa de Holly Holm em enfrentá-la: ‘Não surpreende’
‘Vou ser conhecida como a mulher que destruiu Cyborg’, garante Smith

O UFC 198 será o maior evento de MMA já realizado em solo brasileiro, e um dos maiores já feitos no mundo, mas para Rafael Cordeiro, líder da equipe Kings MMA, ficará marcado como o card que foi realizado apenas alguns dias depois do falecimento de sua mãe. Por isso, o campeão Fabrício Werdum escolheu a pesagem oficial, realizada na tarde desta sexta (13) em Curitiba (PR), para homenagear tanto Cordeiro quanto sua mãe, Maria Conceição, que faleceu na noite desta quinta-feira (12).

Visivelmente tocado, Werdum entrou no palco com uma faixa preta em sua camisa, na qual estava escrito o nome da mãe do mestre. Durante todo o tempo, o brasileiro mostrou a homenagem e não escondeu a emoção, mesmo depois de bater 104,8 kg na balança e confirmar a luta principal da noite, diante de Stipe Miocic, que bateu 109,6 kg.

“Meu professor Rafael Cordeiro, que todos vocês conhecem, não pode estar aqui hoje. A mãe dele faleceu ontem, por isso eu estou fazendo essa homenagem. Então queria mandar um abraço para todas as mães do Brasil, mas principalmente para a Dona Maria. Um grande aplauso para ela, por favor”, disse Werdum, em entrevista ainda no palco, recebendo imediatamente o carinho do público, que retribuiu com uma sonora salva de palmas.

Belfort tem recepção mista e recebe algumas vaias

Vitor Belfort é um dos lutadores mais populares do MMA brasileiro e tem um histórico de quase duas décadas de dedicação à modalidade. No entanto, ao que tudo indica, o Fenômeno não terá a ajuda da torcida curitibana diante de Ronaldo Jacaré.

Ao entrar no palco para se pesar nesta sexta, Vitor teve uma recepção mista dos fãs e chegou a ser vaiado por parte dos milhares de torcedores que ocuparam as arquibancadas da Arena da Baixada. Além disso, até mesmo o tradicional grito de “Uh, vai morrer!” chegou a ecoar no estádio. Na balança, Vitor bateu 83,9 kg e confirmou presença na luta do sábado.

Já Jacaré entrou nos braços da galera e mostrando bastante disposição. Além do gesto tradicional que simula a mordida de um jacaré, reproduzido por boa parte do público, o ex-campeão do Strikeforce aproveitou para inclusive dar uma estrela no palco antes de subir à balança. No peso, Jacaré usou a libra de tolerância permitida, bateu 94,3 kg e confirmou o duelo com Belfort.

Evento teve guerra entre torcida e gringos

Um dos pontos mais marcantes da pesagem oficial do UFC 198, no entanto, foi a reação da torcida e as réplicas, na educadas, de alguns lutadores.

Primeiro fo Matt Brown, adversário de Demian Maia, que subiu de costas para o público na balança e, de quebra, ainda fez um gesto obsceno para a torcida – que, por sua vez, respondeu com vaias e xingamentos.

Logo em seguida, Corey Anderson, rival de Maurício Shogun no card principal também não quis saber de cortesia e fez uma provocação em direção aos torcedores.

Confira abaixo os resultados do UFC 198:

CARD PRINCIPAL:

Peso pesado (até 120 kg): Fabricio Werdum (104,8 kg) x Stipe Miocic (109,6 kg)

Peso médio (até 84 kg): Ronaldo Jacaré (84,3 kg) x Vitor Belfort (83,9 kg)

Peso combinado (até 63,5 kg): Cris Cyborg (63 kg) x Leslie Smith (63 kg)

Peso meio-pesado (até 93 kg): Mauricio Shogun (93 kg) x Corey Anderson (92,6 kg)

Peso meio-médio (até 77 kg): Warlley Alves (77,1 kg) x Bryan Barberena (77,1 kg)

CARD PRELIMINAR:

Peso meio-médio (até 77 kg): Demian Maia (77,5 kg) x Matt Brown (77,5 kg)

Peso médio (até 84 kg): Thiago Marreta (83,9 kg) x Nate Marquardt (84,3 kg)

Peso leve (até 70 kg): Francisco Massaranduba (70,7 kg) x Yancy Medeiros (70,7 kg)

Peso galo (até 61,2 kg): John Lineker (61,2 kg) x Rob Font (61,2 kg)

Peso meio-pesado (até 93 kg): Rogério Minotouro (93 kg) x Patrick Cummins (92,9 kg)

Peso meio-médio (até 77 kg): Serginho Moraes (77,5 kg) x Luan Chagas (76,6 kg)

Peso pena (até 66 kg): Renato Moicano (66,2 kg) x Zubaira Tukhugov (66,2 kg)

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments