Swanson vence amigo de McGregor e sonha com cinturão de Aldo; St. Preux finaliza Pezão

Cub Swanson bateu Artem Lobov e bate vencedor de Aldo x Holloway; St. Preux rara chave de ombro para finalizar Pezão

Swanson (dir.) bateu Lobov (esq.) no UFC Nashville. Foto: Jeff Bottari

Swanson (dir.) bateu Lobov (esq.) no UFC Nashville. Foto: Jeff Bottari

Cub Swanson sonha alto! O norte-americano fez valer seu favoritismo e bateu Artem Lobov, amigo e parceiro de treinos de Conor McGregor, na decisão unânime dos juízes e quer o cinturão de José Aldo. Na madrugada deste domingo (23), após vencer luta principal do UFC Fight Night Nashville, Swanson pediu a chance de disputar o título dos penas contra o vencedor de José Aldo x Max Holloway, que duelam no UFC Rio, em junho.

Vale lembrar que Cub foi nocauteado de forma devastadora por Aldo, com uma joelhada voadora, em apenas oito segundos de combate, em 2009.

O programa de lutas trouxe ainda dois brasileiros em ação e o saldo do país ficou no empate. No programa preliminar, Thales Leites fez as pazes com a vitória e bateu Sam Alvey. Mas no card principal, Marcos Pezão até teve um bom início, mas acabou finalizado pelo haitiano Ovince St. Preux no segundo round.

Pezão começa bem, mas é finalizado

Diante do maior desafio de sua carreira, Pezão começou a luta com tudo. O brasileiro tomou a iniciativa e trabalhou com fortes chutes na linha de cintura de Ovince St. Preux. O haitiano, radicado em Nashville, por sua vez, não conseguia o espaço para encaixar o contragolpe. Confiante, o lutador paulista trabalhou com combinações de socos no rosto do rival. Apenas no minuto final, St. Preux conseguiu trocar golpes francamente com Pezão.

Veja Também

swanson-x-lobov-2
VÍDEO: Assista aos melhores momentos de Cub Swanson x Artem Lobov
T.  Leites (esq.) derrotou S. Alvey (dir.) no UFC Nashville. Foto: Jeff Bottari / UFC
Thales Leites faz as pazes com a vitória e vence Sam Alvey no UFC Nashville
P. Pitbull conquistou cinturão dos penas do Bellator. Foto: Bellator MMA
Patrício Pitbull finaliza Daniel Straus e reconquista cinturão do Bellator

Se no primeiro round St. Preux não conseguiu oportunidade para mostrar seu jogo, a chance apareceu logo nos primeiros movimentos do segundo assalto. Pezão tentou um chute na linha de cintura, mas o haitiano segurou sua perna e levou a disputa para o solo. Por cima, OSP conectou algumas cotoveladas que abriram um corte do rosto de Marcos. O brasileiro ainda tentou se levantar, mas foi novamente derrubado. Por baixo, ele tentou encaixar uma guilhotina, mas St-Preux, no entanto, tinha a resposta perfeita: o “Von Flue choke”, posição em que pressiona o pescoço do oponente com o ombro. Sem conseguir sair do estrangulamento, o brasileiro foi forçado a desistir da disputa.

“Ele foi para a guilhotina, e todo mundo sabe que quando você tentar fazer isso comigo, nove de 10 vezes eu vou te finalizar. A gente chama isso de ‘Von St-Preux'”, brincou o haitiano.

St. Preux (dir.) finalizou M. Pezão (esq.) no UFC Nashville. Foto: Jeff Bottari

St. Preux (dir.) finalizou M. Pezão (esq.) no UFC Nashville. Foto: Jeff Bottari / UFC

Swanson bate amigo de McGregor e sonha em revanche com Aldo

Na luta principal da noite, Cub Swason não deu espaço para a zebra. O quarto colocado no ranking dos penas travou uma luta dura com Artem Lobov, amigo e parceiro de treinos de Conor McGregor. Mas no final de 25 minutos de disputa, o norte-americano teve o braço erguido na decisão unânime dos juízes. Apesar

do triunfo de Swason ter vindo diante de um atleta não ranqueado engana-se quem pensa que a vitória foi fácil. Lobov, inclusive, começou melhor. O russo radicado na irlanda evitou as combinações do rival, derrubou Cub somou pontos por cima. Mas a partir do segundo assalto, a história da luta começou a mudar.

Swanson voltou para a segunda parcial mais ágil e combinando chutes e socos contra o Lobov, que já não conseguia levar a disputa para o solo. Inclusive foi o norte-americano quem conseguiu uma queda no clinch.

A partir do terceiro round, Cub Swason abriu frente. Com maior precisão na troca de golpes, o norte-americano chegou a balançar Lobov com um cruzado, seguido de um belo chute alto. O norte-americano tentou apertar o ritmo para buscar o nocaute, mas Lobov resistiu como pode.

Lobov foi para cima no quarto round.. Ele encurtou a distância e buscou o clinche, mas não teve sucesso na tentativa de levar a disputa para o solo. Swanson diminuiu o ritmo, mas quase encerrou a disputa com um lindo golpe. Ele saiu do clinche com uma forte cotovelada rodada, que balançou o russo.

Já cansados, o ritmo caiu no quinto assalto. Atrás no placar, Lobov tentava encerrar a disputa com apenas um golpe, mas Swanson evitou todas as investidas e garantiu o trinfo na decisão unânime (49-46, 50-45, 49-46).

“Minha mentalidade é lutar. Eu tenho 21 lutas no UFC, e quando caras como este vem me provocar, eu tenho que responder. Quero o vencedor de Aldo x Holloway. Acho que está na hora”, disparou Cub Swanson ainda no octógono depois da vitória.

Resultados do UFC Nashville

CARD PRINCIPAL

Peso pena: Cub Swanson derrotou Artem Lobov na decisão unânime dos juízes (49-46, 50-45, 49-46);

Peso leve: Al Iaquinta derrotou Diego Sanchez por nocaute a 1m38s do R1;

Peso meio-pesado: Ovince Saint Preux finalizou Marcos Pezão um estrangulamento (Von Flue) a 2m11s do R2

Peso galo: John Dodson derrotou Eddie Wineland na decisão unânime dos juízes (30-27,29-28,30-27)

Peso leve: Stevie Ray derrotou Joe Lauzon na decisão majoritária dos juízes (28-27, 29-27, 28-28)

Peso meio-médio:Mike Perry derrotou  Jake Ellenberger por nocaute a 1m05s do R2

CARD PRELIMINAR

Peso médio: Thales Leites derrotou Sam Alvey na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso mosca: Brandon Moreno finalizou Dustin Ortiz com um mata-leão a 4m06s do R2

Peso leve: Scott Holtzman derrotou Michael McBride na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-26)

Peso palha: Danielle Taylor derrotou Jessica Penne derrotou na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso galo: Alexis Davis derrotou Cindy Dandois na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28,29-28)

Peso meio-médio: Bryan Barberena derrotou Joe Proctor por nocaute técnico a 3m30s do R1;

Peso mosca: Hector Sandoval derrotou Matt Schnell por nocaute 4m24s do R1

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário