Rafael dos Anjos não diz como prefere vencer Edwards neste sábado: ‘O que vier, estou feliz’

Peso meio-médio encara 12º do ranking na luta principal do UFC San Antônio em busca por uma nova chance pelo título

Dos Anjos em sessão de treinamento. Foto: Reprodução/Facebook/UFC

Vitória, finalização, pontos. O que importa para o brasileiro Rafael dos Anjos, neste sábado (20), pelo UFC San Antônio, é a vitória sobre o jamaicano, naturalizado inglês, Leon Edwards. Em entrevista recente ao ‘Combate’, o niteroiense preferiu não revelar a forma com que pretende triunfar sobre seu próximo rival, mas se diz confiante no bom resultado neste final de semana.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“O MMA é imprevisível, mas sei que alguma coisa boa vai acontecer. Nocaute ou finalização, o que vier estou feliz. É igual o bebê quando vai nascer. Perguntam se quer homem ou mulher; a gente quer que tenha saúde. Finalização, nocaute ou decisão, só quero chegar lá, conseguir me apresentar bem e ter boa performance. Se conseguir isso, vou conseguir a vitória, com certeza”, declarou Rafael.

O ex-campeão da divisão ainda fez questão de citar que conhece os riscos de aceitar o combate contra um atleta não tão bem ranqueado e que vem de sete triunfos consecutivos. No entanto, o lutador de Niterói está confiante que seu talento e experiência possam favorecer seu desempenho no combate.

PUBLICIDADE:

“É um cara mais alto, canhoto também, já dividi aquele octógono com os caras mais duros da divisão. O Edwards vem de sete vitórias seguidas, isso não é fácil. Ele não está tão bem ranqueado, mas, no caso, acho que a divisão ficou meio complicada nas últimas lutas. Ele vai querer derrubar, é bem completo, vai ser bom. Ele aceita a luta agarrada também, vários pontos nessa luta me favorecem”, contou Dos Anjos.

Aos 34 anos, Rafael aceitou o embate contra Leon após derrotar, há dois meses, o norte-americano Kevin Lee e frustrar a estreia do jovem na divisão dos meio-médios (até 77kg.). O brasileiro passou por um momento de instabilidade dentro da companhia ao ser derrotado em duas ocasiões seguidas. Uma, para Colby Covington, ex-campeão interino da divisão; e a outra para o atual campeão Kamaru Usman. A vitória sobre Lee ajudou o atleta a se recuperar na categoria e voltar a sonhar com outra luta pelo título no futuro.

PUBLICIDADE:

Atualmente, Dos Anjos ocupa a quarta posição no ranking, atrás apenas de Jorge Masvidal, Colby Covington, Tyron Woodley e o campeão, Usman.

PUBLICIDADE:

Programa de lutas do UFC San Antonio

CARD PRINCIPAL (22h, horário de Brasília):

Peso meio-médio (até 77kg.): Leon Edwards x Rafael dos Anjos

Peso pesado (até 120kg.): Alexey Oleynik x Walt Harris

Peso pesado (até 120,2kg.): Greg Hardy x Juan Adams

Peso leve (até 70,3kg.): James Vick x Dan Hooker

Peso leve (até 70,3kg.): Alexander Hernandez x Francisco Massaranduba

Peso pesado (até 120,2kg.): Andrei Arlovski x Ben Rothwell

CARD PRELIMINAR (19h, horário de Brasília):

Peso pena (até 65,7kg.): Alex Caceres x Steven Peterson

Peso galo (até 61,2kg.): Raquel Pennington x Irene Aldana

Peso meio-pesado (até 93kg.): Sam Alvey x Klidson Abreu

Peso mosca (até 56,7kg.): Roxanne Modafferi x Jennifer Maia

Peso galo (até 61,2kg.): Ray Borg x Gabriel Silva

Peso galo (até 61,2kg.): Mario Bautista x Jim Soo Son

Peso galo (até 61,2kg.): Domingo Pilarte x Felipe Cabocão

 

Podcast #40: José Aldo ainda pode ser campeão no UFC?

Comentários

Deixe um comentário