Com legião brasileira, UFC estreia no Uruguai e traz disputa de cinturão entre Shevchenko e Carmouche

UFC Montevidéu traz 11 brasileiros no card e duelo entre Valentina Shevchenko x Liz Carmouche na luta principal

V. Shevchenko (foto) trava revanche contra L. Camouche. Foto: Reprodução/Instagram @bulletvalentina

O final de semana será de estreia. Pela primeira vez na história, o UFC leva sua estrutura para o Uruguai. Logo no debute do evento no país latino, a diretoria do Ultimate promoverá aos fãs uruguaios uma disputa de cinturão e um card repleto de atletas que representam países sul-americanos. Ao todo, 11 atletas do Brasil se apresentarão no octógono do UFC Montevidéu, neste sábado (10), e estarão presentes em 10 dos 13 confrontos confirmados deste final de semana.

Veja Também

Temido por seu jiu-jitsu, Rodolfo Vieira quer estrear no UFC com finalização
Cláudia Gadelha retorna ao octógono em dezembro, contra Cynthia Calvillo, diz site

A luta principal da noite será marcada pelo reencontro entre Valentina Shevchenko e Liz Carmouche. As atletas reeditarão um combate realizado em 2010, quando atuavam pelo C3 Fights, mas, desta vez, o embate será válido pelo cinturão das palhas (até 52,1) do Ultimate.

Além do duelo pelo título feminino, os entusiastas de MMA brasileiros podem se sentir representados. O Brasil terá sua bandeira defendida por nada mais, nada menos que 10 atletas do país, além de Luiz Garagorri, que nasceu no território tupiniquim, mas é naturalizado uruguaio.

Valentina x Carmouche

O combate entre Valentina Shevchenko e Liz Carmouche tem um sabor especial para as lutadoras. O duelo, além de marcar uma disputa de cinturão, representa um acerto de contas entre as lutadoras, que já se enfrentaram há quase 10 anos. Na ocasião, Carmouche saiu vencedora sobre a, então, jovem Shevchenko, que foi derrotada por nocaute após sofrer um corte no rosto e se impedida de continuar o embate por interrupção médica.

A situação, hoje, é totalmente diferente. Mais experiente, Valentina atualmente é a campeã da divisão e dará a oportunidade de Liz provar que tem competência para derrotar a adversária pelas vias normais, sem que haja alguma interferência médica.

As duas lutadoras vêm de vitórias em seus últimos combates. A última derrota de Shevchenko aconteceu em setembro de 2017, quando a lutadora, ainda atuando pelas galos (até 61,1kg.) tentou a sorte e enfrentou a brasileira Amanda Nunes pelo título da divisão. A quirguistanesa saiu derrotada ao fim de cinco rounds por decisão dividida entre os juízes. O resultado foi contestado pela lutadora, que também foi batida pela ‘Leoa’ em 2016.

Invicta há dois combates, Carmouche, passou por um momento conturbado no UFC. A lutadora, após perder na disputa do título das galos, quando a detentora do cinturão ainda era Ronda Rousey, em 2013, viveu momentos de instabilidade dentro do Ultimate. A atleta chegou a amargar, em 2013 e 2014, duas derrotas seguidas, fazendo com que caísse no ranking da divisão.

Liz estreou pelas moscas em dezembro de 2017, quando foi derrotada pela canadense Alexys Davis na decisão dividida dos juízes. Após o resultado negativo, a lutadora conseguiu se recuperar em seus dois próximos compromissos.

Aos 31 anos, Valentina realizará sua segunda defesa de cinturão, desde que bateu a polonesa Jonna Jedrzejczyk na disputa pelo título, que estava vago. Em sua carreira profissional, a lutadora já disputou 20 combates, somando 17 vitórias e três reveses.

Quatro anos mais velha do que a campeã, Liz tem 19 confrontos, com 13 triunfos e seis derrotas.

Brasileiros no Uruguai

O UFC Montevidéu poderia muito bem ser confundido com um card que acontece no Brasil, tendo em vista o alto número de atletas tupiniquins escalados para se apresentar no octógono neste final de semana.

Só no card preliminar, os brasileiros estão presentes em todos os confrontos confirmados. Abrindo as atrações, Polyana Viana enfrenta Veronica Macedo; seguida de Alex Leko encarando Rodrigo Kazula; Geraldo de Freitas troca forças com Chris Gutierrez; os compatriotas Rogério Bantorin e Raulian Paiva se encaram na quarta luta da noite; Marina Rodriguez luta contra Tecia Torres; Gilbert Durinho testa suas habilidades no confronto com Alexey Kunchenko e, fechando a primeira etapa, Raphael Bebezão tenta bater Ciryl Gané.

Entre os combates principais da noite, o Brasil será representado por três atletas. Na segunda luta da etapa final, acontece a aguardada estreia de Ricardo Vieira, multicampeão mundial de jiu-jitsu que debuta no Ultimate contra Oskar Piechota, pelo peso médio (até 83,9kg.). O brasileiro naturalizado uruguaio, Luiz Garagorri também sobe ao octógono para tentar bater Humberto Bandenay. Finalizando as apresentações tupiniquins, Vicente Luque enfrenta o perigoso Mike Perry no combate co-principal da noite.

As lutas estão previstas para começar às 18h (horário de Brasília), com o card preliminar. Os embates principais terão início por volta das 21h (horário de Brasília.).

Ficha técnica do UFC Montevidéu

DATA: 10 de agosto de 2019

HORÁRIO: A partir das 18h00 (horário de Brasília)

LOCAL: Antel Arena, Montevidéu, Uruguai

COMO ASSISTIR: Canal Combate

CARD PRINCIPAL 

Peso mosca (até 56,7kg): Valentina Shevchenko x Liz Carmouche

Peso meio-médio (até 77kg): Vicente Luque x Mike Perry

Peso pena (até 65,7kg): Luiz Eduardo Garagorri x Humberto Bandenay

Peso meio-pesado (até 93kg): Volkan Oezdemir x Ilir Latifi

Peso médio (até 83,9kg): Rodolfo Vieira x Oskar Piechota

Peso pena (até 65,7kg): Enrique Barzola x Bobby Mofett

CARD PRELIMINAR

Peso pesado (até 120,2kg): Ciryl Gané x Raphael Bebezão

Peso meio-médio (até 77,3kg): Gilbert Durinho x Alexey Kunchenko

Peso palha (até 52,1kg): Tecia Torres x Marina Rodriguez

Peso mosca (até 56,1kg): Rogério Bontorin x Raulian Paiva

Peso galo (até 61,2kg): Geraldo de Freitas x Chris Gutierrez

Peso leve (até 70,3kg): Rodrigo Kazula x Alex Leko

Peso mosca (até 56,7kg): Veronica Macedo x Polyana Viana

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário