Próxima de defesa de cinturão, ‘Bate-Estaca’ mostra foco em vitória: ‘Quero provar que sou a campeã’

Atual dona do título das palhas tenta manter seu título na China, pelo UFC Shenzhen, contra Weili Zhang

J. Andrade (foto) em entrada para luta. Foto: Reprodução/Facebook UFC

A brasileira Jéssica Bate-Estaca está próxima de realizar um grande desafio em sua carreira. A atleta topou viajar à China para realizar sua primeira defesa do título das palhas (até 52,1kg.) e encarar a perigosa Weili Zhang na luta principal do UFC Shenzhen. Mesmo com a pressão para a vitória em território adversário, a paranaense mostra confiança no bom resultado e acredita que deixará o país com a sensação de dever cumprido. A declaração foi feita em entrevista recente ao ‘Combate’.

Veja Também

Jon Jones consola Cormier após falecimento de padrasto do rival: ‘Continue deixando-o orgulhoso’
Bisping afirma que McGregor seria coadjuvante em trilogia com Nate Diaz
Parado há quase dois anos, Thominhas Almeida garante retorno ao MMA

“Como campeão, a gente fala que não precisa provar nada para ninguém, mas, lá no fundo, a gente sabe que tem isso. Poxa, para realmente me tornar campeão, eu tenho que defender (o título) e ganhar bem. Quero provar para todo mundo que sou a campeã e que vai ser difícil tirar esse cinturão de mim”, afirmou Jéssica.

No duelo, a paranaense irá provar um pouco de seu próprio veneno. Ao aceitar realizar uma defesa de título na ‘casa’ da adversária, Andrade repetiu o feito de sua última oponente, Rose Namajunas, que foi ao Brasil para encarar a brasileira e acabou derrotada diante do inflamado público tupiniquim, no UFC 237, no Rio de Janeiro. Bate-Estaca, no entanto, garante estar preparada para as adversidades e afirmou que apresentará aos espectadores uma atleta mais completa do que a que se apresentou no Rio há três meses.

“Desta vez estou mais concentrada, focada. Aprendendo muito a parte de muay thai, do clinche (luta em pé). Vocês vão ver a Jéssica com um arsenal novo de quedas. Estou melhorando isso cada vez mais. Mas também cotovelo, chute, que é o que eu não colocava. Vai ser bem diferente. Ela vai achar que estou da mesma forma, mas mudei tudo. No chão, na trocação. Estou pronta para tudo. A luta vai ser bem versátil. Quem estiver assistindo não vai poder nem piscar”, declarou a paranaense.

Logo em sua primeira defesa de cinturão, Andrade terá um perigoso embate pela frente. A adversária de Bate-Estaca, embora tenha realizado apenas três lutas pelo Ultimate, está invicta há 19 embates. A chinesa não sabe o que é perder desde sua estreia no MMA, ocorrida em novembro de 2013. Desde então, a lutadora teve seu braço levantado ao fim de todos os seus duelos.

O embate entre as palhas representará a luta principal do UFC Shenzen, que terá início às 4h (horário de Brasília), na madrugada de sexta para sábado.

Relação de lutas do UFC Shenzhen

CARD PRINCIPAL (7h, horário de Brasília)

Peso palha (até 52,1kg.): Jéssica Bate-Estaca x Weili Zhang

Peso meio-médio (até 77kg.): Li Jingliang x Elizeu Capoeira

Peso mosca (até 56,7kg.): Mark de la Rosa x Kai Kara-France

Peso pena (até 65,7kg.): Zhenhong Lu x Movsar Evloev

Peso mosca (até 56,7kg.): Wu Yanan x Mizuki Inoue

CARD PRELIMINAR (4h, horário de Brasília)

Peso meio-médio (até 77kg.): Kenan Song x Derrick Krantz

Peso médio: Anthony Hernandez x Jun Yong Park

Peso galo (até 61,2kg.): Andre Soukhamthath x Su Mudaerji

Peso meio-pesado (até 93kg.): Da Un Jung x Khadis Ibragimov

Peso leve (até 70,3kg.): Damir Ismagulov x Thiago Moisés

Peso galo (até 61,2kg.): Karol Rosa x Lara Procópio

Peso galo (até 61,2kg.): Batgerel Danaa x Heili Alateng

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments