Alex Cowboy perde de virada e sofre terceira derrota seguida no UFC Copenhague

Brasileiro até começou bem a luta, mas sofreu a virada de Nicola Dalby, que contou com ajuda da torcida e decisão contestada de árbitro central

Dalby (esq.) vence Cowboy (dir.). Foto: Reprodução / Twitter

O inferno astral de Alex Cowboy continua. O brasileiro, que chegou ao UFC Copenhague, neste sábado (28), com duas derrotas consecutivas, e tendo enfrentado problemas com a Justiça do Brasil, em maio, não conseguiu se recuperar no evento na Dinamarca. O brasileiro até começou bem o duelo contra Nicolas Dalby. Mas, com apoio da torcida e uma decisão contestada do arbitro central no terceiro round, o dinamarquês virou o duelo e venceu na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

A luta

Veja Também

Jared Cannonier surpreende Jack Hermansson, cala torcida nórdica e vence luta principal do UFC Copenhague
Com defesa de cinturão de Patrício Pitbull e revanche entre Lyoto x Mousasi, Bellator 228 agita noite deste sábado

Conhecido pela versatilidade de golpes, Cowboy começou bem a luta. O brasileiro usou a boa movimentação, até com ginga de capoeira, e acertou os melhores golpes. Dalby sentiu o ritmo e tentou derrubar, mas Alex fez bem a defesa e foi ele que derrubou o dinamarquês. Por cima, o atleta de Três Rios acertou bons socos, antes de Dalby inverter a posição, mas sem tempo para trabalhar.

No intervalo antes do segundo assalto, Cowboy já demonstrava algum cansaço. Dalby sentiu o momento e colocou um bom volume de golpes. O dinamarquês encerrou uma boa sequência com um chute na linha de cintura, mas o brasileiro defendeu e buscou a queda. Porém, com um lindo giro, Nicolas inverteu o ataque durante a queda e ficou por cima. Em posição de vantagem, o dono da casa trabalhou com vários socos por cima e somou pontos. O brasileiro só conseguiu se levantar nos segundos finais, quando ele  colocou para baixo, mas se afobou ao um estrangulamento e ficou por baixo. Ele tentou uma pedalada ilegal em Dalby, e o árbitro interrompeu o duelo.

Com a luta empatada, com cada lutador vencendo um round, o terceiro assalto seria o responsável por definir o vencedor. Mesmo mais cansado, Cowboy suportou o ímpeto inicial do dinamarquês e conseguiu uma boa queda no clinch. O brasileiro estabilizou a posição por cima e somava pontos. Mas, de maneira estranha e atendendo as vaias da torcida, o árbitro central recolocou os atletas do centro do octógono. Alex não gostou da decisão e gesticulou contra a ação. O atleta tupiniquim ainda derrubou Dalby mais uma vez, entretanto, ele foi precipitado ao tentar atacar uma chave de braço. O dono da casa defendeu a posição, inverteu a posição de vantagem no solo no minuto final e disparou vários golpes por cima.

A agressividade de Nicolas Dalby nos instantes finais garantiram a ele o triunfo na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28).

Resultados do UFC Copenhague

CARD PRINCIPAL

Peso médio: Jack Hermansson x Jared Cannonier

Peso leve: Mark Madsen x Danilo Belluardo

Peso meio-médio: Gunnar Nelson x Gilbert Durinho

Peso meio-pesado: Ion Cutelaba derrotou Khalil Rountree por nocaute técnico a 2m35s do R1

Peso meio-pesado: Ovince St.Preux finalizou Michal Oleksiejczuk com um estrangulamento a 2m14s do R2

Peso meio-médio: Nicolas Dalby derrotou Alex Cowboy na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

CARD PRELIMINAR

Peso médio: John Phillips derrotou Alen Amedovski por nocaute a 14seg. do R1

Peso médio: Makhmud Muradov derrotou Alessio Di Chirico na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso meio-médio: Ismail Naurdiev derrotou Siyar Bahadurzada na decisão unânime dos juízes (30-26, 30-25, 30-25)

Peso pena: Giga Chikadze derrotou Brandon Davis por decisão dividida (29-28, 28-29 e 29-28).

Peso galo: Lina Lansberg derrotou Macy Chiasson na decisão unânime dos juízes (29-27, 29-28, 29-27)

Peso leve: Marc Diakiese derrotou Lando Vannata na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-26, 30-27)

Peso galo: Jack Shore finalizou Nohelin Hernandez com um mata-leão a 2m51s do R3

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments