Convocado às pressas, Gilbert Durinho vence Gunnar Nelson no UFC Copenhague

Brasileiro, que foi chamado faltando apenas 15 dias para o evento, para substituir o compatriota Thiago Pitbull, conseguiu venceu o islandês na decisão unânime

G. Durinho (foto) vence Nelson. Foto: Reprodução/Twitter @ UFC_Brasil

‘Está em apuros? Ligue para Gilbert Durinho!’ O brasileiro, que já havia salvado o UFC Montevidéu, em agosto, foi convocado às pressas para o UFC Copenhague, faltando apenas 15 dias para o show. E, mesmo sem tempo de preparação, o faixa-preta tupiniquim travou uma dura batalha e venceu o islandês Gunnar Nelson na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28 29-28).

Veja Também

Alex Cowboy perde de virada e sofre terceira derrota seguida no UFC Copenhague
Jared Cannonier surpreende Jack Hermansson, cala torcida nórdica e vence luta principal do UFC Copenhague

Com o resultado, Durinho soma a segunda vitória na carreira desde que subiu do peso leve (até 70,3 kg.) para a divisão de meio-médios (até 77,1 kg.) e já sonha com um lugar no top-15 da categoria. Por outro lado, o islandês, que vinha de revés diante de Leon Edwards, em março, amarga a segunda derrota consecutiva.

“Vim para o meio-médio para ficar! Eu quero o Neil Magny no dia 14 de dezembro! Vamos lá”, desafiou o brasileiro, ainda no octógono, pedindo o duelo diante do norte-americano no UFC 245, em Las Vegas (EUA).

A luta

Nelson começou a luta controlando a distância. Com base de carateca, o islandês trabalhava com bons golpes retos, enquanto Durinho precisava caminhar para frente em busca de acertar o rival. Gunnar ainda terminou a parcial por cima, quando Gilbert tentou a queda, mas acabou caindo por baixo.

A virada de Durinho começou no segundo assalto. O islandês conectava os melhores golpes em pé, pressionando o brasileiro contra as grades. Porém, Nelson tentou a queda em duas oportunidades, todas bem defendidas. Na segunda investida, Gilbert conectou uma linda joelhada de encontro. Gunnar insistiu na queda, mas foi Durinho que derrubou com uma queda de judô.

No terceiro round, Nelson continuou trabalhando no jogo de clinch, pressionado Durinho contra as grades. O islandês controlava a peleja o minuto final, Durinho soltou a pegada, conectou um bom soco de direita e derrubou o rival. O faixa-preta tupiniquim ainda foi para as foi para as costas, mas perdeu a posição.

Resultados do UFC Copenhague

CARD PRINCIPAL

Peso médio: Jared Cannonier derrotou Jack Hermansson por nocaute técnico a 27 seg. do R2

Peso leve: Mark Madsen derrotou Danilo Belluardo por nocaute técnico a 1m12s do R1

Peso meio-médio: Gilbert Durinho derrotou Gunnar Nelson na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso meio-pesado: Ion Cutelaba derrotou Khalil Rountree por nocaute técnico a 2m35s do R1

Peso meio-pesado: Ovince St.Preux finalizou Michal Oleksiejczuk com um estrangulamento a 2m14s do R2

Peso meio-médio: Nicolas Dalby derrotou Alex Cowboy na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

CARD PRELIMINAR

Peso médio: John Phillips derrotou Alen Amedovski por nocaute a 14seg. do R1

Peso médio: Makhmud Muradov derrotou Alessio Di Chirico na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso meio-médio: Ismail Naurdiev derrotou Siyar Bahadurzada na decisão unânime dos juízes (30-26, 30-25, 30-25)

Peso pena: Giga Chikadze derrotou Brandon Davis por decisão dividida (29-28, 28-29 e 29-28).

Peso galo: Lina Lansberg derrotou Macy Chiasson na decisão unânime dos juízes (29-27, 29-28, 29-27)

Peso leve: Marc Diakiese derrotou Lando Vannata na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-26, 30-27)

Peso galo: Jack Shore finalizou Nohelin Hernandez com um mata-leão a 2m51s do R3

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments