Paraense Voador domina Diego Sanchez, mas é desclassificado no UFC Rio Rancho

Michel Pereira, o 'Paraense Voador', dominava o rival com golpes plásticos, mas faltando menos de dois minutos para o fim, uma joelhada ilegal tirou sua vitória

D. Sánchez tem vitória polêmica. Foto: Reprodução/Twitter
@UFC

Michel Pereira subiu no octógono do UFC Rio Rancho, neste sábado (15), disposto a apagar a derrota em sua última luta no Ultimate. O ‘Paraense Voador’ deu o seu tradicional show: entrou na área de lutas dançando com mortais e coreografia ensaiada. No embate, acertou golpes plásticos e praticamente não foi atingindo pelo veterano Diego Sanchez.

O show parecia com final perfeito, entretanto, ele acabou derrotado de forma bastante controversa. No final do terceiro round, quando o brasileiro estava perto de nocautear o rival, ele foi desclassificado por um golpe ilegal. Sanchez recebeu uma joelhada quando estava no solo e, apesar de no primeiro momento querer continuar na disputa, desistiu ao saber que seria o vencedor se não voltasse a luta (clique aqui e veja o golpe).

Veja Também

VÍDEO: Assista o golpe que desclassificou o Paraense Voador na luta contra Diego Sanchez do UFC Rio Rancho
Jan Blachowicz vence Corey Anderson por nocaute e desafia Jon Jones: ‘Você será o próximo’

A luta

Conhecido pelos golpes plásticos, Michel Pereira quase foi surpreendido pelo rival. Assim que o duelo começou, Diego deu uma cambalhota e tentou acertar o brasileiro com o calcanhar. Mas o Paraense Voador se esquivou bem. A partir dai, o atleta tupiniquim tomou conta da luta. Ele aplicou o ‘chute Matrix’, andando sobre a grade antes de disparar o golpe, trabalhou com joelhadas voadoras e bons socos na linha de cintura. O norte-americano, por sua vez, parecia não ter resposta e apenas tentava entrar em queda, sempre sem sucesso.

No segundo round, a receita parecia a mesma. Michel ditava o ritmo da luta diante de um perdido Diego Sanchez. O brasileiro conectou três joelhadas voadoras no rival e com um duro soco de direita balançou o norte-americano. Em um momento de ataque de Diego, o Paraense Voador recuou, se apoiou na grade e conectou um belo soco voador.

Com a vitória praticamente assegurada, Michel voltou disposto a dar show no terceiro assalto. Ele abaixou a guarda, colocou a cabeça na linha de cintura do rival e tentou até um golpe de letra, passando uma perna por trás da outra, mirando a linha de cintura de Sanchez. O norte-americano não tinha respostas para as investidas. No momento em que partiu para encerrar a luta, o paraense Michel colocou um golpe na linha de cintura seguido de duas joelhadas. Sanchez caiu. O brasileiro então disparou mais dois ataques com os joelhos. Entretanto, no segundo, o norte-americano já estava no solo. O golpe é ilegal e o árbitro central parou a disputa.

A polêmica

Após o golpe, Diego Sanchez se levantou rapidamente e mostrou que gostaria de continuar na luta. O árbitro central então disse que ele teria o tempo que precisasse para se recuperar – a regra diz que são permitidos cinco minutos.

O norte-americano, que parecia estar recuperado, então perguntou o que aconteceria se ele não voltasse. O mediador afirmou que iria desclassificar o brasileiro. Então, Sanchez afirmou que não estava enxergando e o árbitro decretou o seu triunfo.

Resultados do UFC Rio Rancho

CARD PRINCIPAL

Peso meio-pesado (93kg.): Jan Blachowicz derrotou Corey Anderson por nocaute a 3m08s do R1

Peso meio-médio (77 kg.): Diego Sanchez derrotou Michel Pereira por desclassificação a 3m09s do R3

Peso mosca (56,7kg.): Montana De La Rosa derrotou Mara Romero Borella na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso leve (70,3kg.): Brok Weaver derrotou Kazula Vargas por desclassificação a 4m02s do R1

Peso mosca (56,7kg.): Ray Borg derrotou Rogério Bontorin na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-25, 30-27)

Peso leve (70,3kg.): Lando Vannata derrotou Yancy Medeiros na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

CARD PRELIMINAR

Peso meio-médio (77kg.): Daniel Rodriguez finalizou Tim Means com uma guilhotina a 3m37s do R2

Peso galo (61,2kg.): John Dodson derrotou Nathaniel Wood por nocaute técnico a 16 seg.  do R3

Peso leve (70,3kg.): Scott Holtzman derrotou Jim Miller na decisão unânime dos juízes (29-28, 30-27, 29-28)

Peso meio-pesado (93kg.): Devin Clark derrotou Dequan Townsend na decisão unânime dos juízes (30-26, 30-27, 30-26)

Peso galo (61,2kg.): Merab Dvalishvili derrotou Casey Kenney  na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-25, 29-28)

Peso galo (61,2kg.): Macy Chiasson derrotou Shanna Young na decisão unânime dos juízes (30-26, 30-26, 30-26)

Peso mosca (56,7kg.): Raulian Paiva derrotou Mark De La Rosa  por nocaute a 4m42s do R2

 

 

 

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments