Amanda Ribas faz luta segura e derrota Randa Markos no UFC Brasília

Brasileira tem grande atuação, bate canadense por pontos e segue invicta na organização

A. Ribas em vitória pelo UFC. Foto: Reprodução/Instagram @ufc

A brasileira Amanda Ribas teve uma grande apresentação no UFC Brasília, que aconteceu neste sábado (14), no Distrito Federal. Com atuação segura, a mineira não deu chances para Randa Markos e dominou a canadense por três rounds. Ao fim, a combatente foi declarada vencedora na decisão unânime dos juízes.

Considerada uma das grande spromessas da divisão das palhas (até 52,1kg.), o combate de Amanda era um dos mais aguardados do evento. Invicta desde que estreou pela organização, a mineira de Varginha mostrou novamente que pode se tornar um grande nome da categoria.

Com o triunfo, Ribas, agora, espera entrar na elite do grupo que atualmente é dominado por Weili Zhang.

A luta

A luta começou com as atletas se movimentando no centro do octógono. Amanda tomou a iniciativa com um direto, que logo respondido por Markos. Passado um minuto, a brasileira aproveitou um escorregou da canadense e caiu por cima, dando início às transições para tentar uma finalização. Enquanto pressionava a rival, Amanda golpeava Randa com duros golpes, enquanto a oponente se defendia. Markos conseguiu se levantar, mas foi derrubada em seguida por Ribas. A mineira seguia muito perigosa com cotoveladas no rosto da canadense. A brasileira seguia em vantagem, mas o round acabou.

No segundo assalto, Ribas seguia com mais intensidade. A atleta conectou uma boa sequência de socos, seguida de um chute rodado na linha de cintura de Randa. Amanda continuou pressionando a rival e encostou a adversária na grade, mas foi afastada pela canadense. A brasileira seguia caminhando para frente e desferiu um direto que explodiu no rosto de Markos. Um novo chute rodado balançou Randa, que se defendia como podia. No minuto final, a mineira seguia conectando os melhores golpes e seguia em vantagem. Restando poucos segundos, a canadense conectou uma boa cotovelada na cabeça de Ribas, que respondeu com um soco rodado, mas não havia mais tempo.

O último round começou com Randa partindo para cima da brasileira. Após uma sequência de jab e direto, a canadense conseguiu uma queda e passou a atacar a brasileira de baixo para cima. Ribas conseguiu realizar a transição e passou a devolver os ataques na oponente. A mineira tentou finalizar com uma americana, que foi defendida por Randa. Em seguida, Amanda buscou um katagatame, mas Markos mostrava muita raça para se defender. A brasileira seguia desferindo muitos golpes na adversária, mas o cronômetro zerou.

Bulldoguinho é derrotado por David Dvorak e segue sem vencer no UFC

D. Dvorak derrotou B. Bulldoguinho no UFC Brasília. Foto: Reprodução/Instagram @ufc_europe

Não foi desta vez que Bruno Bulldoguinho teve seu braço erguido no Ultimate. Em combate equilibrado contra David Dvorak, o brasileiro conseguiu impôr seu ritmo em alguns momentos do combate, mas acabou derrotado na decisão unânime dos juízes.

Em Brasília, o potiguar realizou sua segunda apresentação pela organização e fez sua estreia na sua categoria de origem. Atuando pelos moscas (até 56,7kg.), Bruno acabou batido e aguarda o próximo compromisso para tentar sua primeira vitória pela empresa.

Dvorak realizou seu debute no UFC e no resultado positivo contra o brasileiro ampliou sua para 13 o número de triunfos consecutivos.

Marina Moroz tira invencibilidade de Mayra Sheetara

M. Moroz derrotou M. Sheetara no UFC Brasília. Foto: Reprodução/Instagram @ufc

Sem lutar há mais de um ano, Mayra Sheetara não teve o retorno dos sonhos no octógono. Em combate contra Marina Moroz, a brasileira mostrou raça, mas acabou sendo derrotada na decisão unânime dos juízes.

No UFC Brasília, Mayra entrou para a luta na intenção de conquistar mais uma vitória e manter a invencibilidade em sua carreira. A mineira, agora, tem um revés em seis combates disptuados.

Com o triunfo sobre Sheetara, Moroz chegou à segunda vitória consectiva e à 10ª em seu cartel profissional.

Em luta truncada, Elizeu Capoeira derrota Alexey Kunchenko

E. Capoeira em momento do anúncio da vitória no UFC Brasília. Foto: Reprodução/Instagram @ufc

O brasileiro Elizeu Capoeira voltou a vencer no Ultimate. Após ser derrotado em sua última apresentação, o meio-médio se recuperou do revés sofrido no UFC Shenzhen e derrotou o perigoso Alexey Kunchenko. No combate muito estudado, o paranaense obteve o resultado positivo na decisão unânime dos juízes.

A vitória de Capoeira marcou o 22º resultado positivo na carreira do atleta.

Resultados do UFC Brasília

CARD PRINCIPAL (19h, horário de Brasília)

Peso leve (até 70,3kg.): Charles do Bronx finalizou Kevin Lee com uma guilhotina a 28s do R3

Peso meio-médio (até 77kg.): Gilbert Durinho derrotou Demian Maia por nocaute a 2m34s do R1

Peso leve (até 70,3kg.): Renato Moicano finalizou Damir Hadzovic com um mata-leão a 44s do R1

Peso meio-pesado (até 93kg.): Nikita Krylov derrotou Johnny Walker na decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28, 29-28)

Peso leve (até 70,3kg.): Francisco Massaranduba derrotou John Makdessi na decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28, 29-28)

CARD PRELIMINAR

Peso mosca (até 56,7kg.): Brandon Moreno derrotou Jussier Formiga na decisão unânime dos juízes (29-28, 30,27, 29-28)

Peso palha (até 52,1kg.): Amanda Ribas derrotou Randa Markos na decisão unânime dos juízes (30-26, 30-25, 30-25)

Peso meio-médio (até 77kg.): Elizeu Capoeira derrotou Alexei Kunchenko na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso galo (até 61,2kg.): Rani Yahya e Enrique Barzola empataram na decisão majoritária dos juízes (29-28, 28-28, 28-28)

Peso mosca (até 56,7kg.): Maryna Moroz derrotou Mayra Sheetara na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso mosca (até 56,7kg.): David Dvorak derrotou Bruno Bulldoguinho na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso galo (até 61,2kg.): Bea Malecki derrotou Veronica Macedo na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments