Valentina Shevchenko faz luta segura e defende o cinturão contra a brasileira Jennifer Maia no UFC 255

Campeã é surpreendida por brasileira, mas mostrou Q.I. de luta para continuar reinando na categoria

V. Shevchenko venceu J. Maia no UFC 255. Foto: Reprodução/Instagram

Mais uma luta, mais uma vitória. Esse costuma ser o roteiro, quando Valentina Shevchenko é vista no octógono e, contra a brasileira Jennifer Maia, não foi diferente. No UFC 255, evento realizado neste sábado (21), em Las Vegas, nos EUA, a campeã do peso mosca (56,7kg) ampliou seu reinado ao vencer a desafiante na decisão unânime dos juízes (49-46, 49-46, 46-46). Apesar de confirmar o favoritismo, a quirguistanesa, encontrou dificuldades diante de uma valente lutadora tupiniquim.

Veja Também

UFC 255: Deiveson Figueiredo x Alex Perez – Resultados
Maurício Shogun perde por nocaute para Paul Craig e tem série invicta encerrada no UFC 255
Ariane Lipski é nocauteada por Antonina Shevchenko no card preliminar do UFC 255
Após ser liberado pelo UFC, Anderson Silva admite que pode seguir lutando: ‘Sou capaz de continuar’

O triunfo diante da brasileira correspondeu a quarta defesa de cinturão de Valentina nos moscas. A número um estreou na categoria em 2018 e segue invicta desde então, superando nomes como Joanna Jedrzejczyk, Jessica Eye, Liz Carmouche, Katlyn Chookagian e Jennifer Maia.

A Luta

No primeiro minuto de luta, Valentina Shevchenko e Jennifer Maia optaram pela trocação, mas, logo depois do choque de poderes, a atleta do Quirguistão, rapidamente, derrubou a brasileira e a controlou no solo. É bem verdade que não houve tanta ação, já que Jennifer se protegeu bem e até conseguiu incomodar, mesmo estando por baixo, impedindo os avanços da número um.

No segundo assalto, Valentina voltou a mostrar a intenção de levar a luta para baixo e conseguiu, mas Jennifer se levantou e a levou para a grade. Ambas trocaram golpes junto a grade, até a queda aplicada por Jennifer, que manteve ‘Bullet’ por lá. No final, Valentina tentou aplicar um triângulo, que foi defendido pela brasileira.

Valentina acordou no terceiro round, se movimentou melhor e acertou bons golpes em Jennifer. A brasileira até conseguiu levar a atleta do Quirguistão para a grade, mas ela conseguiu sair e seguiu sendo melhor na trocação. Sabendo que faltavam poucos minutos para o fim do assalto, Valentina derrubou Jennifer e pontuou no solo sem se expor. Jennifer conseguiu se levantar, levou a campeã para a grade, mas não a segurou por lá e foi, novamente, quedada.

O quarto assalto se iniciou com um bom direto aplicado por Valentina, que respondeu bem, com um cruzado. A luta continuou se desenvolvendo em pé, com ‘Bullet’ tocando mais vezes no rosto e corpo da brasileira. De forma inteligente, sabendo que já estava com uma certa vantagem, ela simulou que ia atacar e aplicou uma queda. Com o combate no solo e Jennifer por baixo, Valentina foi mais ativa por cima, golpeou foi para as costas e levou muito perigo.

No último round, Jennifer voltou a levar Valentina para a grade, mas perdeu a posição e levou a pior na trocação. ‘Bullet’ acertou bons socos e chutes na desafiante, que não teve resposta. Jennifer, novamente, preferiu travar a adversária na grade, porém sem sucesso. Em pé, Valentina mostrou superioridade ao distribuir mais jabs, diretos e chutes.

Ao final da luta, Jennifer Maia levou a pior na decisão dos juízes, vencendo apenas um dos cinco rounds, porém, mesmo com a derrota, teve um bom desempenho. Afinal, foi uma das poucas que deu uma luta de verdade a campeã do peso mosca. Por sua vez, Valentina Shevchenko segue soberana e passa a mirar um novo encontro com Amanda Nunes.

RESULTADOS DO UFC 255

CARD PRINCIPAL

Peso mosca: Deiveson Figueiredo finalizou Alex Perez com uma guilhotina a 1m27s do R1 – Luta pelo cinturão

Peso mosca: Valentina Shevchenko derrotou Jennifer Maia na decisão unânime dos juízes (49-46, 49-46, 49-46) – Luta pelo cinturão

Peso meio-médio: Tim Means derrotou Mike Perry na decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28, 29-28)

Peso mosca: Katlyn Chookagian derrotou Cynthia Calvillo na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso meio-pesado: Paul Craig derrotou Maurício Shogun por nocaute técnico a 3m36 do R2

CARD PRELIMINAR

Peso mosca: Brandon Moreno derrotou Brandon Royval por nocaute técnico a 4m59s do R1

Peso médio: Joaquin Buckley derrotou Jordan Wright por nocaute a 0m18s do R2

Peso mosca: Antonina Shevchenko derrotou Ariane Lipski por nocaute técnico a 4m33s do R2

Peso meio-médio: Nicolas Dalby derrotou Daniel Rodriguez na decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28, 29-28)

Peso meio-médio: Alan Jouban derrotou Jared Gooden na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso médio: Kyle Daukaus derrotou Dustin Stoltzfus na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso meio-médio: Sasha Palatnikov derrotou Louis Cosce por nocaute técnico a 2m47s do R3

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments