Petr Yan desfere joelhada ilegal, é desclassificado e perde cinturão para Aljamain Sterling no UFC 259 | SUPER LUTAS

Petr Yan desfere joelhada ilegal, é desclassificado e perde cinturão para Aljamain Sterling no UFC 259

Russo levava vantagem até o quarto round, mas aplicou golpe ilegal no norte-americano, que não seguiu no combate

P. Yan dominou o combate, mas foi desclassificado após joelhada ilegal. Foto: Reprodução/Instagram

A luta pelo cinturão dos galos (até 61,2kg.) do Ultimate acabou de forma inesperada. Após desferir uma joelhada ilegal, Petr Yan foi desclassificado do combate no quarto round e perdeu o título para Aljamain Sterling. Apesar do resultado, o norte-americano ficou frustrado e chegou a chorar no octógono. O combate marcou, pela primeira vez, uma mudança de campeão por desclassificação na história da organização.

Veja Também

Com o triunfo na desclassificação, Aljamain Sterling veste, pela primeira vez, o cinturão dos galos (até 61,2kg.) do Ultimate. O novo campeão estreou na organização em 2014 e vive a sequência de seis vitórias na divisão. Agora, ele amplia o histórico para 20 resultados positivos e três negativos.

Petr Yan estava invicto em sete lutas no UFC. O russo, que estreou na franquia em 2018, havia conquistado o título da categoria ao derrotar José Aldo, no UFC 251. Agora, ele conta com um cartel de 15 triunfos e dois reveses.

A LUTA

Aljamain Sterling começou o combate imprimindo um forte ritmo. Com uma envergadura maior –10cm de diferença-, o norte-americano aproveitava para manter Petr Yan distante e trabalhava em chutes na longa distância. Em uma das tentativas, o russo levantou a perna de seu adversário e conseguiu derrubar. Com a luta em pé, Sterling seguiu trabalhando seus golpes e quedou Yan, que soube sair do aperto. Porém, no boxe, o russo acertou uma ‘bomba’ de direita que chegou a derrubar seu oponente. Nos 30 segundos finais, Petr ainda teve tempo de aplicar uma queda em Aljamain.

No segundo assalto, os competidores seguiam com a alta intensidade. Em um dos chutes baixos, Sterling desequilibrou e Yan aproveitou a oportunidade para aplicar ‘bombas’ na perna do rival. Metade do round, o norte-americano tentou outras duas quedas, mas não obteve sucesso. No final do segundo round, ambos partiram para a trocação franca, mas a exaustão já começava a aparecer.

O terceiro round se iniciou com a mesma trocação franca. Na curta distância, Petr Yan parecia levar vantagem, enquanto Aljamain Sterling era melhor nos chutes e jabs. Na segunda metade do assalto, uma ‘bomba’ de direita do russo entrou, para azar do norte-americano. Apesar disso, Sterling voltou a pressioná-lo na grade, mas não evoluiu seu jogo. Na reta final, Sterling já parecia desacelerar e viu Yan ‘cinturar’ e derrubar mais uma vez.

Petr Yan, já mais inteiro na luta, deu uma ‘rasteira’ em Aljamain Sterling. O combate foi retomado em pé, com o russo em total domínio no boxe. Parecia, em determinado momento, questão de tempo até Sterling sucumbir ao arsenal de golpes de Yan. Em desvantagem, o norte-americano já investia nas tentativas de quedas e sequer conseguia levar perigo.

O show parecia com final perfeito para o russo. No entanto, em posição de três pontos, Aljamain Sterling não poderia ser golpeado. Porém, Petr Yan acabou desferindo uma joelhada ilegal e foi desclassificado do combate.

RESULTADOS DO UFC 259

CARD PRINCIPAL

Peso meio-pesado: Jan Blachowicz derrotou Israel Adesanya na decisão unânime dos juízes (49-45, 49-46, 49-45) – Luta por cinturão

Peso pena: Amanda Nunes finalizou Megan Anderson com uma chave de braço a 2m03s do R1 – Luta por cinturão

Peso galo: Aljamain Sterling derrotou Petr Yan por desqualificação (joelhada ilegal) a 4m29s do R4 – Luta por cinturão

Peso leve: Islam Makhachev finalizou Drew Dober com um estrangulamento a 1m37s do R3

Peso meio-pesado: Aleksandar Rakic derrotou Thiago Marreta na decisão unânime dos juízes (29-28,30-27, 29-28)

CARD PRELIMINAR

Peso galo: Dominick Cruz derrotou Casey Kenney na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 30-27)

Peso galo: Kyler Phillips derrotou Song Yadong na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso mosca: Askar Askarov derrotou Joseph Benavidez na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-26, 30-27)

Peso mosca: Kai Kara-France derrotou Rogério Bontorin por nocaute técnico a 4m55s do R1

Peso mosca: Tim Elliott derrotou Jordan Espinosa na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-25, 30-27)

Peso meio-pesado: Kennedy Nzechukwu derrotou Carlos Ulberg por nocaute técnico 3m19s do R2

Peso meio-médio: Sean Brady finalizou Jake Matthews com um katagatame a 3m28s do R3

Peso palha: Amanda Lemos derrotou Livinha Souza por nocaute técnico a 3m39s do R1

Peso leve: Uros Medic derrotou Aalon Cruz por nocaute técnico a 1m40s do R1

Peso galo: Trevin Jones derrotou Mario Bautista por nocaute técnico a 47s do R2

Podcast SUPER LUTAS: Qual o futuro de McGregor após o UFC 264?

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments