Motivos para Assistir UFC 264 com McGregor e Poirier | SUPER LUTAS

Cinco motivos para assistir ao UFC 264, com a trilogia histórica entre McGregor e Poirier

Neste sábado, atletas encerram rivalidade iniciada em 2014; Gilbert Durinho, Michel Pereira e Jennifer Maia são atrações brasileiras

C. McGregor (esq.) e D. Poirier (dir.) farão uma trilogia histórica no UFC 264. Foto: Reprodução/Instagram

Chegou o grande momento. Neste sábado (10), o Ultimate promove um dos eventos mais esperados na temporada. Ao todo, o UFC 264, que acontece em Las Vegas (EUA), contará com 13 lutas e o protagonismo fica por conta da trilogia entre Conor McGregor e Dustin Poirier. Gilbert Durinho, Michel Pereira e Jennifer Maia são atrações brasileiras.

Veja Também

Ex-campeão linear dos leves (até 70,3kg.), McGregor faz sua segunda apresentação do ano e tenta apagar o mau resultado ocorrido em janeiro, quando acabou nocauteado por Dustin Poirier. Com a disputa empatada, os atletas acertarão as contas no octógono.

Antes da luta mais esperada, Gilbert Durinho retorna à ativa após sua derrota para Kamaru Usman, em confronto válido pelo título dos meio-médios (até 77kg.), em fevereiro. Buscando retomar a condição de desafiante, o niteroiense trocará forças contra o perigos Stephen Thompson. O vencedor pode se colocar em ótima posição para um futuro confronto contra o campeão da divisão.

No card preliminar, a torcida brasileira terá dois nomes para torcer. Primeira tupiniquim a subir no octógono, Jennifer Maia volta depois da derrota para Valentina Shevchenko, em novembro, pelo cinturão dos moscas (até 56,7kg.). A paranaense vai encarar Jessica Eye.

Disposto a dar show, Michel Pereira tem seu primeiro compromisso em 2021. O ‘Paraense Voador’ tem duelo marcado contra Niko Price em um dos principais encontros da primeira metade do espetáculo.

Para entrar no clima, nossa equipe selecionou cinco motivos para acompanhar o UFC 264. Confira:

1) McGregor x Poirier – fim da trilogia

D. Poirier (esq.) e C. McGregor (dir.) se enfrentaram pela primeira vez em 2014, com vitória para o irlandês. Foto: Reprodução/Instagram

Destaques no peso leve, Conor McGregor e Dustin Poirier fazem o segundo encontro na temporada. Em janeiro, os atletas trocaram forças depois de mais de seis anos. No embate, melhor para o norte-americano que suportou o sufoco imposto pelo irlandês no primeiro round e acabou atropelando o rival na segunda etapa.

Agora, o ‘Notório’ volta ao octógono com a promessa de que voltou às origens. Mais focado, o atleta pode voltar a vencer na categoria depois de mais de quatro anos. O último triunfo do irlandês no grupo aconteceu em 2016, quando superou Eddie Alvarez e conquistou o título da divisão.

Ex-campeão interino nos 70,3kg., Poirier quer confirmar o bom momento e chegar à terceira vitória consecutiva na empresa. Atrás apenas de Charles do Bronx no ranking, o norte-americano pode retomar a condição de desafiante neste sábado.

2) Quem enfrenta Do Bronx

C. Do Bronx recebe o cinturão dos leves das mãos de D. White. Foto: Reprodução/Instagram

Campeão da categoria desde maio, Charles do Bronx já confirmou presença no espetáculo deste fim de semana. Dono do cinturão, o brasileiro estará de olho na luta principal, que deve definir o primeiro desafiante ao seu reinado.

Número um no ranking, Dustin é favorito nas casas de apostas. Para conquistar o direito de enfrentar o líder da divisão, o ‘Diamante’ precisa repetir o feito do UFC 257 e anular Conor, que também busca um confronto contra o brasileiro.

Um dos maiores nomes na história do MMA, McGregor quer provar que ainda tem condições de atuar em alto nível e disputar um cinturão pelo Ultimate. Para isso, o irlandês precisa corrigir os erros de sua última derrota e voltar a ser o atleta que encantou o mundo há alguns anos. A última disputa de título do ‘Notório’ aconteceu em 2018, quando acabou superado por Khabib Nurmagomedov.

3) A volta de Gilbert Durinho

G. Durinho (foto) lutou pelo título dos meio-médios em fevereiro de 2021. Foto: Reprodução/Instagram

Em fevereiro deste ano, Durinho realizou o sonho de lutar por um título no UFC. Apesar de ter assustado o perigoso Kamaru Usman, o niteroiense acabou nocauteado pelo campeão e, agora, busca voltar a vencer para chegar a uma nova chance.

Na luta co-principal, Gilbert enfrentará Stephen Thompson em uma disputa direta por uma futura peleja pelo título do grupo. Hoje, o brasileiro ocupa a segunda posição na categoria, atrás apenas de Colby Covington e Usman.

Na tentativa de chegar a mais uma luta pelo cinturão da categoria, Thompson tenta chegar ao seu terceiro triunfo consecutivo e, consequentemente, tomar o lugar de Durinho na divisão. Hoje, o norte-americano é o quarto e, caso supere o niteroiense, pode fazer um confronto inédito para Usman, que segue batendo todos os desafiantes escolhidos pela empresa.

4) Michel Pereira: promessa de show

M. Pereira em vitória pelo UFC. Foto: Reprodução/Facebook @ufc

Com promessa de show, Michel Pereira fará sua primeira apresentação em 2021. Sonhando com um lugar no top 15 dos meio-médios, o ‘Paraense Voador’ terá pela frente um compromisso que promete emoção.

Na penúltima luta do card preliminar, o brasileiro será testado contra o perigoso Niko Price. Com estilos agressivos, os atletas têm tudo para fazer um dos melhores duelos da noite.

Caso supere o norte-americano, Pereira chegará à sua terceira vitória consecutiva na companhia. Se triunfar, o atleta garantiu que desafiará Nate Diaz para um embate.

5) Jennifer Maia retorna

J. Maia (foto) terá o desafio de desbancar V. Shevchenko no UFC 255, pelo cinturão no peso mosca. Foto: Reprodução/Instagram

Derrotada por Valentina Shevchenko na disputa de cinturão dos moscas, Jennifer Maia retorna ao octógono buscando retomar a condição de desafiante. No UFC 264, a paranaense enfrentará outra vítima da campeã, Jessica Eye. A vencedora avançará na divisão e poderá se aproximar de uma nova luta pelo título.

Hoje, Maia figura na quarta colocação na categoria. Embora dependa de um grande resultado neste fim de semana, a brasileira afirmou que deve precisar de mais duas vitórias para desafiar a campeã.

Adversária de Jennifer, Eye precisa de um resultado positivo para não se complicar na organização. Atual número sete no ranking, a norte-americana perdeu três das suas últimas cinco lutas e não vence desde dezembro de 2019, quando superou Viviane Araújo.

Ficha técnica do UFC 264

Data: 10 de julho de 2021

Horário: A partir das 19h (horário de Brasília)

Local: T-Mobile Arena, Las Vegas, Estados Unidos

Como assistirSUPER LUTAS AO VIVO em tempo real e Canal Combate (todo o card) pela TV

CARD PRINCIPAL (23h, horário de Brasília)

Peso leve: Dustin Poirier x Conor McGregor

Peso meio-médio: Gilbert Durinho x Stephen Thompson

Peso pesado: Tai Tuivasa x Greg Hardy

Peso galo: Irene Aldana x Yana Kunitskaya

Peso galo: Sean O’Malley x Kris Moutinho

CARD PRELIMINAR (19h, horário de Brasília)

Peso meio-médio: Carlos Condit x Max Griffin

Peso meio-médio: Niko Price x Michel Pereira

Peso pena: Ryan Hall x Ilia Topuria

Peso médio: Trevin Giles x Dricus du Plessis

Peso mosca: Jennifer Maia x Jessica Eye

Peso médio: Omari Akhmedov x Brad Tavares

Peso mosca: Zhalgas Zhumagulov x Jerome Rivera

Peso médio: Hu Yaozong x Alen Amedovski

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments