AO VIVO

Assista à coletiva pós-UFC 276 com Adesanya, Poatan e mais

Com Brandon Moreno no corner, argentino é finalizado e segue sem vencer no UFC

Marcelo Rojo não consegue impor ritmo de jogo e acaba dando os 'três tapas' no terceiro round após uma chave de braço

K. Phillips finaliza M. Rojo no UFC 271. Foto: Reprodução/Instagram @ufc_brasil

Cercado de expectativa pelo estilo dos dois atletas, o combate entre Kyler Phillips e Marcelo Rojo cumpriu com o prometido no card preliminar do UFC 271, evento realizado no sábado (12). Com um ritmo forte desde o primeiro instante, o norte-americano marcou distância, conectou os melhores golpes e mostrou grande nível no jiu-jitsu para finalizar o argentino com uma chave de braço no terceiro round.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Phillips se recupera de controvérsia derrota sofrida no embate contra Raulian Paiva, em julho de 2021. Profissional desde 2016, ele conta com um histórico de dez resultados positivos e dois negativos.

Por sua vez, Rojo – que é companheiro de treinos do ex-campeão Brandon Moreno – ainda não conseguiu triunfar na organização e sofre seu segundo revés seguido. O argentino tem um cartel de 16 vitórias e oito derrotas.

PUBLICIDADE:

A luta

O primeiro round foi marcado com grande jogo de pressão. Kyler Phillips insistiu na pegada junto à grade e trabalhou golpes baixos que já pareciam ferir Marcelo Rojo. Em seguida, o argentino tentou – sem sucesso – uma queda. O norte-americano, por sua vez, fez o ‘abafa’ na reta final e esteve em vantagem no round.

A volta foi marcada com Rojo tendo um ‘jogo travado’ e, apesar das orientações do parceiro de treinos, Brandon Moreno, ele não teve um round contundente. Por outro lado, Phillips mostrou mais confiança e, novamente, desferiu os melhores golpes.

PUBLICIDADE:

No último e derradeiro assalto, Kyler colocou um ritmo forte e, por cima, conseguiu fazer a transição para uma chave de braço. Marcelo, em seguida, deu os ‘três tapas’ em desistência.

PUBLICIDADE:

Roxanne Modafferi faz luta equilibrada, mas perde e anuncia aposentadoria no UFC 271

R. Modafferi (dir.) perdeu para C. O’Neill (esq.) e se aposentou no UFC 271. Foto: Reprodução/Instagram @ufc_brasil

Fim de linha. Em luta válida pelo card preliminar do UFC 271, evento realizado em Houston (EUA) no último sábado (12), Roxanne Modafferi fez sua ‘última dança’ como lutadora de MMA. E, após três rounds equilibrados, ela acabou derrotada pela invicta Casey O’Neill na decisão dividida dos juízes.

Em entrevista coletiva pós-evento, Modafferi fez questão de agradecer aos treinadores por sua evolução e trajetória no MMA. Em sua carreira, foram 46 lutas – sendo 25 triunfos e 21 reveses.

Agora, O’Neill conquista sua vitória mais importante em sua trajetória nas moscas (até 56,7kg.). Ela tem um ‘cartel perfeito’ de nove triunfos.

Em luta morna, Arlovski supera Vanderaa por pontos

O encerramento do card preliminar no UFC 271 ficou pelo protagonismo dos pesados (120,2kg.) Andrei Arlovski e Jared Vanderaa. Em duelo morno disputado em três rounds, o ex-campeão bielorrusso confirmou o favoritismo e derrotou o norte-americano na decisão dividida dos juízes.

Com isso, Arlovski conseguiu sua segunda vitória seguida e reafirma bom momento na organização. Profissional desde 1999, o bielorrusso tem um cartel de 32 triunfos, 20 reveses e duas lutas ‘sem resultado’.

Já Vanderaa corre riscos de ser cortado da organização. Agora, são três derrotas em quatro apresentações. Ele tem um retrospecto de 12 resultados positivos e sete negativos.

Resultados do UFC 271

CARD PRINCIPAL

Peso médio: Israel Adesanya derrotou Robert Whittaker na decisão unânime dos juízes (50-45, 48-47, 49-46) – Luta pelo cinturão

Peso pesado: Tai Tuivasa derrotou Derrick Lewis por nocaute a 1m40s do R2

Peso médio: Jared Cannonier derrotou Derek Brunson por nocaute técnico a 4m29s

Peso leve: Renato Moicano derrotou Alexander Hernandez por finalização (mata-leão) aos 1m23s do R2

Peso leve: Bobby Green derrotou Nasrat Haqparast na decisão unânime dos juízes (30-27,30-27,30-27)

CARD PRELIMINAR

Peso pesado: Andrei Arlovski derrotou Jared Vanderaa na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Peso mosca: Casey O’Neill derrotou Roxanne Modafferi  na decisão dividida dos juízes (29-28,28-29,29-28)

Peso galo: Kyler Phillips derrotou Marcelo Rojo por finalização (chave de braço) aos 1m48s do R3

Peso meio-pesado: Carlos Ulberg derrotou Fabio Cherant na decisão unânime dos juízes (30-27,30-27,30-27)

Peso galo: Ronnie Lawrence derrotou Mana Martinez na decisão unânime dos juízes (29-27,29-28,29-28)

Peso médio: Jacob Malkoun derrotou  AJ Dobson na decisão unânime dos juízes (29-28,29-28, 29-28)

Peso galo: Douglas D’Silva derrotou Sergey Morozov por finalização (mata-leão) aos 3m24s do R2

Peso meio-médio: Jeremiah Wells derrotou Blood Diamond por finalização (mata-leão) aos 4m38s do R1

Peso pesado: Maxim Grishin derrotou William Knight na decisão unânime dos juízes (30-27,30-27,30-27)

Podcast #68: Adesanya, Poatan e Volkanovski: Tudo sobre o UFC 276