Renato Moicano brilha, finaliza Alexander Hernandez e confirma bom momento no peso leve no UFC 271

Brasileiro mostra evolução e bate oponente, a seu melhor estilo, bate adversário perigoso no segundo round

R. Moicano encaixa mata-leão em A. Hernandez no UFC 271. Foto: Reprodução/Instagram @ufc

Voltou a dar aula. Em novo momento no peso leve (até 70,3kg.) do Ultimate, Renato Moicano mostrou evolução e confirmou a boa fase na categoria. Adversário de Alexander Hernandez no UFC 271, realizado neste sábado (12), em Houston (EUA), o brasileiro foi melhor em todas as áreas, mas usou sua principal característica para vencer. Após vantagem no primeiro round, o tupiniquim finalizou o oponente com um mata-leão na segunda etapa.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Com a vitória, Moicano chega à sua segunda vitória consecutiva na categoria liderada por Charles do Bronx. Agora, o atleta soma quatro apresentações no grupo, com três triunfos e um tropeço.

Derrotado por Renato, Hernandez segue instável no peso leve. O atleta, agora, soma três resultados negativos nas últimas cinco lutas.

PUBLICIDADE:

Em entrevista depois do triunfo, Moicano pediu um dos bônus de ‘Performance da Noite’. O combatente deixou o octógono aplaudido pelo público presente no Toyota Center.

A luta

O confronto começou com Moicano tomando a iniciativa com um chute baixo. O brasileiro seguiu agressivo e conectou um direto no rosto do adversário, que respondeu na mesma moeda. O confronto era tenso, com os leves trocando golpes no centro do octógono. Passado pouco mais de um minuto, Renato tentou colocar o jiu-jitsu em jogo, mas o rival se defendeu bem. Na metade do assalto, o tupiniquim encurtou e conseguiu derrubar o oponente. Perto do minuto final, Alexander fez força e conseguiu ficar de pé. Para tirar a desvantagem, o norte-americano passou a pressionar Moicano com jabs na longa distância. A etapa acabou com os atletas se estudando no centro do octógono.

PUBLICIDADE:

No segundo round, Renato desequilibrou o oponente com um cruzado logo nos segundos iniciais. O brasileiro continuava mais agressivo e pontuava com combinações de socos e chutes. Passado pouco mais de um minuto, Moicano voltou a desequilibrar o oponente. O atleta se aproveitou do bom momento, chegou às costas do rival, e, ao seu melhor estilo, encaixou o mata-leão e obrigou o adversário a bater em desistência.

PUBLICIDADE:

Bobby Green vence em luta de trocação franca

B. Green (dir.) derrotou N. Haqparast (esq.) no UFC 271. Foto: Reprodução/Instagram @ufc

Um ótimo cartão de visitas para o card principal. Na luta que abriu a segunda metade do evento, Bobby Green deu show de trocação em confronto emocionante contra Nasrat Haqparast. Em duelo disputado no peso leve (até 70,3kg.), os combatentes empolgaram os fãs em duelo com 15 minutos de agressividade. Ao fim de três rounds, o norte-americano foi declarado vencedor na decisão unânime dos juízes.

Com a vitória, Green confirma seu bom momento no Ultimate. Ovacionado pelo público após o anúncio oficial, o norte-americano chegou ao segundo resultado positivo em sequência, e o 29º como profissional no MMA.

Embora tenha mostrado grande capacidade de absorver golpes, Haqparast não conseguiu impor sua agressividade contra o veterano. Agora, o afegão tem dois tropeços consecutivos.

Resultados do UFC 271

CARD PRINCIPAL

Peso médio: Israel Adesanya derrotou Robert Whittaker na decisão unânime dos juízes (50-45, 48-47, 49-46) – Luta pelo cinturão

Peso pesado: Tai Tuivasa derrotou Derrick Lewis por nocaute a 1m40s do R2

Peso médio: Jared Cannonier derrotou Derek Brunson por nocaute técnico a 4m29s

Peso leve: Renato Moicano derrotou Alexander Hernandez por finalização (mata-leão) aos 1m23s do R2

Peso leve: Bobby Green derrotou Nasrat Haqparast na decisão unânime dos juízes (30-27,30-27,30-27)

CARD PRELIMINAR

Peso pesado: Andrei Arlovski derrotou Jared Vanderaa na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Peso mosca: Casey O’Neill derrotou Roxanne Modafferi  na decisão dividida dos juízes (29-28,28-29,29-28)

Peso galo: Kyler Phillips derrotou Marcelo Rojo por finalização (chave de braço) aos 1m48s do R3

Peso meio-pesado: Carlos Ulberg derrotou Fabio Cherant na decisão unânime dos juízes (30-27,30-27,30-27)

Peso galo: Ronnie Lawrence derrotou Mana Martinez na decisão unânime dos juízes (29-27,29-28,29-28)

Peso médio: Jacob Malkoun derrotou  AJ Dobson na decisão unânime dos juízes (29-28,29-28, 29-28)

Peso galo: Douglas D’Silva derrotou Sergey Morozov por finalização (mata-leão) aos 3m24s do R2

Peso meio-médio: Jeremiah Wells derrotou Blood Diamond por finalização (mata-leão) aos 4m38s do R1

Peso pesado: Maxim Grishin derrotou William Knight na decisão unânime dos juízes (30-27,30-27,30-27)

Podcast #68: Adesanya, Poatan e Volkanovski: Tudo sobre o UFC 276