Volkanovski anula Zumbi Coreano e defende cinturão dos penas com nocaute e apresentação de gala no UFC 273

Campeão faz valer favoritismo e ‘sobra’ contra Chan Sung Jung na luta principal deste sábado; atleta chega a 21 triunfos consecutivos

A. Volkanovski (dir.) derrotou Z. Coreano (esq.) no UFC 273. Foto: Reprodução/Instagram

Simplesmente impecável. Na luta principal do UFC 273, realizado neste sábado (9), em Jacksonville (EUA), Alexander Volkanovski voltou a provar que merece estar no topo dos penas (até 65,7kg.) da companhia. Adversário de Chan Sung Jung, o ‘Zumbi Coreano’, o australiano não tomou conhecimento do oponente e anulou o desafiante por completo, impondo duro castigo até chegar ao nocaute no quarto round.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Com o resultado, Volkanovski dá um passo importante para seu legado na categoria. Agora, o lutador chega à sua terceira defesa de título. Além da conquista pessoal, o australiano atingiu a expressiva marca de 21 vitórias consecutivas no MMA.

Sem chances contra Alexander, Zumbi Coreano mostrou raça, mas não conseguiu ‘quebrar a banca’ no embate. O desafio no UFC 273 marcou a segunda tentativa do atleta em assumir o trono da categoria até 65,7kg. Em 2013, o atleta teve sua primeira chance, mas acabou batido pelo então campeão José Aldo.

PUBLICIDADE:

A luta

O confronto começou com o Zumbi Coreano tomando a iniciativa com um chute baixo, que passou no vazio. Volkanovski respondeu com um chute alto, balançando o desafiante. No centro do octógono, os lutadores se testavam, lançando jabs, diretos e chutes. Na metade do assalto, o campeão começou a se soltar e atingia o adversário com jabs e diretos limpos no rosto. Perto do minuto final, Alex abalou o adversário com uma combinação de cruzados, mas Jung mostrava raça e seguia caminhando para frente. Perto de acabar a etapa, Volkanovski conseguiu uma queda providencial, mas Sung conseguiu se levantar rapidamente. Nos segundos finais, o campeão conseguiu derrubar o adversário com um cruzado, mas não havia mais tempo.

No segundo round, Chan arriscou o primeiro ataque, com um jab. O campeão respondeu imediatamente, com uma sequência de chutes baixos. Passado pouco mais de um minuto, Volkanovski abalou o rival com um cruzado limpo no rosto. O Zumbi, mostrava raça e se recusava a cair. Na metade do assalto, um direto de Alex deixou o oponente bambo. O australiano partiu para cima e, por cima, tentava liquidar a fatura no ground and pound. Jung conseguiu ficar de pé, mas o dono do cinturão não dava espaço. No minuto final, Alex conseguiu uma queda, mas, novamente, Chan surpreendeu com a resistência e se levantou. O round acabou com os atletas trocando golpes no centro do octógono.

PUBLICIDADE:

A terceira etapa começou com Volkanovski lançando um chute alto, que parou na guarda do rival. O Zumbi Coreano respondeu com uma combinação de cruzados. O desafiante encontrou o bom momento e tentava surpreender o campeão com diretos e jabs. Alex voltou a se encontrar na distância e agredia o oponente com jabs, ampliando sua pontuação. Na sequência, o australiano foi para as pernas e tentou uma queda, mas o adversário se defendeu bem. Jung continuava caminhando para frente, mas recebia golpes de encontro do campeão. Nos segundos finais, o australiano surpreendeu o oponente com um direto. O Zumbi Coreano desabou, mas acabou salvo pelo gongo.

PUBLICIDADE:

No quarto round, Volkanovski seguia agressivo. O campeão lançava jabs, diretos e chutes, para tentar abalar o adversário. Com menos de um minuto, o australiano voltou a balançar o adversário, que não apresentava reação. Percebendo a condição do desafiante, o árbitro Herb Dean optou por interromper o combate.

Estatísticas de ‘Volkanovski x Zumbi Coreano’

Resultados do UFC 273

CARD PRINCIPAL

Peso pena (até 65,7kg.): Alexander Volkanovski derrotou Zumbi Coreano por nocaute técnico a 45 do R4 – Luta pelo cinturão

Peso galo (até 61,2kg.): Aljamain Sterling derrotou Petr Yan na decisão dividida dos juízes (48-47, 47-48, 48-47) – Luta pelo cinturão

Peso meio-médio (até 77kg.): Khamzat Chimaev derrotou Gilbert Durinho na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso palha (até 52,1kg.): Mackenzie Dern derrotou Tecia Torres na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Peso leve (até 70,3kg.): Mark Madsen derrotou Vinc Pichel na decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28, 30-27)

CARD PRELIMINAR

Peso meio-médio (até 77kg.): Ian Garry derrotou Darian Weeks na decisão unânime dos juízes (29-28, 30-27, 30-27)

Peso médio (até 83,9kg): Anthony Hernandez derrotou Josh Fremd na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 29-28)

Peso galo (até 61,2kg.): Raquel Pennington derrotou Aspen Ladd na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso meio-médio (até 77kg.): Mike Malott derrotou Mickey Gall por nocaute técnico (socos) aos 3m41s do R1

Peso pesado (até 120,2kg.): Alexey Oleynik derrotou Jared Vanderaa por finalização (estrangulamento) aos 3m39s do R1

Peso palha (até 52,1kg.): Piera Rodriguez derrotou Kay Hansen na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso galo (até 61,2kg.): Julio Arce derrotou Daniel Willycat na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 29-28)

Podcast #68: Adesanya, Poatan e Volkanovski: Tudo sobre o UFC 276