AO VIVO

Assista à coletiva pós-UFC 276 com Adesanya, Poatan e mais

Joanderson Tubarão vai bem, aplica nocaute fulminante e presta homenagem após drama familiar

Brasileiro vence Andre Fili com apenas 41seg. de combate; ele revela ter superado por ‘drama familiar’ horas antes de se apresentar no card principal

J. Tubarão em nocaute no UFC. Foto: Reprodução/Instagram @ufc

Representante brasileiro no card principal do UFC Las Vegas 53, evento realizado neste sábado (30), Joanderson Brito, o ‘Tubarão’, deu conta do recado. O atleta tupiniquim conseguiu um nocaute sensacional sobre Andre Fili e venceu sua primeira vitória no octógono do Ultimate.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Descoberto no ‘Contender Series’, evento promovido por Dana White em procura de novos talentos, Tubarão se recuperou da amarga derrota na estreia, contra Bill Algeo, por pontos. O brasileiro, que começou sua trajetória como profissional em 2013, ainda revelou que seu tio faleceu horas antes de sua luta e precisou superar um ‘drama pessoal’ para competir. Em sua carreira, são 12 triunfos, três reveses e uma luta sem resultado.

Já Fili corre risco de entrar no ‘RH’ da empresa. Em suas últimas três lutas, foram duas derrotas e uma luta ‘sem resultado’, tendo acumulado um cartel geral de 21 resultados positivos, nove negativos e um ‘no contest’.

PUBLICIDADE:

A Luta

Tubarão foi fulminante em sua apresentação. O brasileiro começou o combate tomando a iniciativa, com chutes baixos para rechaçar a aproximação de Fili. Em seguida, ele conectou um cruzado brutal de direita que fez Andre cair, além de precisar de uma sequência de socos no sono antes da interrupção do árbitro central.

Confira as estatísticas da luta entre Joanderson Tubarão e Andre Fili

PUBLICIDADE:

Grant Dawson faz valer favoritismo, mostra qualidade e finaliza Jared Gordon

G. Dawson finaliza J. Gordon no UFC Vegas 53. Foto: Reprodução/Instagram @ufc

PUBLICIDADE:

Promessa dos leves (até 70,3kg.), Grant Dawson entrou no combate contra Jared Gordon disposto a mostrar que pode figurar entre os melhores da divisão no futuro. Em luta de 15 minutos, o norte-americano fez jogo ajustado que mesclou trocação e forte jogo de Wresling para vencer com um mata-leão no terceiro round.

Em entrevista pós-luta, ainda no octógono, Dawson pediu por valorização na divisão dos leves e ressaltou bom momento na empresa.

“Na última vez que perdi uma luta, Barack Obama era presidente. Eu sou um lutadores mais subestimados do UFC, pois sigo vencendo e não tenho minha valorização”, disse Grant.

Com isso, Dawson emplaca sua décima luta sem saber o que é perder. O talentoso lutador chegou à marca de 18 vitórias, quatro derrotas e um ‘no contest’ na carreira. Enquanto isso, Gordon falhou na missão de surpreender no duelo e, agora, perde pela quinta vez; ele também tem 18 triunfos.

Darren Elkins sofre, vai do inferno ao céu e vence Tristan Connelly em luta sangrenta

D. Elkins bate Connelly em luta sangrenta. Foto: Reprodução/Instagram @ufc

Veterano no Ultimate, Darren Elkins entrou no octógono do UFC Las Vegas 53 com o intuito de voltar a vencer na franquia. No card principal da noite, o lutador superou Tristan Connelly em luta dramática e decidida por pontos. O duelo foi válido pela divisão dos penas (até 65,7kg.).

Elkins volta ao caminho das vitórias e se recupera de duro nocaute contra Cub Swanson. O norte-americano tem um retrospecto de 27 resultados positivos e dez negativos. Já Connelly ainda não conseguiu sair com ‘braços erguidos’ na divisão até 65,7kg. O canadense possui um cartel de 14 triunfos e oito negativos.

Krzysztof Jotko confirma boa fase e supera Gerald Meerschaert por pontos

K. Jotko desfere golpe no UFC Vegas 52. Foto: Reprodução/Instagram @ufc

Na primeira luta do card principal, Krzysztof Jotko confirmou a boa fase e superou Gerald Meerschaert na decisão unânime dos juízes. O polonês fez um jogo inteligente e impôs seu ritmo de jogo nos três rounds, tendo celebrado a conquista ainda na reta final do duelo.

Jotko, agora, emplaca sua quinta vitória nas últimas seis lutas pela divisão dos médios (até 83,9kg.). Profissional desde 2010, ele conta com um retrospecto de 23 resultados positivos e cinco negativos.

Meerschaert, que tem o apelido de ‘Máquina’, volta a sentir o sabor da derrota depois de sequência de três triunfos. O norte-americano conta com um cartel de 34 vitórias e 15 reveses em sua trajetória nas artes marciais mistas.

Resultados do UFC Las Vegas 52

CARD PRINCIPAL 

Peso galo (até 61,2kg.): Marlon Vera derrotou Rob Font na decisão unânime dos juízes (49-46, 48-47, 49-46)

Peso pesado (até 120,2kg.): Andrei Arlovski  derrotou Jake Collier na decisão dividida dos juízes (29-28, 27-30, 29-28)

Peso pena (até 65,7kg.): Joanderson Tubarão derrotou Andre Fili por nocaute técnico a 41seg. do R1

Peso leve (até 70,3kg.): Grant Dawson finalizou Jared Gordon com um mata-leão a 4m11 do R3

Peso pena (até 65,7kg.): Darren Elkins derrotou Tristan Connelly na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso médio (até 83,9kg.): Krzysztof Jotko derrotou Gerald Meerschaert na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

CARD PRELIMINAR

Peso pesado (até 120,2kg.): Alexandr Romanov finalizou Chase Sherman com uma americana a 2m11s do R1

Peso mosca (até 56,7kg.): Francisco Figueiredo finalizou Daniel Miojo com uma chave de joelho reto a 1m18s do R1

Peso meio-médio (até 77kg.): Gabe Green derrotou Yohan Lainesse por nocaute técnico a 4m02s do R2

Peso leve (até 70,3kg.): Natan Levy derrotou Mike Breeden na decisão unânime dos juízes (29-28, 30-27, 29-28)

Peso mosca (até 56,7kg.):  Shanna Young derrotou Gina Mazany por nocaute técnico a 3m11s do R2

Podcast #68: Adesanya, Poatan e Volkanovski: Tudo sobre o UFC 276