Cinco motivos para assistir ao UFC 227 com duas lutas de cinturão

Um dos maiores eventos do ano traz disputas dos cinturões galo e mosca, além da antiga rivalidade dos atletas

T. Dillashaw (esq.) e C. Garbrandt (dir) fazem a luta principal. (Foto: Divulgação UFC)

O Ultimate retorna ao Staples Center após três anos fora e Los Angeles será a capital do MMA neste sábado a partir das 19h15m (horário de Brasília). O show marca uma noite de reencontros com duas disputas de título no pesos mosca e galo da organização. Na luta principal os ex-colegas de Team Alpha Male e arquirrivais, TJ Dillashaw e Cody Garbrant batalham pelo título até 61Kg. No evento co-principal, Demetrious Johnson coloca novamente o cinturão peso mosca em disputa contra Henry Cejudo. ‘Messenger’ terá a difícil missão de quebrar uma hegemonia de seis anos de ‘Mighty Mouse’ na carreira.

Veja Também

UFC 227: Apostas em brasileiros no card preliminar prometem ser bem lucrativas
Desafiantes ao título quebram protocolo e não treinam em Los Angeles

Além disso, o time brasileiro está reforçado com seis lutadores no card em Los Angeles: Ricardo Carcacinha abre o card preliminar contra Kyung Ho Kang na sequência Sheymon Moraes busca vitória sobre Matt Sayles e finalizando Pedro Munhoz encara Brett Johns. No card principal, o ex-TUF Brasil, Thiago Marreta luta com Kevin Holland, em seguida Polyana Viana enfrenta JJ Aldrich e fechando a participação brazuca, Renato Moicano encara o veterano Cub Swanson.

Estratégia: perfeição para não perder o cinturão

T. Dillashaw é pela segunda vez campeão dos galos. Foto: Reprodução Twitter UFCEurope

O atual campeão dos pesos galos, TJ Dillashaw é um dos algozes brasileiros, pois em sua primeira conquista de cinturão venceu Renan Barão por nocaute no quinto round em maio de 2014 no UFC Chicago. Por falar em inimigos, ‘Viper’ entra no octógono neste sábado pela segunda vez contra o ex-colega de Alpha Male, Cody Gardrandt.

Com 32 anos, Dillashaw é o dono do cinturão dos galos pela segunda vez na carreira. Em seu cartel do MMA realizou 18 lutas, com 15 vitórias e três derrotas. Sete dos triunfos foram finalizados com um nocaute. Em seu último embate, TJ conquistou o título da divisão sobre Garbrandt quando no segundo round seu  oponente ‘apagou’ após uma sequência de socos.

‘Sangue no olho’ e paciência são os segredos de Garbrandt

C. Garbrandt vai com tudo para voltar com o cinturão da categoria. Foto: Reprodução Facebook/CodyNoLove

O ex-campeão dos galos, Cody Garbrandt vem para sua segunda luta contra Dillashaw com ‘Sangue no olho’ e querendo dominar o inimigo. Sua única derrota na carreira foi contra o atual detentor da carreira. O foco é mostrar ao mundo que é o melhor da categoria e pegar o cinturão de volta.

Uma das estratégias do ex-campeão é a paciência para sair vitorioso do confronto. Depois de ser o falastrão e provocador no primeiro combate com TJ, a atitude mudou e Cody procura fugir dos insultos do adversário.

O atleta da Team Alpha Male, Cody Garbrandt aos 27 anos tem 12 lutas em seu cartel, 11 vitórias e uma derrota. Ele conquistou o cinturão em cima de Dominick Cruz em dezembro de 2016 no UFC 207. Sua última luta foi a derrota pra Dillashaw no UFC 217 em novembro do ano passado.

Uma hegemonia de seis anos no peso mosca

D. Johnson faz sua 12ª disputa de cinturão. (Foto: Reprodução Instagram ufc_brasil)

O campeão dos pesos moscas de 31 anos, Demetrious Johnson vai para a décima segunda defesa de cinturão da sua carreira. Desde outubro de 2012, ‘Mighty Mouse’ é supremo na divisão e venceu todos os atletas da categoria. O próprio desafiante, Henry Cejudo é um ex-rival do norte-americano.

Johnson tem um cartel de 29 lutas, com 26 vitórias, duas derrotas e um empate. Sua arma é a finalização e terminou seus duelos em oportunidades. Além disso, formam 11 triunfos por decisão dos juízes. Seu último combate foi contra Ray Borg em outubro do ano passado e superou o desafiante que deu ‘três tapinhas’ e embate terminou a 3m15s do R5.

Caçador da uma lenda

H. Cejudo tem uma pedreira pela frente neste sábado. Foto: Reprodução/Facebook UFC

O campeão olímpico de Wrestling, Henry Cejudo terá uma nova chance de conquistar o cinturão dos moscas. Em seu primeiro encontro com Demetrious Johnson, o norte-americano foi nocauteado ainda no primeiro round no UFC 197 em abril de 2016. Se vencer este segundo duelo, ele será o caçador da lenda que permanece com o título por seis anos seguidos.

Cejudo tem em seu cartel no MMA 13 lutas com 11 vitórias e duas derrotas. Seu maior número de triunfos vieram por meio dos pontos na decisão dos juízes. O wrestler afirma que mudou sua estratégia desde o primeiro encontro e vai conquistar o cinturão. Sua última luta foi contra Sergio Pettis no UFC 218 em dezembro do ano passado onde foi superou o adversário.

Exército brasileiro em Los Angeles

R. Moicano faz a principal luta para o Brasil. Foto: Reprodução / Facebook @ufc

Em um dos eventos mais esperados do ano, o Brasil vem com um time reforçado. Serão seis atletas brazucas em 12 confrontos. Os atletas tupiniquins convocados para Los Angeles estão em ascensão na organização.

Renato Moicano, aos 29 anos, faz a principal luta para o Brasil. Décimo colocado no ranking dos penas terá pela frente o experiente norte-americano Cub Swanson, número cinco da categoria. Com 14 lutas na carreira, o brasileiro acumula 12 vitórias, uma derrota e um empate.

Polyana Viana, a ‘Dama de Ferro’ também estará no card principal, diante da norte-americana JJ Aldrich. A paraense tem em sua carreira 11 lutas com dez vitórias e apenas uma derrota. Se vencer, a brasileira já pediu um confronto com Mackenzie Dern.

Thiago Marreta, aos 34 anos é um dos mais experientes no card deste sábado. Ele vem vinha embalado por quatro vitórias consecutivas, até parar em David Branch. O brasileiro ele pega o norte-americano Kevin Holland. Ex-TUF Brasil tem 17 vitórias e cinco derrotas na carreira.

Pedro Munhoz tenta a reabilitação no Ultimate neste sábado. Após perder para John Dodson, ele enfrenta Brett Johns. O brasileiro tem em seu cartel 18 lutas, com 15 vitórias e apenas três derrotas. O paulista é o nono colocado no ranking peso-galo.

Sheymon Moraes faz sua segunda luta no UFC contra Matt Sayles. Em sua estreia, o peso pena foi derrotado por Zabit Magomedsharipov. O carioca possui nove vitórias e apenas um revés.

uma das principais revelações nos galo do UFC, Ricardo Carcacinha com 22 anos encara o sul-coreano Kyung Ho Kang. Ele vem de duas vitórias seguidas Michinori Tanaka e Aiemann Zahabi. Em sua carreira ele possui 11 triunfos e apenas uma derrota.

Ficha técnica do UFC 227

DATA E HORÁRIO: 04/08/2018, a partir das 19h15 (horário de Brasília)

LOCAL: Staples Center, Los Angeles (EUA)

TRANSMISSÃO: Canal Combate

CARD PRINCIPAL (a partir das 23h)

Peso galo: TJ Dillashaw x Cody Garbrandt

Peso mosca: Demetrious Johnson x Henry Cejudo

Peso pena: Cub Swanson x Renato Moicano

Peso mosca: Polyana Viana x JJ Aldrich

Peso médio: Thiago Marreta x Kevin Holland

CARD PRELIMINAR (a partir das 19h15)

Peso galo: Pedro Munhoz x Brett Johns

Peso galo: Ricky Simon x Montel Jackson

Peso pena: Matt Sayles x Sheymon Moraes

Peso mosca: Alex Perez x José Torres

Peso galo: Ricardo Carcacinha x Kyung Ho Kang

Peso palha: Danielle Taylor x Weili Zhang

Peso pena: Marlon Vera x Wuliji Buren

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário