Demetrious Johnson é favorito para duelo contra Henry Cejudo pelo cinturão dos mocas no UFC 227

Demetrious Johnson, em sua 11ª defesa de cinturão, vale a sua aposta

D. Johnson é favorito no UFC 227 (Foto: Reprodução Twitter UFCNews)

O UFC 227 acontece na madrugada de sábado (04) para domingo, no Staples Center, em Los Angeles, e será uma oportunidade e tanto para quem busca faturar com as apostas online.

Depois de apresentar as melhores barbadas do card preliminar, chegou a hora de sabermos quem deve dar as cartas na faixa nobre do evento, que terá mais três brasileiros subindo ao octógono.

Confira os prognósticos para o card principal com as cotas do Oddsshark.com.

TJ Dillashaw x Cody Garbrandt

A grande atração do UFC 227 será a revanche entre TJ Dillashaw e Cody Garbrandt valendo o cinturão dos pesos-galo. No UFC 217, em novembro do ano passado, Dillashaw nocauteou o então campeão da divisão no segundo round, e recuperou um título perdido para Dominick Cruz em 2016.

Garbrant garante que a história será diferente desta vez, e diz estar preparado para 25 minutos de luta. A derrota para o compatriota foi a única de sua carreira, que já soma 11 triunfos.

As cotações das casas de aposta dão a medida do equilíbrio esperado para o combate. TJ Dillashaw tem um favoritismo muito sutil, com um retorno de R$ 1,83 por real apostado em sua vitória. Já Cody Garbrandt, proporcionará 90% de lucro ao investidor se conseguir recuperar o cinturão.

Demetrious Johnson x Henry Cejudo

Na co-luta principal, Demetrious Johnson, o campeão mais longevo da história do UFC, fará a 11ª defesa do cinturão dos pesos-mosca contra Henry Cejudo, e sua vitória é a maior barbada do evento de Los Angeles. O norte-americano está invicto desde 2011, e quando foi desafiado pelo mesmo adversário, em 2016, venceu por nocaute após 2:49 minutos de combate.

Cejudo credenciou-se a uma nova disputa de título após vencer seus dois compromissos no ano passado, contra o brasileiro Wilson Reis e seu compatriota Sergio Pettis. O norte-americano ostenta um excelente cartel de 12 vitórias e duas derrotas, mas tem tudo para ser derrubado mais uma vez em sua cidade natal.

O rendimento da aposta em um novo triunfo de Demetrious Johnson será de 20%, mas se Henry Cajudo tornar-se campeão da divisão, o apostador embolsará incríveis R$ 4,50 por real apostado.

Cub Swanson x Renato Moicano

Décimo colocado no ranking dos pesos-pena, o brasileiro Renato Moicano espera aproveitar o momento turbulento do número cinco da divisão, Cub Swanson, para tomar seu lugar no Top 5.

Swanson vem de duas derrotas em suas lutas mais recentes, por finalização contra Brian Ortega e decisão unânime diante de Frankie Edgar, no último mês de abril. Seu cartel é de 25 vitórias e nove derrotas.

Moicano, por sua vez, recuperou-se bem da derrota para Brian Ortega no UFC 214, a única de sua carreira, e voltou em grande estilo levando a melhor sobre Calvin Kattar no UFC 223. Com seu estilo pragmático, o brasileiro pode ir longe na principal organização do MMA.

Uma eventual derrota de Moicano será considerada zebra, e pagará R$ 3,85 por cada real apostado. O mais provável é que ele vença, proporcionando 26% de lucro ao apostador.

Polyana Viana x JJ Aldrich

Invicta desde 2014, a brasileira Polyana Viana estreou no UFC em fevereiro com uma vitória sobre Maia Kahaunaele-Stevenson, mas agora será testada contra uma adversária mais qualificada.

JJ Aldrich vem de dois triunfos sobre Chan-Mi Jeon e Danielle Taylor, e se conseguir emendar um terceiro resultado positivo dará um passo importante em direção ao Top 15.

Polyana Viana tem um grande favoritismo, que se justifica pelas características do combate. Ela é especialista na luta de chão, que é justamente o ponto fraco da norte-americana.

De acordo com o Oddshark.com, a vitória da brasileira está cotada em R$ 1,38/R$ 1,00, enquanto um triunfo de JJ Aldrich triplicará o valor da aposta.

Thiago Marreta x Kevin Holland

O peso-médio Thiago Marreta teve uma sequência de quatro triunfos consecutivos quebrada no UFC Fight Night New Jersey, em abril, quando foi nocauteado pelo norte-americano David Branch.

Em busca de recuperação, o número 13 do ranking encara o estreante no UFC Kevin Holland, que vem de uma vitória por decisão unânime sobre Will Santiago Jr. no Dana White’s Tuesday Night Contender Series, há pouco menos de dois meses.

O norte-americano tem um cartel de 12 vitórias e três derrotas, enquanto o brasileiro contabiliza 17 triunfos e seis reveses ao longo da carreira.

Se Marreta levar a melhor, cada real investido retornará R$ 1,26, mas no caso de Holland estrear com o pé direito, o apostador terá um excelente lucro de R$ 3,85/R$ 1,00.

UFC 227

CARD PRINCIPAL (23h, horário de Brasília):

Peso-galo: (R$ 1,83) TJ Dillashaw x Cody Garbrandt (R$ 1,90)

Peso-mosca: (R$ 1,20) Demetrious Johnson x Henry Cejudo (R$ 4,50)

Peso-pena: (R$ 3,85) Cub Swanson x Renato Moicano (R$ 1,26)

Peso-mosca: (R$ 1,38) Polyana Viana x JJ Aldrich (R$ 3,00)

Peso-médio: (R$ 1,26) Thiago Marreta x Kevin Holland (R$ 3,85)

CARD PRELIMINAR (19h15, horário de Brasília):

Peso-galo: (R$ 1,37) Pedro Munhoz x Brett Johns (R$ 3,05)

Peso-galo: (R$ 1,83) Ricky Simon x Montel Jackson (R$ 1,90)

Peso-pena: (R$ 1,90) Matt Sayles x Sheymon Moraes (R$ 1,83)

Peso-mosca: (R$ 1,69) Alex Perez x José Torres (R$ 2,15)

Peso-galo: (R$ 1,44) Ricardo Carcacinha x Kyung Ho Kang (R$ 2,75)

Peso-palha: (R$ 3,10) Danielle Taylor x Weili Zhang (R$ 1,37)

Peso-pena: (RS 1,20) Marlon Vera x Wuliji Buren (R$ 4,50)

Deixe seu comentário