Cris Cyborg recebe mais de R$38 mil por segundo em derrota no UFC 232

Mesmo derrotada por Amanda Nunes, aos 51 segundos de luta, Cris Cyborg recebeu US$ 500 mil de salário e levou a maior bolsa do UFC 232

Mesmo com derrota, Cyborg levou maior salário do UFC 232 (Foto: Reprodução/Facebook UFC)

O UFC 232, realizado no último sábado (29), não trará boas lembranças para Cris Cyborg. A brasileira, que perdeu o cinturão dos penas e uma invencibilidade de 13 anos para a compatriota Amanda Nunes, por outro lado, terá um pequeno alento. A paranaense deixou o show com o maior salário entre os atletas do card.

Veja Também

VÍDEO: Vinny Pezão sofre nocaute e perde final de US$ 1 milhão no PFL
Retrospectiva 2018: Relembre tudo que aconteceu no segundo semestre do ano
Retrospectiva 2018: Relembre tudo que aconteceu no primeiro semestre do ano

Cris recebeu US$ 500 mil pela atuação, cerca de R1,940 milhão, na cotação atual. Como ela foi nocauteada em menos de um minuto, a brasileira recebeu mais de R$38 mil por cada segundo no octógono. Já sua algoz, Amanda Nunes também não pode reclamar dos números. A baiana embolsou US$ 300 mil, aproximadamente R$1,164 milhão, pela atuação.

Além de Cyborg, os protagonistas da luta principal da noite, Jon Jones e Alexander Gustafsson também receberam US$500 mil pela atuação e igualaram a brasileira com o maior salário da atração.

Com uma bolsa bem mais modesta, Douglas D’Silva, o outro brasileiro no UFC 232, recebeu a quantia de US$ 21 mil. Ele foi derrotado pelo russo Petr Yan por nocaute técnico.

Confira abaixo a lista completa dos salários do UFC 232:

Card Principal

Jon Jones (US$500 mil sem bônus pela vitória) derrotou Alexander Gustafsson (US$500 mil)

Amanda Nunes (US$350 mil sem bônus pela vitória) derrotou Cris Cyborg (US$500 mil)

Michael Chiesa (US$48 mil + bônus pela vitória de US$48 mil = US$96 mil) derrotou Carlos Condit (US$115 mil)

Corey Anderson (US$65 mil + bônus pela vitória de US$65 mil = US$130 mil) derrotou Ilir Latifi (US$90 mil)

Alexander Volkanovski (US$65 mil + bônus pela vitória de US$60 mil = US$125 mil) derrotou Chad Mendes (US$87 mil)

Card Preliminar

Walt Harris (US$36 mil + bônus pela vitória de US$36 mil = US$72 mil) derrotou Andrei Arlovski (US$300 mil)

Megan Anderson (US$30 mil + bônus pela vitória de US$30 mil = US$60 mil) derrotou Cat Zingano (US$50 mil)

Petr Yan (US$26 mil + bônus pela vitória de US$26 mil = US$52 mil) derrotou Douglas D’Silva de Andrade (US$21 mil)

Ryan Hall (US$19 mil + bônus pela vitória de US$19 mil = US$38 mil) derrotou B.J. Penn (US$150 mil)

Nathaniel Wood (US$12 mil + bônus pela vitória de US$12 mil = US$24 mil) derrotou Andre Ewell (US$12 mil)

Uriah Hall (US$55 mil + bônus pela vitória de US$55 mil = US$110 mil) derrotou Bevon Lewis (US$12 mil)

Curtis Millender (US$18 mil + bônus pela vitória de US$18 mil = US$36 mil) derrotou Siyar Bahadurzada (US$33 mil)

Montel Jackson (US$6 mil* + bônus pela vitória de US$10 mil = US$16 mil*) derrotou Brian Kelleher (US$23 mil + bônus pela vitória de US$4 mil* = US$27 mil*)

*Lutador não bateu o peso e cedeu parte de sua bolsa para o rival

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário