Polyana Viana brilha e finaliza Emily Whitmire no card preliminar do UFC Las Vegas 8

Brasileira, que havia perdido três lutas consecutivas, se recupera e finaliza norte-americana com uma bela chave de braço

P. Viana finaliza E. Whitmire no UFC Las Vegas 8. Foto: Reprodução/Twitter @UFCEspanol

O card preliminar do UFC Las Vegas 8, realizado nesse sábado (29), nos EUA, foi composto por seis lutas e surpreendeu os fãs com quatro belas finalizações. E um dos destaques foi a vitória de Polyana Viana, que espantou a má fase e finalizou Emily Whitmire logo no primeiro round.

Veja Também

VÍDEO: Assista a finalização de Polyana Viana sobre Emily Whitmire no UFC Las Vegas 8
Aleksandar Rakic não se expõe e controla Anthony Smith no UFC Las Vegas 8
VÍDEO: Assista os melhores momentos de Aleksandar Rakic x Anthony Smith no UFC Las Vegas 8

A luta

Polyana Viana estava sob pressão. A brasileira, que havia perdido três lutas consecutivas, precisava vencer Emily Whitmire para permanecer no UFC e parecia que teria mais uma árdua missão no octógono. Apesar da luta ter sido rápida, a norte-americana começou melhor. Porém, ela escolheu levar o combate ao solo e pagou o preço por isso.

Emily conseguiu chegar a uma posição dominante, mas Polyana não se desesperou e mostrou técnica para reverter o quadro. Mesmo por baixo, a paraense acertou uma cotovelada, que incomodou a adversária e comprovou sua habilidade na área ao aplicar uma chave-de-braço logo na sequência para dar fim à luta logo no início do primeiro round.

O triunfo foi o segundo de Polyana em sua quinta aparição no UFC e encerrou a má fase, que durava três lutas. Já Whitmire sofreu o segundo revés consecutivo, ambos por finalização, igualou o número de derrotas com o de vitórias e se encontra em posição delicada no UFC.

Caceres supera adversidades fora da luta

A. Caceres finaliza A. Springer no UFC Las Vegas 8. Foto: Reprodução/Twitter @UFCEspanol

O carismático Alex Caceres viveu momentos de incerteza quanto a sua permanência no UFC Las Vegas 8. Originalmente, o norte-americano enfrentaria Giga Chikadze, porém este foi afastado no dia 26 de agosto por testar positivo para Covid-19 e, rapidamente, foi substituído por Kevin Croom. No entanto, no dia seguinte, o atleta também não pôde atuar e Austin Springer assumiu a responsabilidade de assumir o combate, faltando apenas dois dias para a realização.

Obviamente, sua estreia na organização não foi das melhores. Ao entrar no evento em cima da hora, Springer não bateu o peso e, simplesmente, não teve qualquer chance contra um adversário bem mais experiente no octógono. Apesar de ter um cartel irregular (17-12), ‘Bruce Leeroy’ está há nove anos no UFC e possui 23 lutas pela companhia. Ele foi melhor tanto em pé, quanto no chão e finalizou o duelo no primeiro round. Vale destacar que, mesmo em um ano conturbado devido a pandemia de coronavírus, Caceres venceu a segunda luta que disputou, a terceira consecutiva e vive seu melhor momento na carreira.

Brady confirma favoritismo

S. Brady finaliza C. Aguillera no UFC Las Vegas 8. Foto: Reprodução/Twitter @UFCEspanol

Sean Brady é um nome que os fãs de MMA devem ficar de olho. Aos 27 anos, a promessa não teve dificuldade para superar Christian Aguilera e deu continuidade à sua ascensão no peso meio-médio (77,6kg). Se no primeiro round o membro da Renzo Gracie Philly mostrou que a chave para a sua vitória seria o jiu-jitsu, no segundo assalto, sua maior desenvoltura no grappling foi decisiva. Brady aplicou uma guilhotina, que Aguillera só respondeu com os três tapinhas de desistência. A boa vitória foi a terceira do talento no UFC, que segue invicto no MMA e, aos poucos, vai saindo do anonimato e entrando no radar tanto dos fãs, quanto dos atletas.

Mallory sobrevive e surpreende

M. Martin finaliza H. Cifers no UFC Las Vegas 8. Foto: Reprodução/Twitter @UFCEspanol

O UFC Las Vegas 8 começou com tudo e apresentou uma virada incrível. Hannah Cifers, que vinha de três derrotas consecutivas, não bateu o peso da divisão dos moscas e sabia que precisava vencer para permanecer no UFC. E ela mostrou disposição. O primeiro round foi seu monólogo. Mallory Martin sofreu em pé com os golpes da adversária, chegou a cair e o castigo foi tanto, que o árbitro poderia ter interrompido o duelo algumas vezes.

No entanto, o MMA é um esporte que valoriza quem não desiste e Mallory foi premiada. Após sobreviver no primeiro assalto, a atleta voltou de forma diferente para o segundo e logo aplicou uma queda na adversária. Sabendo de sua superioridade na área, a finalização aconteceu em menos de dois minutos. A vitória foi a primeira de Mallory no UFC, que se recupera da derrota sofrida para Virna ‘Jandiroba’ em sua estreia. Por sua vez, Cifers perdeu a quarta luta seguida, sendo três por finalização e uma por nocaute, e, dificilmente, terá outra chance de provar seu valor.

Resultados do UFC Las Vegas 8

CARD PRINCIPAL

Peso meio-pesado: Aleksandar Rakic derrotou Anthony Smith na decisão unânime dos juízes (30-26, 30-27, 30-27)

Peso meio-médio: Neil Magny derrotou Robbie Lawler na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso mosca: Alexa Grasso derrotou Ji Yeon Kim na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso pena: Ricardo Lamas derrotou Bill Algeo na decisão unânime dos juízes (29-27, 29-27, 29-27)

CARD PRELIMINAR

Peso médio: Impa Kasanganay derrotou Maki Pitolo na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso médio: Zak Cummings derrotou Alessio di Chirico na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 30-27)

Peso pena: Alex Caceres derrotou Austin Springer por finalização a 3m38s do R1

Peso meio-médio: Sean Brady derrotou Christian Aguilera por finalização a 1m47s do R2

Peso palha: Polyana Viana derrotou Emily Whitmire por finalização a 1m53s do R1

Peso palha: Mallory Martin derrotou Hannah Cifers por finalização a do 1m33s do R2

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments