Glover Teixeira leva sustos mas finaliza Thiago Marreta no UFC Las Vegas 13 e pede chance por cinturão

Brasileiro sobrevive às mãos potentes do compatriota e supera rival com um mata-leão no terceiro round; o triunfo marcou o quinto resultado positivo em sequência do mineiro

G. Teixeira superou T. Marreta no UFC Las Vegas 13. Foto: Reprodução/Twitter @ufc

Com 41 anos recém-completados, Glover Teixeira mostrou que segue como um dos principais nomes da divisão dos meio-pesados (até 93kg.). No confronto contra o compatriota Thiago Marreta, no UFC Las Vegas 13, realizado neste sábado (7), nos Estados Unidos, o mineiro levou sustos, mas conseguiu se recuperar e, mostrando muita experiência, superou o adversário com uma finalização no terceiro round.

Veja Também

VÍDEO: Assista a finalização de Glover Teixeira sobre Thiago Marreta no UFC Las Vegas 13
IMAGEM FORTE: Lutador fica ‘sem orelha’ em sua estreia no UFC
Cláudia Gadelha perde para Yan Xiaonan por pontos e se afasta de disputa do cinturão no peso palha
Marcos Pezão é finalizado por Alexandr Romanov no card preliminar do UFC Las Vegas 13
Vídeo: Após apagar Pezão, lutador comemora derrubando treinadores

Conhecido pelo seu jiu-jitsu de excelência, Glover entrou com a estratégia clara de não aceitar a trocação contra um adversário conhecido pela agressividade na luta em pé. Nos três rounds de confronto, Teixeira apostou na luta agarrada e chegou perto de encerrar o duelo no segundo round. No terceiro, no entanto, após chegar perto de ser nocauteado, o mineiro sacramentou o duelo com um mata-leão, que obrigou Thiago a bater.

Na entrevista após o confronto, Glover pediu uma chance de disputar o cinturão da categoria. Quando a luta entre os brasileiros foi confirmada, Dana White tornou pública a notícia de que o vencedor lutaria pelo título. Nas últimas semanas, no entanto, o ‘chefão’ parece ter voltado atrás, sugerindo uma superluta entre Israel Adesanya e o atual campeão da divisão até 93kg., Jan Blachowicz.

“Dana White, eu sou um cara velho. Você vai me fazer esperar? Me dê uma disputa de cinturão”, disse Teixeira.

Com o triunfo, Glover voltou a confirmar a boa fase e chegou à marca de cinco resultados positivos em sequência. Recuperado de graves lesões nos joelhos, Marreta retornou ao octógono após um ano. O atleta da Cidade de Deus (RJ), no entanto, teve seu segundo revés consecutivo decretado.

A luta

O confronto começou com Marreta tomando a iniciativa com um chute frontal. Thiago seguiu agredindo o rival com uma sequência de cruzados, que abalaram o mineiro. Grogue, Teixeira imediatamente tentou colocar a luta para baixo. O atleta da Cidade de Deus tentou se defender, mas Glover explodiu e conseguiu a queda. De cima para baixo, o mineiro golpeava o adversário com socos e cotoveladas. Marreta tentava se defender, mas o mineiro insistia na posição. Os minutos passavam e Teixeira seguia com vantagem no duelo, freando as ações do adversário. Nos segundos finais, Glover seguiu por cima, mas sem muita contundência.

Na segunda etapa, voltou mais agressivo e apostando nos chutes no corpo do mineiro. Consciente, Glover voltou a derrubar Thiago e passou a buscar a finalização. Em desvantagem, Marreta seguia sendo presa fácil para o chão afiado do mineiro. Teixeira atacava com cotoveladas e socos potentes. Próximo ao minuto final, o mineiro seguia pontuando e dominando o compatriota, que apenas se defendia. O assalto acabou com Glover encaixando um mata-leão, mas Thiago acabou salvo pelo gongo.

Nos segundos iniciais do terceiro round, Marreta surpreendeu Glover com um soco certeiro no queixo, que levou o mineiro ao chão. Thiago imediatamente partiu para cima e tentou liquidar a fatura. Com o cenário totalmente diferente dos assaltos anteriores, Marreta seguia buscando o nocaute, mas Teixeira mostrou muita raça e conseguiu reverter a situação. Glover conseguiu chegar às costas e, novamente, encaixou o mata-leão. Desta vez, Thiago não resistiu e bateu em desistência.

Resultados do UFC Las Vegas 13

CARD PRINCIPAL

Peso meio-pesado: Glover Teixeira finalizou Thiago Marreta com um mata-leão a 1m49s do R3

Peso pesado: Andrei Arlovski derrotou Tanner Boser na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso galo: Raoni Barcelos derrotou Khalid Taha na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso pena: Giga Chikadze derrotou Jamey Simmons por nocaute técnico a 3m51s do R1

Peso palha: Yan Xiaonan derrotou Cláudia Gadelha na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

CARD PRELIMINAR

Peso médio: Trevin Giles derrotou Bevon Lewis por nocaute técnico a 1m26s do R3

Peso pesado: Alexandr Romanov finalizou Marcos Pezão com um estrangulamento a 4m48 do R1

Peso pena: Darren Elkins finalizou Luiz Eduardo Garagorri com um mata-leão a 2m22s do R3

Peso meio-médio: Max Griffin derrotou Ramiz Brahimaj por nocaute técnico a 2m03s do R3

Peso galo: Gustavo Lopez finalizou Anthony Birchak com um mata-leão a 2m43s do R1

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments