Com UFC Austin marcado por nocautes e finalizações, Ultimate ‘abre carteira’ e desembolsa R$2,8 milhões em bônus

Organização reconhece performances marcantes de atletas que brilharam no evento deste sábado; Gregory Robocop e Ricardo Carcacinha estão entre os felizardos

G. Robocop (esq.) e R. Carcainha (dir.) deram show no UFC Austin. Foto: Montagem SUPER LUTAS

Com o UFC Austin sendo marcado por nocautes e finalizações, a diretoria da empresa decidiu ‘abrir a carteira’ e premiar os protagonistas de desfechos contundentes no evento deste sábado (18). Em coletiva após o show, o presidente da companhia, Dana White, confirmou que a organização presenteará nove atletas com o sonhado bônus de US$50 mil (cerca de R$257 mil). Destaques brasileiros no espetáculo, Gregory Robocop e Ricardo Carcacinha estão entre os felizardos.

PUBLICIDADE:

Protagonista de um dos atropelos mais imponentes do evento, Gregory Robocop tem motivos de sobra para comemorar. Após uma vitória avassaladora sobre Julian Marquez, o combatente deixará Austin de bolso cheio.

Veja Também

Promessa brasileira nos penas (até 65,7kg.), Ricardo Carcacinha também teve seu show reconhecido pela diretoria do Ultimate. Depois de atropelar Danny Chavez no card preliminar, o tupiniquim também leva a ‘bolada’.

PUBLICIDADE:

Estrela na luta co-principal, Kevin Holland leva mais um bônus de performance para casa. O atleta fatura os US$50 mil após finalizar o veterano Tim Means e ampliar sua invencibilidade nos meio-médios (até 77kg.).

Famoso por seu nocaute histórico no Ultimate em 2020, Joaquin Buckley voltou a ‘causar’ no octógono. Com mais de R$270 mil na conta, o atleta faturou a ‘bolada’ depois do atropelo diante de Albert Duraev.

PUBLICIDADE:

Responsável por ‘vingar’ a população brasileira, massacrando Tony Kelley, que criticou publicamente a nação tupiniquim, Adrian Yanez leva para casa os US$50 mil. Para convencer a companhia, o lutador precisou de cerca de quatro minutos para ‘apagar’ o falastrão.

PUBLICIDADE:

Promessa dos meio-médios, Jeremiah Wells foi outro que deu show no octógono neste fim de semana. O atleta ganhou o bônus após nocautear duramente Court McGee.

Dono do desfecho mais rápido do evento, Cody Stamann não poderia ficar de fora. O lutador chamou a atenção da diretoria após aniquilar Eddie Wineland com 59 segundos de disputa.

Responsável por aplicar o primeiro nocaute na carreira de Deron Winn, Phil Hawes também tem motivos de sobra para comemorar. O lutador chegou a mais uma vitória na empresa com um atropelo perto do fim do segundo round.

Na luta que abriu o evento, mais um bônus. Atleta dos médios (até 83,9kg.), Roman Dolidze superou Kyle Daukaus com um massacre em pouco mais de um minuto.

Protagonistas do UFC Austin, Josh Emmett e Calvin Kattar também faturaram a bolada. Após confronto equilibrado, os combatentes levaram o prêmio de ‘Luta do Evento’.

Podcast #68: Adesanya, Poatan e Volkanovski: Tudo sobre o UFC 276