Cinco motivos para assistir o UFC 299, com estrelas brasileiras e disputa de cinturão

Protagonizado por Sean O’Malley e Marlon Vera, evento contra com destaques como Jailton Malhadinho e Gilbert Durinho

Jailton Malhadinho é destaque do UFC São Paulo. Foto: Reprodução/Twitter/@UFC

Jailton Malhadinho é destaque no peso pesado do UFC. Foto: Reprodução/Twitter/@UFC

Neste sábado (9), em Miami (EUA), o Ultimate promove um dos maiores eventos da temporada 2024. Com pompas, o UFC 299 apresenta aos fãs um card recheado de estrelas e que conta com disputa de cinturão nos galos (até 61,2kg.) entre Sean O’Malley e Marlon Vera na luta principal. Ao todo, seis brasileiros estão escalados para o show, com destaque para Jailton Malhadinho e Gilbert Durinho.

Campeão dos galos desde o fim de 2023, O’Malley busca sua primeira defesa de título na categoria. Pela frente, o norte-americano terá Marlon Vera, responsável por sua única derrota no MMA profissional, em 2020.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Como assistir o UFC 299. Foto: Reprodução/Twitter/@ufc
Jailton Malhadinho é destaque brasileiro nos pesos pesados do UFC. Foto: Reprodução/Twitter/UFCBrasil
Michel Pereira em vitória no UFC (Foto: Instagram/UFC)

Ex-campeão interino dos leves (até 70,3kg.), Dustin Poirier busca se recuperar da dura derrota sofrida contra Justin Gaethje na temporada passada. Para isso, o ‘Diamante’ precisa frear a ascensão do ‘faminto’ Benoit Saint-Denis, que busca tomar a posição do veterano no top 5 da categoria.

O card principal também marca a aguardada estreia de Michael Page no UFC. Antigo astro do Bellator, o inglês será recebido por Kevin Holland, e busca fazer valer o investimento da companhia.

PUBLICIDADE:

Destaque dos meio-médios (até 77,1kg.), Gilbert Durinho terá um desafio de peso. Antigo desafiante ao título da categoria, o niteroiense defende a quarta posição no ranking ao topar luta contra Jack Della Maddalena, 11º da divisão.

No confronto que encerra o card preliminar, Jailton Malhadinho, enfim, realiza o embate contra Curtis Blaydes, que aconteceria no Brasil, no fim de 2023. Invicto em seis apresentações no UFC, o baiano mede forças com o quarto colocado do peso pesado (até 120,2kg.), e, caso vença, além de assumir posto na elite, se aproxima de uma luta pelo cinturão.

Além de Malhadinho e Durinho, o Brasil conta com mais quatro representantes no evento. Rafael dos Anjos, Pedro Munhoz, Philipe Lins e Michel Pereira completam a lista e travam combates na primeira metade do evento.

Para entrar no clima do UFC 299, a equipe do SUPER LUTAS selecionou cinco motivos para se acompanhar o evento. Confira:

1) Sean O’Malley x Marlon Vera 2: o acerto de contas

S. O'Malley foi nocauteado por M. Vera no UFC 252. Foto: Reprodução/Instagram @sugasean

S. O’Malley foi nocauteado por M. Vera no UFC 252. Foto: Reprodução/Instagram @sugasean

Em 2020, quando construía uma trajetória impecável no MMA profissional acumulando 12 vitórias seguidas, O’Malley conheceu a derrota diante de Marlon Vera. Apesar da lesão evidente sofrida durante o confronto, o tropeço atrasou o sonho do norte-americano em fazer valer a aposta depositada pelo Ultimate.

Quase quatro anos depois, Sean e o equatoriano se encontro em contextos totalmente diferentes. De um lado, o pupilo do Ultimate subirá no octógono como campeão dos galos e, do outro, o antigo algoz tenta repetir o feito, mas, desta vez, com prêmios diferentes em jogo.

Se vencer, O’Malley igualará a disputa e abrirá discussão sobre uma possível revanche no futuro. Marlon, por sua vez, tem a oportunidade de ofuscar a fama de grande atleta do oponente.

2) ‘Passagem de bastão’ no peso leve

Dustin Poirier (esq.) em encarada com Benoit Saint-Denis (dir.). Foto: Reprodução/Instagram

Na luta co-principal, parte dos fãs pode estar curiosa para acompanhar o confronto entre Dustin Poirier e Benoit Saint-Denis. O desafio pode representar a recuperação de um ícone do peso leve (até 70,3kg.), ou a ‘passada de bastão’ de uma referência da categoria para uma promessa com potencial de disputar o título no futuro.

Famoso por enfrentar ícones do MMA, como Khabib Nurmagomedov, Charles do Bronx e Max Holloway, Poirier tenta, aos 35 anos, provar que segue em condições de competir entre os melhores de sua divisão. O norte-americano, no entanto, precisa vencer para se manter na terceira posição no ranking, além de buscar recuperação da dura derrota sofrida contra Justin Gaethje em 2023.

Com cinco vitórias consecutivas, sendo todas na via rápida, Saint-Denis não demorou muito para assumir posição de destaque no top 15 dos leves. O francês, porém, quer mais e, diante de Dustin, pode se aproximar da sonhada luta pelo título, se vencer no fim de semana.

3) ‘Clone’ de Anderson Silva estreia no UFC

Michael Page estreia no Ultimate no UFC 299. Foto: Reprodução/Instagram

Famoso por seu estilo diferenciado de se apresentar nos cages, Michael Page já foi comparado a uma cópia de Anderson Silva, lenda do MMA mundial. Por anos, o inglês foi tratado como uma joia a ser lapidada pelo Bellator, apesar de nunca ter conquistado um cinturão pela antiga companhia presidida por Scott Coker.

Depois de longa trajetória na concorrente, Page, enfim, realizou o sonho público e assinou contrato com o Ultimate. Neste sábado, o meio-médio (até 77,1kg.) comprovará, diante de milhões de espectadores, se o investimento valeu a pena.

Para enfrentar Michael, o UFC escalou um dos seus atletas mais folclóricos de sua história recente. Famoso por entregar confrontos empolgantes, Kevin Holland será o responsável por tentar ‘estragar a festa’ do rival.

4) Jailton Malhadinho ‘na cara do gol’

Jailton Malhadinho é destaque brasileiro nos pesos pesados do UFC. Foto: Reprodução/Twitter/UFCBrasil

Jailton Malhadinho é destaque brasileiro nos pesos pesados do UFC. Foto: Reprodução/Twitter/UFCBrasil

O UFC 299 marcará o maior desafio de Jailton Malhadinho como profissional no MMA, até o momento. Neste fim de semana, o baiano fará a aguardada luta contra Curtis Blaydes, que deveria ter acontecido no fim da temporada passada, no Brasil.

Invicto em seis lutas no Ultimate e tendo superado todos os adversários de forma incontestável, o peso pesado (até 120,2kg.) buscará repetir as performances anteriores contra o quinto colocado da divisão. Se vencer, o tupiniquim, além de defender os 100% de aproveitamento na empresa, ficará em ótima condição para desafiar Jon Jones, campeão linear lesionado, ou Tom Aspinall, detentor do título interino.

Do outro lado, Blaydes buscará diminuir o ‘hype’ sobre o brasileiro, consequência de atuações. Apesar de o embate ser tratado como um desafio entre wrestlers, o norte-americano garante que irá superar o baiano de pé.

5) Mais Brasil

G. Durinho é destaque nos meio-médios do UFC. Foto: Reprodução/Instagram

Um ‘exército’ brasileiro ‘invadiu’ Miami e tentará arrancar vitórias para o verde-amarelo. Além de Jailton Malhadinho, mais cinco atletas da elite do MMA sobem no octógono neste fim de semana.

Ex-desafiante ao cinturão dos meio-médios, Gilbert Durinho tem confronto de peso no card principal. Quarto colocado no ranking da categoria, o niteroiense topou se arriscar contra Jack Della Maddalena, que tenta dar salto significativo no grupo, enquanto o tupiniquim busca nova oportunidade de disputar o título.

Antigo campeão dos leves (até 70,3kg.), Rafael dos Anjos também compõe o card. Pela primeira vez, desde 2014, o combatente se apresenta no card preliminar. No UFC 299, o tupiniquim encara Mateusz Gamrot e, caso vença, retornará ao top 10 do grupo que liderou em 2015.

Destaque do peso galo (até 61,2kg.) por anos, Pedro Munhoz também luta na primeira metade do show. Superado por Marlon Vera em seu último desafio, o paulista, 13º no ranking, encara Kyler Phillips, que busca lugar no top 15 da divisão.

Campeão dos pesados (até 120,2kg.) na temporada 2018 da PFL, Philipe Lins tem tentado repetir o sucesso conquistado na concorrente anos atrás. Após início decepcionante no Ultimate, o brasileiro se encontrou na categoria dos meio-pesados, atingindo a marca de três vitórias seguidas. Neste sábado, o potiguar encara o veterano Ion Cutelaba e tenta se aproximar do grupo dos 15 primeiros.

O primeiro tupiniquim a subir no octógono será Michel Pereira. Em nova fase após confirmar a migração para o peso médio (até 83,9kg.), o ‘Paraense Voador’ quer somar a segunda vitória na nova categoria. No fim de semana, o combatente enfrenta Michal Oleksiejczuk e tenta ampliar a sequência positiva para sete triunfos.

Ficha técnica do UFC 299

Data: 09 de março de 2024

Horário: A partir de 20h (horário de Brasília)

Local: Kaseya Center, Miami, Flórida, Estados Unidos

Como assistir: SUPER LUTAS AO VIVO em tempo real, UFC Fight Pass (todo o card) pela internet.

CARD PRINCIPAL (00h, horário de Brasília)

Peso galo (até 61,2 kg): Sean O’Malley x Marlon Vera – luta pelo cinturão

Peso leve (até 70,3 kg): Dustin Poirier x Benoit Saint-Denis

Peso meio-médio (até 77,1 kg): Kevin Holland x Michael Page

Peso meio-médio (até 77,1 kg): Gilbert Durinho x Jack Della Maddalena

Peso galo (até 61,2 kg): Petr Yan x Song Yadong

CARD PRELIMINAR (20h00, horário de Brasília)

Peso pesado (até 120,2 kg): Curtis Blaydes x Jailton Malhadinho

Peso mosca (até 56,7 kg): Katlyn Cerminara x Maycee Barber

Peso leve (até 70,3 kg): Mateusz Gamrot x Rafael dos Anjos

Peso galo (até 61,2 kg): Pedro Munhoz x Kyler Phillips

Peso meio-pesado (até 93 kg): Ion Cutelaba x Philipe Lins

Peso médio (até 83,9 kg): Michel Pereira x Michal Oleksiejczuk

Peos pesado (até 120,2 kg): Robelis Despaigne x Josh Parisian

Peso mosca (até 56,7 kg): CJ Vergara x Asu Almabaev

Peso mosca (até 56,7 kg: Joanne Wood x Maryna Moroz

FOGO NO PARQUINHO! Lenda do UFC critica Poatan e questiona status de campeão: ‘Difícil apoiar’

Leia Mais sobre: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,


Resultados do UFC 300 Resultados do UFC Las Vegas 90 Resultados do UFC Atlantic City Resultados do UFC Las Vegas 89 Resultados do UFC Las Vegas 88