Cinco motivos para assistir o UFC 228 neste sábado

O evento deste sábado terá a disputa de cinturão dos meio-médios na luta principal entre Tyron Woodley x Darren Till; Jéssica Bate-Estaca representa o Brasil

T. Woodley (esq.) e D. Till (dir.) fazem a luta principal. Foto: Reprodução/Facebook UFC

Pela terceira vez a cidade de Dallas, no estado Texas (EUA), será palco do espetáculo do Ultimate. O UFC 228 acontece neste sábado a partir das 19h (horário de Brasília) com cinturão em jogo. Na luta principal do show, o campeão dos meio-médios (até 77,1kg), Tyron Woodly coloca o título em disputa contra o desafiante Darren Till. Após a saída da campeã Nicco Montano da disputa, o duelo entre a brasileira Jéssica ‘Bate-Estaca’ e polonesa Karolina Kowalkiewicz foi promovida como segunda luta mais importante da atração. A vitória deve garantir a paranaense o passaporte para um confronto contra a campeã peso palha Rose Namajunas.

 

Para você entrar no clima do UFC 228, preparamos cinco motivos para você assistir o evento.

Tyron Woodley, o campeão pragmático

Woodley não luta desde julho do ano passado. Foto Reprodução/Youtube UFC

Veja Também

UFC 228: saiba como faturar com o card preliminar
Jéssica Bate-Estaca x Karolina Kowalkiewicz será o evento co-principal do UFC 228

Para mantém seu reinado o campeão dos meio-médios, Tyron Woodley enfrentará Darren Till na luta principal do UFC 228. Em dois anos com o título, o norte-americano colocou o cinturão em disputa em três oportunidades contra Stephen Thompson (duas vezes) e Demian Maia.

Aos 36 anos, Woodley tem em sua carreira 22 combates sendo 18 vitórias, três derrotas e um empate. Nas últimas seis lutas, ele triunfou cinco momentos sobre Dong Hyun Kim, Kelvin Gastelum, Robbie Lawler, Stephen Thompson e Demian Maia.

Em sete lutas, o campeão conseguiu manter o combate até o final e venceu por pontos, sendo unânime ou dividida.

O jovem Darren Till

D. Till vem de quatro vitórias seguidas. Foto: Reprodução/Instagram darrentill2

Durante a semana da luta, Darren Till virou o foco dos jornalistas e fãs do MMA. Eles questionavam se o desafiante ao título dos meio-médios bateria o peso e confirmar o confronto. Após subir na balança, o inglês desabafou e faz gestos obscenos para a câmera.

Em duas oportunidades, Darren Till teve que fazer uma luta com peso casado, pois não conseguiu bater a meta na balança. A primeira vez foi contra Jessin Ayari no UFC Estocolmo em maio de 2017. A segunda ocorrência foi mais recente contra Stephen Thompson em maio deste ano no UFC Liverpool. Nos dois combates, ‘Gorilla’ saiu vencedor.

Aos 25 anos, Till tem um cartel de 18 lutas sendo 17 vitórias e um empate. Em seus últimos quatro confrontos, o inglês venceu Jessin Ayari, Bojan Veličković, Donald Cerrone e Stephen Thompson. O especialista em Muay Thai finalizou suas lutas em 10 oportunidades por nocaute. A sequência de triunfos fez com que o lutador subisse no ranking dos meio-médios e chegasse à segunda colocação.

Jessica ‘Bate-Estaca’, a representante brasileira

J. Andrade vem de duas vitórias seguidas. Foto: Reprodução/Facebook UFC

Única representante do Brasil no UFC 228, Jessica Andrade enfrentará Karolina Kowalkiewicz para ser a próxima desafiante ao título dos palhas feminino contra a campeã, Rose Namajunas. Atualmente, a curitibana ocupa a segunda colocação no ranking da divisão.

Bate-Estaca tem um cartel de 24 lutas com 18 triunfos e seis revezes. A brasileira disputou o cinturão da categoria contra a campeã, Joanna Jędrzejczyk no UFC 211 em maio de 2017, mas foi derrotada por decisão unânime dos juízes. Depois disso, a paranaense conquistou uma sequência de duas vitórias sobre Claudia Gadelha e Tecia Torres.

Karolina Kowalkiewicz em busca de uma revanche com a campeã

K. Kowalkiewicz lutará no co-evento do UFC 228. Foto: Reprodução/Facebook UFC

Karolina Kowalkiewicz encara Jéssica ‘Bate-Estaca’ em busca de uma vitória que convença o presidente do UFC que deve ser a próxima desafiante ao título dos palhas. A polonesa ocupa a quarta colocação no ranking da divisão.

A lutadora de 32 anos tem experiência para ser a próxima na fila pelo cinturão da categoria. Em novembro de 2016, a polonesa enfrentou a compatriota e foi derrotada por decisão unânime. Ela também venceu por pontos a atual campeã, Rose Namajunas em julho de 2016.

Karolina Kowalkiewicz tem 13 combates em sua carreira no MMA: 11 triunfos e dois revezes. A polonesa em suas duas últimas lutas venceu Jodie Esquibel e Felice Herrig por decisão dos juízes. Antes disso, a lutadora foi derrotada por Joanna Jędrzejczyk (pelo cinturão) e Claudia Gadelha.

A especialista em jiu-jítsu, Jessica dos seus 18 triunfos venceu sete por finalização com guilhotina, mata leão ou triângulo.

Vale ficar de olho

C. Byrd (esq.), C. White (cen.) e G. Neal (dir.) fazem sua terceira luta. Foto: Montagem SL MMA Press

Charles Byrd de 34 anos é um atleta experiente que chegou ao Ultimate após uma boa apresentação na primeira temporada do Contender Series. Uma vitória sobre Randall Wallace deu a ‘Kid Dynamite’ um contrato com o Ultimate. Ele estreou em março deste ano no UFC Londres e finalizou John Phillips com um mata-leão no primeiro round. Neste sábado o norte-americano enfrentará o inglês Darren Stewart.

Uma das promessas do MMA, Craig White tem um cartel de 24 combates com 14 vitórias e oito derrotas. Sua estreia foi derrotado por nocaute contra Neil Magny no UFC Liverpool maio deste ano. Sua segunda luta será contra Diego Sanchez pelos meio-médios.

Também descoberto no Contender Series, Geoff Neal venceu Chase Waldon por nocaute e conquistou um contrato com a organização. Sua estreia na franquia foi no UFC Austin em fevereiro deste ano. O norte-americano finalizou Brian Camozzi no primeiro round. Ele tem um cartel de 11 lutas com nove triunfos e dois revezes.

Ficha técnica do UFC 228

DATA E HORÁRIO: 08/09/2018, a partir das 19h (horário de Brasília)

LOCAL: American Airlines Center, Dallas, Estados Unidos

TRANSMISSÃO: Canal Combate

Card Principal

Peso meio-médio: Tyron Woodley x Darren Till

Peso palha: Jessica Bate-Estaca x Karolina Kowalkiewicz

Peso pena: Zabit Magomedsharipov x Brandon Davis

Peso galo: Jimmie Rivera x John Dodson

Peso meio-médio: Abdul Razak Alhassan x Niko Price

Card Preliminar

Peso palha: Carla Esparza x Tatiana Suárez

Peso galo: Aljamain Sterling x Cody Stamann

Peso meio-médio: Geoff Neal x Frank Camacho

Peso médio: Charles Byrd x Darren Stewart

Peso meio-médio: Diego Sanchez x Craig White

Peso leve: Jim Miller x Alex White

Peso galo: Irene Aldana x Lucie Pudilova

Peso mosca: Jarred Brooks x Roberto Sanchez

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments