Thales Leites se aposenta com vitória de virada no UFC São Paulo

Após sete anos no Ultimate, o atleta da Nova União encerra sua carreira com uma vitória em solo brasileiro; Elizeu Capoeira e Livinha Souza também vencem

Thales (foto) vence luta de despedida

Thales Leites se aposentou do MMA em grande estilo. Em sua última luta da carreira, o brasileiro sofreu no primeiro assalto, mas mostrou muita valentia para se recuperar e derrotar o cubano Hector Lombard na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28). O combate foi atração do card preliminar do UFC São Paulo, realizado neste sábado (22), no Ginásio do Ibirapuera

Veja Também

UFC São Paulo: Thiago Marreta x Eryk Anders – Resultados

Em entrevista dentro do octógono, Thales, que fez 21 lutas em sete anos na franquia, agradeceu aos fãs por  presentes no Ginásio do Ibirapuera.

“Pessoal, obrigado por terem vindo. Eu queria dizer que, quando entro aqui, venho deixar meu coração. Já passei coisas piores dentro e fora do octógono, não é um chute na perna que vai me fazer parar. Treino na Nova União desde que comecei. Meu mestre Dedé sempre falou para eu acreditar na minha mão. Estou com o Pedrão (Rizzo) e o Marmota aqui. Não tinha como dar errado. É um sentimento indescritível, quero agradecer a todos, aos meus amigos que vieram de Niterói me assistir. Ouvi muitas críticas, temos altos e baixos na carreira. Sei as pessoas que estão do meu lado. Camile, eu te amo, nosso bebê que está vindo para nos unificar cada vez mais. Valentina, sempre vai ser tudo por você, eu te amo”, agradeceu Thales.

A luta

O primeiro round começou Thales tomando a iniciativa na média distância. Mas Lombard colocou sua estratégia em prática e abusou dos chutes na perna de Thales. Os golpes do cubano deixaram articulação do brasileiro bastante inchada e dificultaram a movimentação.

No segundo round, mesmo com a movimentação dificultada, Thales mostrou muita valentia. Ele encurtou a distância para não receber mais chutes no joelho, conectou bons socos e até derrubou o rival, que rapidamente se levantou. O brasileiro ainda acertou outro bom soco no cubano, que já não tinha a mesma potência nos chutes.

Com a luta equilibrada, o terceiro round seria o responsável por definir o vencedor. Mais inteiro, Thales continuou impondo seu ritmo, acertou joelhadas na linha de cintura, O cubano tentou travar a disputa no clinch, mas ainda recebeu duros golpes até o final da peleja.

Com um nocaute, Capoeira vence Vendramini

Elizeu Capoeira subiu no octógono como um dos maiores favoritos da noite. Mas Luigui Vendramini trouxe muitas dificuldades ao paranaense. Porém, após sofrer um susto no primeiro round, o veterano conseguiu encerrar a peleja com um belo nocaute.

No início da luta, Capoeira começou atacando com um chute alto. Vendramini tentou bloquear, mas acabou derrubado. Elizeu pega o adversário na gravata peruana, mas Luigi conseguiu escapar da finalização. Na sequência, o brasiliense, que foi chamado de última hora, se recuperou de forma sensacional. Ele conseguiu chegar as costas de Capoeira e quase finalizou.

No segundo assalto, já atento no jogo de chão de Luigui, Capoeira manteve a disputa em pé. Na disputa na troca de golpes, Vendramini tentou chute no joelho, mas foi ele que sentiu o pé. Sem perder a oportunidade, Elizeu foi pra cima, encaixou uma joelhada voadora  no rosto do oponente. O lutador da Constrictor Team desaba apagado. O

“Galera, não gosto de chamar ninguém para a porrada. Mas… Robbie Lawler, vamos lutar, vamos sair na porrada. A galera quer isso”, falou Capoeira ainda no octógono.

Em estreia, Livinha passa o carro em Chambers

Livinha vence na estreia no UFC. Foto: Reprodução / Twitter ufc

Lívia Renata Souza deu show em sua estreia no UFC. A brasileira finalizou com uma guilhotina Alex Chambers a 1m21s do primeiro round. ‘Livinha’ soma três triunfos seguidos em sua carreira. Enquanto isso, sua oponente tem quatro lutas na organização e em tem uma trinca de derrotas.

“Tenho os melhores treinadores, a melhor equipe, tá ligado, tio? O bagulho é louco. Primeiro procurei fazer ela se perder em cima, no chão sabia para onde ir. Tentei montar, o pescoço dela sobrou e fiz o ajuste. Treino muito essa posição”, disse Livinha ainda no octógono.

Mesmo sendo sua estreia na organização, Livinha mostrou seu ‘cartão de visita’ para a rival mais experiente. A brasileira nos primeiros segundos acertou um direto de direta que acertou em cheio e fez sua oponente balançar. Com isso, ‘A gangster brasileira’ foi pra cima e derrubou Chambers com um single leg. A estreante conseguiu no chão laçar o pescoço de Alex. Assim, a paulista encaixou uma guilhotina e obrigou a adversária a dar os três tapinhas.

Resultados UFC São Paulo

DATA E HORÁRIO: 22/09/2018, a partir das 19h45 (horário de Brasília)

LOCAL: Ginásio do Ibirapuera, São Paulo, Brasil

TRANSMISSÃO: Canal Combate

Card Principal (23h30, de Brasília)

Peso meio-pesado: Thiago Marreta x Eryk Anders

Peso meio-médio: Alex Cowboy x Carlo Pedersoli

Peso meio-pesado: Rogério Minotouro x Sam Alvey

Peso galo: Renan Barão x Andre Ewell

Peso palha: Randa Markos x Marina Rodriguez

Card Preliminar (19h45, de Brasília):

Peso leve: Charles do Bronx x Christos Giagos

Peso leve: Francisco Massaranduba x Evan Dunham

Peso meio-pesado: Luis Henrique KLB x Ryan Spann

Peso pesado: Augusto Sakai x Chase Sherman

Peso meio-médio: Serginho Moraes finalizou Ben Saunders com um katagatame a 4m42s do R2

Peso mosca: Mayra Sheetara finaliza Gillian Robertson com uma chave de braço a 4m55s do R1

Peso médio: Thales Leites venceu Hector Lombard na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso meio-médio: Elizeu Capoeira nocauteou Luigi Vendramini a 1m20s do R2

Peso palha: Lívia Renata Souza finalizou Alex Chambers com uma guilhotina a 1m21s do R1

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments