Voltando as origens, Serginho Moraes finaliza Ben Saunders no UFC São Paulo

Com uma belo katagatame, Serginho volta a finalizar no UFC; Mayra Sheetara e Augusto Sakai também vencem

S. Moraes não finalizava um rival desde 2013. Foto: Reprodução/Instagram UFC

Serginho Moraes prometeu e cumpriu! O faixa-preta de jiu-jitsu, tricampeão mundial, voltou as suas origens na arte suave. O lutador paulista mostrou toda sua habilidade no solo e finalizou Ben Saunders com um katagatame a 4m42s do segundo assalto. O duelo foi atração no card preliminar do UFC São Paulo, realizado neste sábado (22), no Ginásio do Ibirapuera.

Veja Também

Thales Leites se aposenta com vitória de virada no UFC São Paulo
UFC São Paulo: Thiago Marreta x Eryk Anders – Resultados

“Obrigado a todos que estão presentes. Falei que meu jiu-jítsu é o melhor dessa categoria, queria finalizar ele para mostrar que meu jiu-jítsu está de volta. Vamos, São Paulo!”, afirmou Serginho.

A luta

Disposto a colocar seu jiu-jitsu em prática, Serginho não quis perder tempo. Ele derrubou rapidamente o rival e trabalhou por cima. Com muita técnica, Moraes avançou nas posições sem dar espaço para o rival. O lutador paulista ainda tentou finalizar com uma chave de braço nos segundos finais, mas Saunders mostrou boa defesa e foi salvo pelo gongo.

No segundo assalto, o norte-americano tentou evitar o jogo de solo, trabalhando na média distância, mas quando ele disparou o primeiro chute, Serginho segurou a perna e conseguiu a queda. No solo, o brasileiro mostrou todo seu valor, encaixou um justo katagatame e forçou o norte-americano a desistir da disputa.

Em estreia, Sheetara finaliza Robertson no primeiro round

Estreante no UFC, Mayra Sheetara debutou no octógono em grande estilo. Ela finalizou Gillian Robertson com uma chave de braço a 4m55s do primeiro round. Com o triunfo, a brasileira se mantém invicta em seis lutas no MMA profissional.

O combate feminino começou quente com os gritos da torcida  de “Uh! Vai morrer!”. A canadense tentou pegar as pernas de Sheetara, mas a brasileira se manteve em pé. Na sequência, a mineira acertou bom chute alto, mas sua oponente conseguiu quedá-la. Robertson trabalhou na meia-guarda, colocou o joelho na barriga e martelaou o rosto de Mayra. Porém, a brasileira se aproveitou de um pequeno espaço para se levantar. Logo em seguida, Bueno coloca um chute rodado na linha de cintura da adversária que sente a pressão.

Mesmo assim, Robertson derruba Sheetara. Com ajuda da grade a brasileira cai por cima da rival. Mayra consegue esticar o braço de Gillian nos segundos finais da parcial.

Com nocaute no fim, Augusto Sakai venceu Chase Sherman

Revelação do programa Contender Series Brasil, Augusto Sakai mostrou ao que veio em sua primeira luta no UFC. O peso pesado brasileiro nocauteou Chase Sherman a 4m03s do terceiro round.

O primeiro round do confronto de pesos pesados começou com o ataque do norte-americano. Sherman acertou chute na linha de cintura de Sakai, que devolveu na mesma moeda. O brasileiro conseguiu uma sequência de golpes próximos ao rosto, mas não tocou Chase que sorriu. Com isso, os lutadores encurtaram a distância e trocaram golpes contundentes. O curitibano tentou se aproximar, mas levou uma cotovelada do rival. Em resposta, o atleta descoberto no Contender Series tentou uma joelhada voadora, mas passou no vazio. Contudo, seu oponente conseguiu aplicar outra cotovelada. Assim, terminou o primeiro assalto.

O norte-americano iniciou o segundo assalto atacando. Ele acertou uma dedada no olho direito de Sakai, e duelo foi interrompido para o brasileiro se recuperar. Com a volta do combate, Chase conseguiu uma boa combinação de golpes no adversário que devolveu com a mão direita. O curitibano ficou acuado e seu rival aplicou novamente uma cotovelada. Augusto aplicou uma poderosa combinação de upper e um direto no rosto do norte-americano que se complicou na movimentação. Demonstrando cansaço, ‘Vanilla Gorilla’ chuta alto, mas demora anos para terminar o movimento. Mais um round chega ao fim.

Notando o cansaço do rival, Sakai alterna cruzados com ganchos, aperta o ritmo em cima do rival. A torcida brasileira se empolga e fala o grito de guerra: “Uh! Vai morrer!”. Augusto ameaçou encaixar uma guilhotina em pé, mas logo após aplica joelhadas no rosto e no corpo do norte-americano. O brasileiro coloca o rival no chão e desfere muitos golpes. Na sequência, o curitibano prende o braço e desce uma saraivada de golpes que nocauteia o adversário.

 

Resultados UFC São Paulo

Card Principal

Peso meio-pesado: Thiago Marreta derrotou Eryk Anders por nocaute técnico a 5m do R3

Peso meio-médio: Alex Cowboy derrotou Carlo Pedersoli por nocaute a 39s do R1

Peso meio-pesado: Rogério Minotouro derrotou Sam Alvey por nocaute a 1m do R2

Peso galo: Andre Ewell derrotou Renan Barão na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Peso palha: Randa MarkosMarina Rodriguez empataram (29-28, 28-28, 28-28)

Card Preliminar

Peso leve: Charles do Bronx finalizou Christos Giagos com um mata-leão a 3m22s do R2

Peso leve: Francisco Massaranduba derrotou Evan Dunham por nocaute técnico a 4m10s do R2

Peso meio-pesado: Ryan Spann derrotou Luis Henrique KLB na decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28, 30-27)

Peso pesado: Augusto Sakai derrotou Chase Sherman por nocaute técnico a 4m03s do R3

Peso meio-médio: Serginho Moraes finalizou Ben Saunders com um katagatame a 4m42s do R2

Peso mosca: Mayra Sheetara finalizou Gillian Robertson com uma chave de braço a 4m55s do R1

Peso médio: Thales Leites derrotou Hector Lombard na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso meio-médio: Elizeu Capoeira derrotou Luigi Vendramini por nocaute a 1m20s do R2

Peso palha: Lívia Renata Souza finalizou Alex Chambers com uma guilhotina a 1m21s do R1

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments