UFC Praga: Marreta vence Blachowicz e pede chance por cinturão contra Jon Jones: ‘Eu vou chocar o mundo’

Brasileiro travou uma luta estudada nos primeiros rounds, mas encerrou a peleja com um nocaute espetacular no início do terceiro assalto

Marreta pede a chance pelo cinturão. Foto: Reprodução / Facebook @ufc

Thiago Marreta prometeu e cumpriu. O brasileiro, que durante a semana anunciou que iria vencer Jan Blachowicz e pedir a chance pelo cinturão, fez exatamente o que havia dito. Ele nocauteou o polonês de forma sensacional no terceiro round e desafiou o vencedor de Jon Jones x Anthony Smith que se enfrentam no próximo final de semana pelo título dos meio-pesados. O combate foi a atração principal do UFC Praga, evento realizado neste sábado (23), na Republica Theca.

Veja Também

VÍDEO: Assista o nocaute de Thiago Marreta sobre Jan Blachowicz no UFC Praga
UFC Praga: Carlos Diego vence, mas Michel Trator é derrotado no card preliminar
UFC Praga: Klidson Abreu quebra o nariz no início da luta e perde para Magomed Ankalaev

Com o triunfo, Marreta emplacou a quarta vitória consecutiva, a terceira entre os meio-pesados, e tornou-se o segundo maior nocauteador da história da franquia – ao lado de Anderson Silva e Anthony Johnson.

Ainda no octógono, Marreta anunciou: ‘O público é que vai dizer se mereço a chance pelo cinturão. Eu vou para Las Vegas assistir a luta na semana que vem. Se o Anthony Smith vencer, eu vou ganhar dele mais uma vez. Se o Jon Jones ganhar, eu vou chocar o mundo’, cravou o brasileiro, que dedicou a vitória às vítimas de Brumadinho, às famílias dos 10 meninos da base do Flamengo que morreram no incêndio do CT e às vítimas das chuvas no Rio.

A luta

Com dois lutadores conhecidos pelo poder de nocaute, Thiago Marreta e Jan Blachowicz começaram o duelo de forma cautelosa. Eles estudavam a distância para não se expor a contragolpes. Os chutes eram a principal forma de ataque de ambos, mas sem grande contundência. No primeiro round, o melhor momento foi do brasileiro, que conseguiu encurtar a distância no contragolpe e cruzou uma esquerda da cabeça do polonês.

No segundo assalto, a disputa seguia estudada. Dessa vez, porém, Blachowicz colocou mais volume na luta. Ele usou chutes nas pernas, na linha de cintura e até na cabeça. Apesar dos golpes não acertarem Marreta, o polonês somou pontos importantes para equilibrar o duelo.

Com a disputa tão equilibrada, tentou imprimir um ritmo de pressão logo nos primeiros segundos do terceiro round. Ele caminhou pra frente disparando socos, mas foi pego em um contra-ataque espetacular. Marreta recuou na investida do rival, mas cruzou a direita, seguida da esquerda para levar o adversário a lona. Ele ainda fez jus ao apelido e, literalmente, marretou vários golpes na cabeça de Blachowicz até o árbitro encerrar a peleja aos 39 segundos da parcial.

Resultados do UFC Praga

Card Principal

Peso meio-pesado: Thiago Marreta derrotou Jan Blachowicz por nocaute técnico a 39s do R3

Peso pesado: Stefan Struve finalizou Marcos Pezão com um katagatame a 2m21s do R2

Peso meio-pesado: Michal Oleksiejczuk derrotou Gian Villante por nocaute a 1m34s do R1

Peso mosca: Liz Carmouche derrotou Lucie Pudilo na decisão unânime dos juízes (29-28, 30-27, 29-28)

Peso galo: Petr Yan derrotou John Dodson na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso meio-pesado: Magomed Ankalaev derrotou Klidson Abreu na decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28, 30-27)

Card Preliminar

Peso meio-médio: Dwight Grant derrotou Carlo Pedersoli por nocaute técnico a 4m59s do R1

Peso pena: Chris Fishgold finalizou Daniel Teymur com um mata-leão a 1m10s do R2

Peso mosca: Gillian Robertson finalizou Veronica Macedo com um mata-leão a 3m27s do R2

Peso leve: Damir Hadzovic derrotou Marco Polo Reyes por nocaute técnico a 2m03s do R2

Peso meio-médio: Ismail Naurdiev derrotou Michel Trator na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-26, 30-27)

Peso leve: Carlos Diego Ferreira derrotou Rustam Khabilov na decisão unanime dos juízes (30-27, 29-28, 30-27)

Peso leve: Damir Ismagulov derrotou Joel Alvarez na decisão unânime dos juízes

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário