Gilbert Durinho dá aula de Jiu-jitsu e garante vitória brasileira no UFC Fort Lauderdale

Lutador enfrenta resistente Mike Davis, mas consegue imprimir sua estratégia e conquistar sua segunda vitória consecutiva na organização; compatriota Dhiego lima também saiu vitorioso em luta que abriu evento na Flórida

G. Durinho (foto) vence em sua luta no UFC Fort Lauderdale. Foto: Reprodução Twitter gilbertdurinho)

Gilbert Durinho conquistou sua segunda vitória consecutiva ao vencer Mike Davis no card preliminar do UFC Fort Lauderdale, neste sábado (27). Com o trunfo, Durinho busca entrar oficialmente no ranking dos leves (até 70,3kg) e buscar novas conquistas na categoria. Além de Gilbert, o brasileiro Dhiego Lima também garantiu vitória na primeira luta do evento.

Veja Também

UFC Fort Lauderdale: Ronaldo Jacaré x Jack Hermansson – Resultados
Ronaldo Jacaré é favorito para a luta principal do UFC Fort Lauderdale

Com a vitória, Durinho, de 32 anos, conquistou sua oitava vitória em 11 duelos dentro da organização. Antes do embate, o brasileiro afirmou que sua estratégia seria enfrentar o oponente usando o Jiu-jitsu, respeitando o bom boxe de seu adversário.

A luta

Gilbert Durinho começou o embate desferindo dois bons chutes na linha de cintura de Davis, que respondeu rapidamente com um direto e um cruzado, que rasparam o rosto do brasileiro. Durinho, então, buscou as pernas do norte-americano, conseguindo a queda e imediatamente começou a trabalhar nas costas do oponente tentando a finalização. Mike, no entanto, conseguiu se levantar e os atletas voltaram a lutar no centro do octógono. A dois minutos para o fim do round, Davis atingiu o brasileiro com um direto, balançando o lutador. A luta, então, seguiu bastante equilibrada, com os dois atletas buscando o confronto o tempo todo. No fim da etapa, Gilbert esquivou um golpe de Mike e logo conseguiu uma nova queda. Porém, não havia mais tempo.

Os lutadores voltaram para o segundo assalto com muita vontade. O brasileiro, logo no início, conseguiu uma queda no norte-americano, chegou às costas, e começou a trabalhar buscando a finalização. Enquanto não conseguia encaixar uma posição, Durinho golpeava a cabeça do adversário tentando achar uma brecha para finalizar. Mike Davis se mostrou bastante resistente às investidas do brasileiro, mas, quase no fim do segundo round, o brasileiro conseguiu finalmente finalizar a luta e vencer o duelo.

Dhiego Lima vence Court McGee por pontos e conquista segunda vitória seguida no UFC

O peso médio (até 83,9kg.) Dhiego Lima abriu o card do UFC Lauderdale com vitória sobre o norte-americano Court McGee. Ao final de três assaltos,  Dhiego foi anunciado vencedor por decisão dividida dos juízes.

O duelo começou com os atletas se estudando e movimentando no centro do octógono. McGee tomou a iniciativa no combate tentando atingir o brasileiro com um direto de direita, que foi respondido por Dhiego imediatamente com um cruzado que acertou em cheio o norte-americano. Os atletas trocaram alguns chutes e socos, e McGee buscava prender Dhiego nas grades, o que é uma estratégia recorrente de Court. O brasileiro, no entanto, consegiu se manter longe das grades e tentava contra-atacar os golpes do oponente durante o round. No fim do round, Dhiego lima tentou buscar as pernas de Court para levar a luta para o chão. O norte-americano, no entanto, defendeu bem, e tentou reverter a situação conseguindo uma queda no brasileiro.

No segundo round, os lutadores voltaram buscando a trocação franca. O brasileiro, que insistia nos diretos e cruzados, por diversas vezes chegou próximo de atingir o adversário e conseguir um nocaute. Aos poucos, Dhiego começou a ganhar confiança e atacar com mais eficiência. O adversário, porém, se mostrava perigoso nos contra-ataques, obrigando Dhiego a manter a atenção. No fim da etapa, o norte-americano buscava encurtar a distância para tentar a queda no brasileiro, que conseguia se afastar e contra-atacar. Nos segundos finais, Dhiego tentou novamente as pernas do oponente para tentar levar a luta para o chão, mas, novamente, sem sucesso.

Dhiego Lima entrou para o último round com a responsabilidade de manter o bom desempenho dos anteriores. Durante toda a luta, a mão esquerda do brasileiro se mostrou muito eficiente ao atingir o oponente, o que favoreceu Lima em sua pontuação. Court, novamente, tentava encurtar a distância buscando uma eventual queda. Mas o brasileiro ainda se matinha atento aos planos do norte-americano. Quando o cronômetro inteirou os dois minutos finais, Dhiego soltou outra bomba de esquerda que explodiu no rosto de McGee e arrancou gritos do público. No minuto final, Court tentou novamente derrubar o brasileiro, que se defendeu bem e conseguiu se afastar do adversário. Restando poucos segundos para o fim da luta, Dhiego aceitou uma trocação franca com o norte-americano e acabou caindo após receber um direto no queixo. Porém, não havia tempo para mais nada.

Resultados do UFC Fort Lauderdale

CARD PRINCIPAL

Peso médio: Jack Hermansson derrotou Ronaldo Jacaré na decisão unânime dos juízes (48-47, 49-46, 48-47)

Peso pesado: Greg Hardy derrotou Dmitry Smoliakov por nocaute técnico a 2m15s do R1

Peso meio-médio: Mike Perry derrotou Alex Cowboy na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso meio-pesado: Glover Teixeira finalizou Ion Cutelaba com um mata-leão a 3m37s do R2

Peso galo: Cory Sandhagen derrotou John Lineker na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 28-29)

Peso leve: Roosevelt Roberts derrotou Thomas Gifford na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

CARD PRELIMINAR 

Peso meio-médio: Takashi Sato derrotou Ben Saunders por nocaute técnico a 1m18s do R2

Peso pesado: Augusto Sakai derrotou Andrei Arlovski na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Peso palha: Carla Esparza derrotou Virna Jandiroba na decisão unânime dos juízes (29-28, 30-27, 29-28)

Peso leve: Gilbert Durinho finalizou Mike Davis com um mata-leão a 4m15 do R2

Peso leve: Jim Miller finalizou Jason Gonzalez com um mata-leão a 2m12 do R1

Peso palha: Angela Hill derrotou Jodie Esquibel na decisão unânime dos juízes (29-28, 30-27, 30-27)

Peso meio-médio: Dhiego Lima derrotou Court McGee na decisão dividida dos juízes (30-27,28-29, 29-28)

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário