Kevin Lee falha no corte de peso para luta contra Charles do Bronx, mas luta é mantida no UFC Brasília | SUPER LUTAS

Kevin Lee falha no corte de peso para luta contra Charles do Bronx, mas luta é mantida no UFC Brasília

Norte-americano estoura limite dos leves em mais de 1kg., mas é confirmado como oponente do brasileiro para este sábado; restante dos atletas cumprem obrigações

K. Lee falha no corte de peso para o UFC Brasília. Foto: Reprodução/Instagram @motownphenom

Acatando medidas preventivas após decreto divulgado pelo governo do Distrito Federal, a pesagem do UFC Brasília, que aconteceu na manhã desta sexta-feira (13), transcorreu de maneira atípica. Sem a presença da imprensa, os atletas passaram pelas aferições e fizeram as tradicionais encaradas antes do espetáculo deste sábado (14). O destaque ficou para Kevin Lee, um dos protagonistas da noite, que falhou ao tentar chegar no limite dos leves (até 70,3kg.), estourando em 1,1kg. A luta contra Charles do Bronx, no entanto, foi mantida.

Veja Também

Buscando uma vitória para encostar no pelotão de frente da categoria liderada por Khabib Nurmagomedov, Charles do Bronx acabou levando um susto em sua aferição. O atleta chegou para pesar usando os shorts da organização, mas acabou não conferindo o peso necessário. No entanto, o paulista, ao tirar toda a roupa, cravou o limite e confirmou presença no card.

Lee foi o último atleta a chegar à balança. O norte-americano ultrapassou o horário estipulado para o término das contabilizações e, mesmo assim, não cumpriu o compromisso. Visivelmente abatido, Kevin teria mais 1h para prosseguir na desidratação, mas sua equipe preferiu interromper o corte de peso. Com a falha, o norte-americano vai repassar 20% de sua bolsa para o brasileiro.

Para as demais lutas, não houve mais surpresas. Representantes do embate co-principal do espetáculo, Gilbert Durinho e Demian Maia passaram sem dificuldades pelo último desafio antes da batalha de sábado. Os meio-médios (até 77kg.) cravaram 77,3kg., fazendo uso da libra (0,454g) de tolerância.

Outra luta aguardada é o retorno de Johnny Walker ao octógono após o duro revés sofrido para Corey Anderson no UFC 244, em novembro. O brasileiro, que encara Nikita Krylov no card principal, bateu o mesmo peso do rival. Ambos confirmaram 93,4kg.

Os outros 18 lutadores chegaram aos limites e garantiram suas apresentações no UFC Brasília.

Confira os pesos do UFC Brasília

CARD PRINCIPAL 

Peso- eve: Kevin Lee (71,9kg.) * x Charles do Bronx (70,8 kg.)

Peso meio-médio: Demian Maia (77,3 kg.) x Gilbert Durinho (77,3 kg.)

Peso leve: Renato Moicano (70,5 kg.) x Damir Hadzovic (70,3 kg.)

Peso meio-pesado: Johnny Walker (93,4 kg.) x Nikita Krylov (93,4 kg.)

Peso leve: Francisco Massaranduba (70,8 kg.) x John Makdessi (70,3 kg.)

CARD PRELIMINAR 

Peso mosca: Jussier Formiga (57,1 kg.) x Brandon Moreno (57,2 kg.)

Peso palha: Amanda Ribas (52,4 kg.) x Randa Markos (52,6 kg.)

Peso meio-médio: Elizeu Capoeira (77,6 kg.) x Alexei Kunchenko (77,1 kg.)

Peso galo: Rani Yahya (61,7 kg.) x Enrique Barzola (61,6 kg.)

Peso mosca: Mayra Sheetara (57,2 kg.)x Maryna Moroz (57,2 kg.)

Peso mosca: Bruno Bulldoguinho (56,9 kg.) x David Dvorak (57,2 kg.)

Peso galo: Veronica Macedo (61,5 kg.) x Bea Malecki (61,7 kg.)

*Estourou o limite da divisão em 1,1kg.

**Em lutas não válidas pelo cinturão, os atletas têm um limite de uma libra (0,454g) de tolerância sobre o peso oficial de suas respectivas categorias.

 

 

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments