Ciryl Gane anula Jairzinho Rozenstruik e vence por pontos no UFC Las Vegas 20 | SUPER LUTAS

Ciryl Gane anula Jairzinho Rozenstruik e vence por pontos no UFC Las Vegas 20

Promessa do peso pesado faz luta inteligente e controla agressividade do surinamês na luta principal, deste sábado

C. Gane (esq.) derrotou J. Rozenstruik (dir.) no UFC Las Vegas 20. Foto: Reprodução/Twitter @ufc

Promessa do Ultimate no peso pesado (até 120,2kg.), Ciryl Gane provou que é um nome para ser observado pela organização. Na luta principal do UFC Las Vegas 20, realizado neste sábado (27), nos Estados Unidos, o francês não teve problemas contra o perigoso Jairzinho Rozenstruik e passou com facilidade pelo surinamês. Depois de anular o rival por cinco rounds, o combatente foi declarado vencedor na decisão unânime dos juízes.

Veja Também

Com o resultado positivo, Gane chega oficialmente ao top 5 da categoria liderada por Stipe Miocic. Além de bater um dos nomes mais temidos do grupo, o francês amplia sua invencibilidade no MMA. Agora, o atleta soma oito triunfos consecutivos.

Rozenstruik subiu no octógono para defender a quarta posição no ranking e se aproximar de uma futura disputa de cinturão. O surinamês, no entanto, não conseguiu impor sua força física e foi presa fácil para a movimentação do adversário. Com o revés, Jairzinho sofreu a segunda derrota da carreira.

A luta

O confronto começou com Rozenstruik desferindo um cruzado de direita, que passou no vazio. Gane tentava encontrar a melhor distância e evitava as investidas do oponente. Jairzinho tentava cercar o francês, mas Ciryl se movimentava bastante pelo octógono. Evitando um erro fatal, os atletas economizavam nos golpes e se estudavam no centro da arena de batalha. Gane passava a pontuar no confronto com jabs e chutes no corpo do surinamês. Jairzinho mantinha a bomba de direita engatilhada, mas o oponente não dava espaços para o ‘gigante’. Próximo ao minuto final, Ciryl buscou as pernas do adversário e tentou uma queda. Rozenstruik se defendeu, mas passou a ser pressionado contra as grades. Nos segundos finais, Gane conseguiu derrubar o rival, mas não havia mais tempo.

Na segunda etapa, Gane voltou com boa movimentação, tentando confundir Jairzinho. Com jabs, o francês continuava pontuando, enquanto Rozenstruik economizava nos ataques. Em vantagem no confronto, Ciryl mantinha o adversário afastado com chutes baixos. O surinamês arriscava combinações, mas Gane impressionava com a velocidade de reação. Perto do minuto final, o francês voltou a derrubar o oponente e ameaçou um mata-leão. Jairzinho conseguiu explodir e saiu da posição. O assalto terminou sem muitas ações dos atletas.

O terceiro round começou com Ciryl controlando bem a distância com chutes baixos. Jairzinho seguia com dificuldades para tocar o oponente. O francês conectou um chute alto limpo no rosto do surinamês, que sorriu, dando a entender que não sentiu o golpe. Próximo da metade do assalto, Gane conectou um cruzado no rosto do adversário, mas o surinamês absorveu bem o ataque. Conforme os minutos passavam, o francês continuava em vantagem, pontuando com jabs e chutes. Rozenstruik seguia tentando encaixar um golpe, mas os ataques passavam no vazio. A etapa acabou com Gane buscando a perna do rival, mas o cronômetro zerou.

Gane voltou para o penúltimo round conectando jabs no rosto de Jairzinho. Assim como nos assaltos anteriores, o francês seguia controlando bem a distância e impedia as investidas do surinamês. Por duas vezes, Ciryl errou um ataque nas pernas do oponente e quase foi pego nos contragolpes do adversário. Enquanto o francês permanecia pontuando, Jairzinho não se encontrava no combate. Passados quase quatro minutos, Jairzinho conectou um cruzado no rosto do oponente e Ciryl respondeu na mesma moeda. Nos segundos finais, o francês cercava o adversário e atacava com jabs e diretos. Rozenstruik se movimentava, mas não conseguia desenvolver seu jogo. O assalto acabou com o surinamês desferindo um cruzado no vazio.

No último assalto, Rozenstruik precisava de um nocaute ou finalização para vencer o confronto. Gane ditava as regras do duelo e continuava pontuando com jabs e chutes no corpo do adversário. Passado um minuto, o francês partiu para a luta agarrada e pressionava o rival contra as grades. Jairzinho explodiu e conseguiu se afastar do oponente. Ciryl seguia caminhando para frente e acertava o surinamês com facilidade. Restando dois minutos, Gane voltou a se agarrar o adversário e administrava o tempo. Nos segundos finais, o francês derrubou o oponente, que se levantou, mas Ciryl seguia ‘grudado’ no surinamês. O duelo acabou com os atletas nas grades.

Resultados do UFC Las Vegas 20

CARD PRINCIPAL

Peso pesado: Ciryl Gane derrotou Jairzinho Rozenstruik na decisão unânime dos juízes (50-45, 50-45, 50-45)

Peso meio-pesado: Magomed Ankalaev derrotou Nikita Krylov na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso mosca: Montana De La RosaMayra Sheetara empataram na decisão majoritária dos juízes (28-27, 28-28, 28-28)

Peso galo: Pedro Munhoz derrotou Jimmie Rivera na decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28, 30-27)

Peso pena: Alex Caceres derrotou Kevin Croom na decisão unânime dos juízes (30-26, 30-27, 30-26)

CARD PRELIMINAR

Peso leve:  Thiago Moisés derrotou Alexander Hernandez na decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28, 30-27)

Peso galo: Alexis Davis derrotou Sabina Mazo na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-26, 30-27)

Peso galo: Ronnie Lawrence derrotou Vince Cachero por nocaute técnico a 2m38s do R3

Peso meio-pesado: Dustin Jacoby derrotou Maxin Grishin na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments