Thiago Moisés vai bem, vence Alexander Hernandez e confirma boa fase no UFC Las Vegas 20 | SUPER LUTAS

Thiago Moisés vai bem, vence Alexander Hernandez e confirma boa fase no UFC Las Vegas 20

Representante brasileiro no espetáculo, paulista faz luta técnica e bate norte-americano na decisão unânime dos juízes

T. Moisés (esq.) derrotou A. Hernandez (dir.) no UFC Las Vegas 20. Foto: Reprodução/Instagram

Primeiro brasileiro a subir no octógono no UFC Las Vegas 20, realizado neste sábado (27), nos Estados Unidos, Thiago Moisés não decepcionou. No confronto contra Alexander Hernandez, que fechou o card preliminar, o paulista fez uma luta técnica e saiu vitorioso no espetáculo. Ao fim de três rounds, o combatente confirmou o triunfo na decisão unânime dos juízes.

Veja Também

Com o resultado, Moisés confirma a boa fase na carreira dentro do peso leve (até 70,3kg.). O triunfo marcou a terceira vitória consecutiva do paulista e um grande passo para se aproximar do top 15 da divisão.

Após a vitória, Moisés se direcionou ao presidente do Ultimate, Dana White, e pediu um dos bônus de ‘Performance da Noite’ (US$50 mil).

O revés para o brasileiro expôs a inconstância de Hernandez na organização. O atleta, agora, tem três derrotas em seus últimos cinco compromissos.

A luta

O confronto começou com Moisés arriscando um chute alto, que parou na guarda do adversário. Hernandez respondeu na mesma moeda e o brasileiro também se defendeu bem. O paulista conseguiu desequilibrar o rival com um chute baixo, mas Alexander seguia caminhando para frente. Thiago seguia agredindo as bases do oponente, que descontava os ataques com jabs e diretos. O brasileiro mostrava muita concentração e era mais efetivo nos golpes. No minuto final, os combatentes passaram a trocar socos no centro do octógono, mas não havia mais tempos.

No segundo round, Moisés quase surpreendeu o adversário com um direto de direita, em um contra-ataque. O paulista continuava não desperdiçando golpes e seguia pontuando com chutes e socos. Na metade do assalto, Hernandez passou a acertar o brasileiro com jabs, mas Thiago se mostrava concentrado. O confronto seguiu com alto nível técnico, com bons golpes de ambos os lutadores. Nos segundos finais, os combatentes voltaram a aceitar a trocação franca, mas o cronômetro zerou.

O última etapa começou agitada, com os pesos leves se testando no centro do octógono. Thiago arriscou um chute alto, mas Hernandez se mostrou afiado na esquiva. Alexander respondeu com um direto, mas ficou surpreendido com um direto de encontro. Na metade do round, o brasileiro tentou pressionar o adversário contra as grades, mas Hernandez conseguiu se afastar. Próximo ao minuto final, o paulista conectou um chute alto, que explodiu na cabeça do adversário. Thiago chamou o rival para a luta e tentou aproveitar o bom momento. Com diretos e chutes, o brasileiro tentava intimidar o oponente, que caminhava para trás. Confiante, o paulista não dava chances ao norte-americano, que economizava nos ataques. O confronto acabou com Moisés buscando o nocaute, mas não havia mais tempo.

Davis domina Mazo e ‘respira’ na organização

A. Davis derrotou S. Mazo por pontos no UFC Las Vegas 20. Foto: Reprodução/Instagram

Em má fase na carreira, Alexis Davis subiu no octógono com a obrigação de vencer. Pressionada por três derrotas consecutivas, a veterana fez uma luta estratégica e dominou Sabina Mazo durante 15 minutos. Ao fim de três rounds, a norte-americana conquistou o triunfo na decisão unânime dos juízes.

Com 36 anos, Davis não vive o melhor momento na carreira. Ex-desafiante ao cinturão do peso galo (até 61,2kg.), a combatente corria o risco de integrar a temida lista de dispensa, caso não superasse Mazo neste sábado. Agora, a atleta buscará retomar o lugar de destaque na categoria liderada por Amanda Nunes.

13 anos mais jovem do que Alexis, Sabina teve uma sequência de três triunfos interrompidas pela adversária. A colombiana tinha apenas um revés no UFC, que aconteceu na sua estreia, em março de 2019.

Ronnie Lawrence vence com nocaute em estreia no UFC

R. Lawrence derrotou V. Cachero no UFC Las Vegas 20. Foto: Reprodução/Instagram

Representante do peso galo (até 61,2kg.), Ronnie Lawrence não podia pedir uma estreia melhor. No confronto contra Vince Cachero, o ‘calouro’ não teve trabalho fácil, mas acabou surpreendendo o rival no último round. A poucos minutos do fim da luta, o debutante conquistou um nocaute técnico, não deixando o confronto para a decisão dos juízes.

A vitória de Lawrence confirmou a boa fase do combatente. Revelado pelo ‘Dana White’s Contender Series’, o norte-americano chegou ao quarto resultado positivo em sequência. Em oito compromissos como profissional no MMA, Ronnie perdeu apenas uma vez, em 2016, quando atuava pelo Bellator.

Derrotado neste final de semana, Cachero segue sem vencer com as luvas do Ultimate. O atleta estreou na empresa em agosto de 2020. Na ocasião, acabou perdendo Jamall Emmers e, no segundo compromisso, voltou a falhar.

Dustin Jacoby bate Maxin Grishin em luta equilibrada

D. Jacoby derrotou M. Grishin no UFC Las Vegas 20. Foto: Reprodução/Instagram

Logo na primeira luta da noite, um confronto marcado pelo equilíbrio. No duelo entre os meio-pesados (até 93kg.), Dustin Jacoby e Maxin Grishin, os combatentes trocaram forças durante 15 minutos. Após três rounds, Jacoby acabou deixando o octógono com a vitória, na decisão unânime dos juízes.

Com o triunfo, Dustin confirmou os 100% de aproveitamento em duas apresentações com as luvas do UFC. O combatente havia estreado na organização em outubro de 2020, quando bateu Justin Ledet.

Derrotado no UFC Las Vegas 20, Grishin teve o sinal de alerta ligado. O combatente sofreu o segundo resultado negativo em três embates no Ultimate.

Resultados do UFC Las Vegas 20

CARD PRINCIPAL

Peso pesado: Ciryl Gane derrotou Jairzinho Rozenstruik na decisão unânime dos juízes (50-45, 50-45, 50-45)

Peso meio-pesado: Magomed Ankalaev derrotou Nikita Krylov na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso mosca: Montana De La RosaMayra Sheetara empataram na decisão majoritária dos juízes (28-27, 28-28, 28-28)

Peso galo: Pedro Munhoz derrotou Jimmie Rivera na decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28, 30-27)

Peso pena: Alex Caceres derrotou Kevin Croom na decisão unânime dos juízes (30-26, 30-27, 30-26)

CARD PRELIMINAR

Peso leve:  Thiago Moisés derrotou Alexander Hernandez na decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28, 30-27)

Peso galo: Alexis Davis derrotou Sabina Mazo na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-26, 30-27)

Peso galo: Ronnie Lawrence derrotou Vince Cachero por nocaute técnico a 2m38s do R3

Peso meio-pesado: Dustin Jacoby derrotou Maxin Grishin na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments