Pedro Munhoz faz grande luta e vence 'guerra' com Jimmie Rivera no UFC Las Vegas 20 | SUPER LUTAS

Pedro Munhoz faz grande luta e vence ‘guerra’ com Jimmie Rivera no UFC Las Vegas 20

Brasileiro tem apresentação de gala contra norte-americano e vence revanche por pontos, em confronto candidato ao bônus de ‘Melhor Combate’

P. Munhoz (dir.) derrotou J. Rivera (esq.) no UFC Las Vegas 20. Foto: Reprodução/Instagram

Segundo brasileiro a subir no octógono no UFC Las Vegas 20, realizado neste sábado (27), nos Estados Unidos, Pedro Munhoz levou a melhor no acerto de contas com Jimmie Ribera. Na reedição do confronto realizado em 2015, o brasileiro aceitou a luta franca e deixou o espetáculo com um triunfo na decisão unânime dos juízes. O confronto é um dos candidatos ao bônus de ‘Melhor Embate’.

Veja Também

Destaque do peso galo (até 61,2kg.), Pedro entrou pressionado para o confronto deste final de semana. Vindo de duas derrotas consecutivas, algo inédito na carreira do paulista, o brasileiro retomou o caminho das vitórias e volta à briga para uma futura disputa de cinturão.

Cinco anos após o primeiro encontro, Munhoz conseguiu descontar a derrota sofrida em 2015, quando perdeu na decisão dividida dos juízes. Após o triunfo, o paulista desafiou o ex-campeão da categoria, TJ Dillashaw, que retornará à ativa após cumprir dois anos de suspensão por doping.

Com o resultado negativo, Rivera não conseguiu chegar à segunda vitória consecutiva. O atleta vinha de triunfo sobre Cody Stamann, mas, agora, soma três reveses nas últimas cinco lutas.

A luta

Logo nos segundos iniciais, Munhoz tentou surpreender o adversário com um chute alto. O ataque parou na guarda de Rivera, que respondeu com uma sequência de socos. Pedro desferiu uma sequência de chutes baixos no norte-americano, que buscava encontrar a distância. Quase na metade do assalto, Pedro conectou um cruzado de esquerda que explodiu no rosto do oponente, mas Jimmie não se abalou. O duelo seguiu equilibrado, com os galos trocando ataques no centro do octógono. Rivera surpreendeu Munhoz com um cruzado de direita e brasileiro devolveu o ataque na mesma moeda. No minuto final, o paulista desequilibrou o adversário com um chute baixo. O brasileiro insistia na estratégia, que passava a incomodar o norte-americano. Perto de acabar o assalto, Jimmie surpreendeu o brasileiro com uma sequência de jabs e diretos. Munhoz devolveu o ataque, mas não havia mais tempo.

Na segunda etapa, Pedro seguiu insistindo nos chutes baixos. Na sequência, o norte-americano aplicou uma queda, mas quase foi pego por uma chave de tornozelo. Jimmie conseguiu se levantar e o duelo voltou a ser disputado no centro do octógono. Passados dois minutos, Pedro tentava cercar o oponente, que apresentava inchaço na perna esquerda. Com outro chute baixo, Munhoz voltou a desequilibrar Rivera, que caiu, mas se levantou rápido. Embora o norte-americano mostrasse perigo nos contragolpes, os ataques do brasileiros eram mais efetivos. No minuto final, o paulista seguia perseguindo o adversário, que caminhava para trás, mas o cronômetro zerou.

O assalto final começou com os atletas partindo para a trocação franca. Enquanto Jimmie tentava o nocaute com cruzados, o brasileiro respondia com os mesmos ataques. Rivera tentava encurtar a distância para conectar os melhores golpes, mas o brasileiro seguia concentrado. Próximo da metade do assalto, o norte-americano surpreendeu o paulista com um upper limpo no rosto. Munhoz, no entanto seguia caminhando para frente e tentava impedir a evolução do adversário no confronto. Após um novo chute baixo, Rivera passou a mancar pelo octógono. O brasileiro tentava se aproveitar do bom momento e cercava o oponente. No minuto final, Jimmie conectou uma sequência de socos no brasileiro. Pedro absorveu bem os ataques e seguia tentando anular o ímpeto do rival. Nos segundos finais, os atletas partiram para a trocação franca, mas o tempo acabou.

Ankalaev vence Krylov e avança nos meio-pesados

M. Ankalaev (dir.) derrotou N. Krylov (esq.) no UFC Las Vegas 20. Foto: Reprodução/Instagram

No confronto contra o perigoso Nikita Krylov, Magomed Ankalaev levou a melhor e confirmou a boa fase na carreira. Promessa nos meio-pesados (até 93kg.), o russo foi superior ao ucraniano e levou a vitória na decisão unânime dos juízes. O confronto marcou a luta co-principal do espetáculo.

O resultado positivo de Magomed, sexto consecutivo, fará com que o atleta dê um salto importante na categoria liderada por Jan Blachowicz. Antes do embate, o russo ocupava a 11ª posição no ranking. Agora, o combatente deverá ocupar a oitava posição de Nikita.

Algoz de Johnny Walker em março de 2020, o ucraniano não conseguiu repetir a boa atuação que teve contra o brasileiro. Com a derrota, o atleta completa três reveses nas últimas cinco apresentações.

Sheetara é penalizada, mas se recupera e empata com De La Rosa

M. Sheetara (dir.) e M. De La Rosa (esq.) empataram no UFC Las Vegas 20. Foto: Reprodução/Instagram

Em luta disputada no peso mosca (até 56,7kg.), Mayra Sheetara protagonizou um momento de redenção no espetáculo deste final de semana. No confronto contra Montana De La Rosa, a brasileira teve de superar a penalização sofrida no primeiro round, que lhe custou um ponto. Após 15 minutos de muita ação, a mineira convenceu os juízes e acabou empatando com a rival na decisão majoritária.

Mayra subiu ao octógono para confirmar a boa fase e conquistar a segunda vitória consecutiva. A brasileira, no entanto, teve seus planos frustrados depois que foi penalizada por segurar nas grades ao tentar impedir uma queda. O resultado marcou o primeiro empate da carreira da brasileira.

Sem a vitória neste sábado, De La Rosa não conseguiu se recuperar do revés sofrido para Viviane Araújo, em setembro de 2020. A norte-americana, então, completou um ano sem conquistar um resultado positivo com as luvas do UFC.

Alex Caceres vence Kevin Croom em estreia no peso pena

A. Caceres (dir.) derrotou K. Croom (esq.) no UFC Las Vegas 20. Foto: Reprodução/Instagram

Na luta que abriu o card principal, Alex Caceres fez bonito em sua estreia no peso pena (até 65,7kg.). No confronto contra Kevin Croom, o norte-americano não deu chances ao rival e dominou o adversário por três rounds. Depois de 15 minutos, o combatente foi declarado vencedor na decisão unânime dos juízes.

O resultado positivo confirmou a boa fase de Caceres no MMA. O atleta completou quatro vitórias consecutivas, algo que não acontecia desde 2009.

Embora tenha mostrado raça no confronto, Kevin acabou sendo vítima da qualidade do rival na luta agarrada. Presa fácil de Alex, Croom acabou se cansando durante o embate e segue sem vencer no UFC, em dois compromissos.

Resultados do UFC Las Vegas 20

CARD PRINCIPAL

Peso pesado: Ciryl Gane derrotou Jairzinho Rozenstruik na decisão unânime dos juízes (50-45, 50-45, 50-45)

Peso meio-pesado: Magomed Ankalaev derrotou Nikita Krylov na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso mosca: Montana De La RosaMayra Sheetara empataram na decisão majoritária dos juízes (28-27, 28-28, 28-28)

Peso galo: Pedro Munhoz derrotou Jimmie Rivera na decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28, 30-27)

Peso pena: Alex Caceres derrotou Kevin Croom na decisão unânime dos juízes (30-26, 30-27, 30-26)

CARD PRELIMINAR

Peso leve:  Thiago Moisés derrotou Alexander Hernandez na decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28, 30-27)

Peso galo: Alexis Davis derrotou Sabina Mazo na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-26, 30-27)

Peso galo: Ronnie Lawrence derrotou Vince Cachero por nocaute técnico a 2m38s do R3

Peso meio-pesado: Dustin Jacoby derrotou Maxin Grishin na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments