Em confronto nos penas, Norma Dumont vence por pontos em luta equilibrada no UFC Vegas 27 | SUPER LUTAS

Em confronto nos penas, Norma Dumont vence por pontos em luta equilibrada no UFC Vegas 27

Brasileira aposta no contra-ataque e bate canadense na decisão dividida dos juízes no card principal

N. Dumont (dir.) derrotou F. Spencer (esq.) no UFC Las Vegas 27. Foto: Reprodução/Instagram

Em sua segunda luta no peso pena (até 65,7kg.) do Ultimate, Norma Dumont não teve vida fácil diante de Felicia Spencer. No card principal do UFC Las Vegas 27, realizado neste sábado (22), a brasileira disputou um confronto equilibrado, apostando no contra-ataque. Ao fim de três rounds, a mineira foi declarada vencedora na decisão dividida dos juízes.

Veja Também

Depois de problemas com o corte de peso em sua trajetória no Ultimate, Norma optou por subir de divisão neste compromisso. Contra a ex-desafiante ao cinturão da categoria até 65,7kg., Dumont seguiu à risca a estratégia traçada por sua equipe e conquistou seu segundo resultado positivo em três apresentações na organização.

Agora, a mineira soma seis vitórias em sete lutas como profissional no MMA. Após o duelo, a brasileira confirmou o desejo de retornar ao peso galo (até 61,2kg.), liderado por Amanda Nunes.

Vítima da ‘Leoa’ em seu último desafio, Felicia Spencer segue vivendo um momento instável dentro do UFC. Ex-campeã do Invicta FC, a canadense soma dois resultados positivos e três negativos com as luvas do Ultimate.

A luta

O confronto começou com Norma tomando a iniciativa arriscando um jab. Felicia respondeu com uma sequência de socos, seguida de um chute, que passou no vazio. Passado um minuto, as atletas sentiam dificuldades para encontrar a distância. Dumont desequilibrou a adversária com um chute baixo e Spencer descontou com um direto e cruzado. Perto do minuto final, as lutadoras partiram para a trocação franca e, em seguida, a canadense passou a pressionar a brasileira contra as grades. A mineira conseguiu explodir e se desprendeu da rival. Antes do fim do round, Norma conectou um direto limpo no rosto da oponente, mas não havia mais tempo.

Na segunda etapa, Dumont seguiu apostando nos chutes baixos para pontuar e se aproximar da adversária. Passado o primeiro minuto, Spencer chegou perto de surpreender a brasileira com uma sequência de dois chutes altos. Com uma combinação de socos no rosto da canadense, Norma balançou a adversária, mas Spencer seguia caminhando para frente. Spencer devolveu o ataque com um direto, mas a mineira absorveu bem o ataque. Na metade do assalto, a brasileira voltou a ter um bom momento, quando atingiu duramente o rosto da oponente com dois socos. Agressiva no embate, Dumont tentava atrair Spencer e contra-atacava com perigo. Felicia buscou a luta agarrada, mas a mineira se afastou. A etapa acabou com as atletas se estudando próximas à grade.

O último assalto começou com as atletas trocando golpes no centro do octógono. Felicia desferiu um chute na linha de cintura e Dumont respondeu com uma sequência de socos. Passado quase um minuto, Norma se aproveitou de um descuido de Spencer e levou o duelo para o chão. Por cima, a mineira tentava as transições e tentava furar o bloqueio da rival. Sem conseguir avançar, Dumont deixou a oponente se levantar o confronto voltou a ser disputado em pé. Perto do minuto final, Spencer voltou a apostar na luta agarrada e pressionava a brasileira contra as graves. A mineira saiu da posição, mas acabou tentando uma queda e caiu por baixo. Em posição de desvantagem, Norma se prendia à adversária, tentando impedir os avanços da canadense. A luta acabou com Spencer por cima, mas sem muita ação.

Carla Esparza atropela promessa chinesa

Carla Esparza em vitória pelo UFC. Foto: Reprodução/Instagram

Primeira campeã no peso palha (até 52,1kg.) do UFC, Carla Esparza deu um verdadeiro show na luta co-principal da noite. Diante da promessa chinesa, Yan Xiaonan, a norte-americana não tomou conhecimento da adversária e protagonizou uma verdadeira tortura sobre a adversária. Agressiva no ground and pound, a atleta saiu vencedora por nocaute técnico no segundo round.

Com a vitória, Esparza pode ter dado um passo importante para uma luta pelo título, que, hoje, pertence a Rose Namajunas. Além do triunfo, a norte-americana ampliou sua boa fase e, agora, tem cinco resultados positivos em sequência.

Promessa chinesa no MMA, Xiaonan não conseguiu interromper o ímpeto da ex-campeão. Duramente batida, a atleta teve uma sequência de 12 vitórias interrompidas e perdeu a primeira no Ultimate.

Carcacinha vence Algeo em confronto equilibrado

R. Carcacinha derrotou B. Algeo por pontos no UFC Las Vegas 27. Foto: Reprodução/Instagram

Em confronto disputado no peso pena (até 65,7kg.), Ricardo Carcacinha e Bill Algeo protagonizaram um dos embates mais equilibrados da noite. No duelo marcado pela disputa de técnicas, o brasileiro levou a melhor. Ao fim de 15 minutos, o paulista foi declarado vencedor na decisão unânime dos juízes.

Afiado nas quedas, Carcacinha foi capaz de derrubar o atleta em diversas oportunidades na luta. Pontuando, o combatente convenceu os juízes e somou mais um resultado positivo na carreira.

Com o resultado, Ricardo se recupera da dura derrota sofrida para Lerone Murphy, em julho de 2020. Agora, o brasileiro retoma sua trajetória rumo ao topo da categoria liderada por Alexander Volkanovski.

Fazendo sua terceira luta no Ultimate, Algeo sofreu seu segundo revés com as luvas da empresa. Descoberto pelo ‘Contender Series’, o norte-americano foi derrotado por Ricardo Lamas em sua estreia e se recuperou diante de Spike Carlyle, em novembro da temporada passada.

Vanderaa supera Tafa em luta sangrenta

J. Vanderaa (esq.) derrotou J. Tafa (dir.) no UFC Las Vegas 27. Foto: Reprodução/Instagram

Em luta no card principal, Jared Vanderaa e Justin Tafa seguiram à risca o que se espera de um encontro entre pesos pesados (até 120,2kg.). Na disputa entre os ‘gigantes’, o espectadores puderam assistir um duelo de trocação franca, marcado por um ‘banho de sangue’. Após três rounds de muita agressividade, o norte-americano foi declarado vencedor na decisão unânime dos juízes.

Com o triunfo sobre Tafa, Vanderaa conquistou o primeiro resultado positivo com as luvas do Ultimate. O atleta, agora, soma um triunfo e um revés na empresa.

A derrota de Justin ligou o sinal de alerta para o australiano. Famoso pelo poder de nocaute, o atleta não conseguiu surpreender o rival e, agora, soma três reveses em quatro apresentações no Ultimate.

Pupilo de Ronda Rousey perde segunda seguida

J. Hermansson (esq.) derrotou E. Shahbazyan (dir.) no UFC Las Vegas 26. Foto: Reprodução/Instagram

Considerado uma promessa no peso médio (até 83,9kg.), Edmen Shahbazyan sofreu sua segunda derrota consecutiva no Ultimate. Pupilo de Ronda Rousey, o jovem de 23 anos deixou tudo no octógono, mas acabou superado por Jack Hermansson no confronto que abriu o card principal. Dominado no chão, o atleta foi batido na decisão unânime dos juízes.

Embora tenha tido bons momentos no confronto, Shahbazyan não foi capaz de blindar a estratégia imposta pelo adversário. Inferior na luta no chão, o lutador terminou o confronto com o rosto coberto de sangue, consequência dos golpes potentes desferidos no ground and pound.

Com o resultado negativo, Edmen chega ao segundo resultado negativo em sequência, algo inédito na sua carreira. A derrota também impediu que o jovem saltasse na divisão liderada por Israel Adesanya.

Concentrado durante 15 minutos de embate, Hermansson se recuperou da derrota sofrida para Marvin Vettori, em dezembro de 2020. Atuando de forma segura e agressiva, o norte-americano defendeu a sétima posição no ranking e volta a sonhar com uma futura disputa de cinturão.

Resultados do UFC Las Vegas 27

CARD PRINCIPAL

Peso galo: Rob Font derrotou Cody Garbrandt na decisão unânime dos juízes (50-45, 48-47, 50-45)

Peso palha: Carla Esparza derrotou Yan Xiaonan por nocaute técnico a 2m58s do R2

Peso pesado: Jared Vanderaa derrotou Justin Tafa na decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28, 30-27)

Peso pena: Norma Dumont derrotou Felicia Spencer na decisão dividida dos juízes (30-27, 28-29, 29-28)

Peso pena: Ricardo Carcacinha derrotou Bill Algeo na decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28, 30-27)

Peso médio: Jack Hermansson derrotou Edmen Shahbazyan na decisão unânime dos juízes (29-27, 29-27, 29-27)

CARD PRELIMINAR

Peso pesado: Ben Rothwell finalizou Chris Barnett com uma guilhotina a 2m07s do R2

Peso meio-médio: Court McGee derrotou Cláudio Hannibal na decisão unânime dos juízes (30-26, 29-27, 30-26)

Peso mosca: Bruno Bulldoguinho derrotou Victor Rodriguez por nocaute a 59seg. do R1

Peso pena: Josh Culibao derrotou Nuerdanbieke Shayilan na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso mosca:David Dvorak finalizou Juancamilo Ronderos com um mata-leão a 2m18s do R1

Peso leve: Damir Ismagulov derrotou Rafael Alves na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Podcast #30: Aquecimento para o UFC 266 com duas disputas de cinturão e migué de Romero no Bellator

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments