Bulldoguinho cumpre promessa e atropela rival com nocaute devastador no primeiro round do UFC Vegas 27 | SUPER LUTAS

Bulldoguinho cumpre promessa e atropela rival com nocaute devastador no primeiro round do UFC Vegas 27

Adversário de Victor Rodriguez, brasileiro volta a dar show e vence confronto em menos de um minuto

B. Bulldoguinho (dir.) atropelou V. Rodriguez (esq.) no UFC Las Vegas 27. Foto: Reprodução/Instagram

Não deu nem para suar. Um dos representantes brasileiros no UFC Las Vegas 27, Bruno Bulldoguinho voltou a dar show no octógono. Adversário de Victor Rodriguez neste sábado (22), o paulista precisou de menos de um minuto para impor uma dura vitória sobre o oponente. Com um nocaute devastador no primeiro round, o atleta chega ao segundo resultado positivo em sequência.

Veja Também

Fazendo sua segunda luta em 2021, Bruno confirmou a boa fase na organização. Em março, o brasileiro conquistou sua primeira vitória na organização e, agora, segue sua trajetória rumo ao topo do peso mosca (até 56,7kg.).

Com a derrota para Bulldoguinho, Rodriguez segue sem vencer na organização. O norte-americano debutou na companhia em outubro de 2020 e, agora, tem o sinal de alerta ligado.

Na entrevista após o triunfo, Bulldoguinho desafiou um compatriota para seu novo desafio. Em conversa com Paul Felder, o combatente pediu um confronto contra Rogério Bontorin, atual número oito da divisão liderada por Deiveson Figueiredo.

A luta

No início do confronto, Bulldoguinho tomou a iniciativa com um cruzado de direita, respondido na mesma moeda pelo adversário. O brasileiro voltou a surpreender Rodriguez com um direto, que balançou o adversário. Na sequência, o paulista derrubou Victor com uma ‘bomba’ de direita, que explodiu no queixo do norte-americano, que desabou. Percebendo a condição de Rodriguez, o árbitro interrompeu o duelo, decretando a vitória do tupiniquim.

McGee domina Hannibal e vence na decisão dos juízes

C. Hannibal (esq.) foi derrotado por C. McGee (dir.) no UFC Las Vegas 27. Foto: Reprodução/Instagram

Representante dos meio-médios (até 77kg.), Cláudio Hannibal não vive o melhor momento na carreira. No confronto contra o veterano Court McGee, o brasileiro foi amplamente dominado e não conseguiu impor sua estratégia diante do norte-americano. Após três rounds, o mato-grossense acabou derrotado na decisão unânime dos juízes.

Depois de perder sua primeira luta com as luvas do UFC, em 2020, Hannibal, agora, soma seu segundo compromissos sem vitórias. O último resultado positivo de Cláudio aconteceu em agosto de 2019.

Vencedor do TUF (The Ultimate Fighter) 11, McGee conseguiu respirar na organização. Funcionário da organização desde 2010, o veterano vinha cinco reveses nas últimas seis lutas. Agora, o combatente volta a triunfar depois de mais de dois anos.

Em luta franca, Ben Rothwell finaliza Chris Barnett

B. Rothwell finaliza C. Barnett com uma guilhotina no UFC Las Vegas 27. Foto: Reprodução/Instagram

Faltou gás para Chris Barnett. Substituto de Philipe Lins no UFC Vegas 27, o peso pesado (até 120,2kg.) mostrou raça, mas não suportou a pressão diante de Ben Rothwell. Após um primeiro round de trocação franca, o ‘gigante’, visivelmente exausto, sucumbiu e acabou finalizado pelo veterano na segunda etapa.

Aos 39 anos, Rothwell atingiu a marca de 52 compromissos como profissional no MMA. O triunfo sobre Chris confirmou o 39º resultado positivo na carreira do atleta, que se recupera da derrota sofrida para Marcin Tybura, em outubro de 2020.

Estreante na organização, Barnett conseguiu mostrar um pouco de seu repertório nas artes marciais mistas. O esforço, no entanto, acabou não sendo suficiente e o atleta teve uma sequência de seis triunfos interrompida.

David Dvorak finaliza substituto de Raulian Paiva

D. Dvorak encaixa mata-leão que determinou a vitória sobre J. Ronderos no UFC Las Vegas 27. Foto: Reprodução/Instagram

Com um adversário escolhido de última hora, David Dvorak não teve dificuldades diante de Juancamilo Ronderos. Com uma atuação segura diante do substituto de Raulian Paiva, que deixou o evento após passar mal no corte de peso, o norte-americano comprovou a superioridade e confirmou mais um resultado positivo no Ultimate. Com um mata-leão, usando apenas uma mão, o combatente obrigou o rival a bater em desistência em menos de três minutos de confronto.

O triunfo de Dvorak confirmou o grande momento do atleta. Atual número 11 nos moscas (até 56,7kg.), o lutador, agora, tem 16 resultados positivos em sequência.

Com o desafio de subir no octógono com pouco mais de 24 horas para o compromisso, Juancamilo fez sua estreia na companhia. A derrota para David marcou o primeiro revés na carreira do colombiano, que estava invicto em quatro apresentações no MMA.

Alves começa bem, mas sofre virada e perde por pontos

R. Alves (esq.) foi derrotado por D. Ismagulov (dir.) no UFC Las Vegas 27. Foto: Reprodução/Instagram

Em sua primeira luta pelo UFC, Rafael Alves acabou não tendo o resultado esperado. Embora tenha começado bem o confronto contra Damir Ismagulov, disputado no peso leve (até 70,3kg.), o brasileiro acabou cedendo a virada diante da promessa russa. Ao fim de três rounds, o paraense foi batido na decisão unânime dos juízes.

Logo nos segundos iniciais do embate, Alves deu seu cartão de visitas ao adversário. Com as mãos pesadas, o atleta chegou próximo do nocaute. Imagulov, no entanto, soube controlar a situação, se recuperando e dominando Rafael no restante do embate.

Atuando no grupo até 70,3kg., Rafael deveria ter estreado na organização no UFC Las Vegas 19. O brasileiro, no entanto, surpreendeu ao ‘estourar a balança’ em mais de 5kg., superando o limite dos penas (até 65,7kg.) e sendo cortado do show. Após o incidente, o paraense decidiu subir de categoria.

Promessa da Rússia no Ultimate, Damir ampliou a boa fase na carreira. Profissional no MMA desde 2014, o combatente, agora, tem 18 vitórias consecutiva.

Resultados do UFC Las Vegas 27

CARD PRINCIPAL

Peso galo: Rob Font derrotou Cody Garbrandt na decisão unânime dos juízes (50-45, 48-47, 50-45)

Peso palha: Carla Esparza derrotou Yan Xiaonan por nocaute técnico a 2m58s do R2

Peso pesado: Jared Vanderaa derrotou Justin Tafa na decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28, 30-27)

Peso pena: Norma Dumont derrotou Felicia Spencer na decisão dividida dos juízes (30-27, 28-29, 29-28)

Peso pena: Ricardo Carcacinha derrotou Bill Algeo na decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28, 30-27)

Peso médio: Jack Hermansson derrotou Edmen Shahbazyan na decisão unânime dos juízes (29-27, 29-27, 29-27)

CARD PRELIMINAR

Peso pesado: Ben Rothwell finalizou Chris Barnett com uma guilhotina a 2m07s do R2

Peso meio-médio: Court McGee derrotou Cláudio Hannibal na decisão unânime dos juízes (30-26, 29-27, 30-26)

Peso mosca: Bruno Bulldoguinho derrotou Victor Rodriguez por nocaute a 59seg. do R1

Peso pena: Josh Culibao derrotou Nuerdanbieke Shayilan na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso mosca:David Dvorak finalizou Juancamilo Ronderos com um mata-leão a 2m18s do R1

Peso leve: Damir Ismagulov derrotou Rafael Alves na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Romero dominado no Bellator e aquecimento para o UFC 266 com duas disputas de cinturão

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments