Em combate tenso, Thiago Marreta vence Johnny Walker na luta principal do UFC Las Vegas 38

Ex-desafiante ao cinturão dos meio-pesados, atleta volta a vencer depois de três resultados negativos na carreira

T. Marreta derrotou J. Walker por pontos no UFC Las Vegas 38. Foto: Reprodução/Instagram UFC

Repleto de expectativas, o combate entre os Johnny Walker e Thiago Marreta fechou o card principal do UFC Las Vegas 38 deste sábado (2). Os atletas tupiniquins, no entanto, fizeram duelo travado e, após 25 minutos, Marreta venceu na decisão unânime dos juízes (48-47, 48-47, 48-47). O duelo foi válido pela categoria dos meio-pesados (até 93kg.) do Ultimate.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Marreta, agora, respira aliviado e volta a vencer no Ultimate depois de dois reveses. Ex-desafiante ao cinturão dos meio-pesados (até 93kg.), ele tem 22 vitórias e nove derrotas.

Johnny Walker, que entrou alegre e dançando ao octógono, volta a ‘sentir o sabor’ da derrota. Em sua carreira, agora, o atleta ex-Contender Series tem um retrospecto de 18 resultados positivos e seis negativos.

PUBLICIDADE:

A luta

Com muito respeito, os atletas tupiniquins trocaram as lutas no começo do combate. A iniciativas foram tomadas por Johhny Walker no joelho esquerdo – já operado – de Thiago Marreta. Em seguida, Walker entrou com um chute na linha da cintura, logo respondido com um ‘pisão’ de Marreta. O respeito entre os atletas, inclusive, permitiu com que o round fosse estudado em grande parte.

No segundo round, Marreta soltou mais seu jogo e focou em acertar Walker na linha da cintura. Johnny, por outro lado, seguia atingindo os joelhos de Thiago e parecia marcar uma entrada com a direita, mas não chegou a desferir, de fato.

PUBLICIDADE:

O terceiro assalto foi marcado por ‘mais do mesmo’ entre os lutadores. Depois de marcar o chute na perna, Thiago Marreta desferiu um duro direto de esquerda em Johnny Walker, que recuou. No contragolpe, o ex-desafiante ao cinturão dos meio-pesados voltou a conectar o rosto de seu adversário e, superior, conseguiu girar no octógono.

PUBLICIDADE:

Já ‘calibrados’ no duelo, Marreta e Walker entraram apenas entrando no momento certo – com perigo maior ao Thiago. Como parte de sua estratégia, Johnny passou por chutar o joelho e, por consequência, tentava evitar a aproximação de seu adversário.

Por fim, apesar da vantagem, Marreta seguiu pressionando e aplicou um forte cruzado, que acabou absorvido por Walker. No centro do cage, Johnny deu uma resposta rápida e por pouco não acertou em cheio. Na reta final da luta, Thiago controlou o centro e levou o duelo na decisão dos juízes.

Resultados do UFC Las Vegas 38

CARD PRINCIPAL

Peso meio-pesado (até 93kg.): Thiago Marreta derrotou Johnny Walker na decisão unânime dos juízes (48-47, 48-47, 48-47)

Peso médio (até 83,9kg.): Kevin Holland x Kyle Daukaus terminou Sem Resultado (No Contest) no R2 por uma cabeçada não intencional de Daukaus em Holland

Peso meio-médio (até 77kg.): Niko Price derrotou Alex Cowboy na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso médio (até 83,9kg.): Krzysztof Jotko derrotou Misha Cirkunov na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Peso leve (até 70,3kg.): Alexander Hernandez derrotou Mike Breeden por nocaute a 1m20s do R1

CARD PRELIMINAR

Peso pena (até 65,7kg.): Jared Gordon derrotou Joe Solecki na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Peso mosca (até 56,7kg.):  Casey O’Neill derrotou Antonina Shevchenko por nocaute técnico a 4m47s do R2

Peso galo (até 61,2kg.): Karol Rosa derrotou Bethe Pitbull na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-26, 30-27)

Peso leve (até 70,3kg.): Jamie Mullarkey derrotou Devonte Smith por nocaute técnico a 2m51s do R2

Peso galo (até 61,2kg.): Douglas D’Silva derrotou Gaetano Pirrello por nocaute a 2m04s do R1

Peso galo (até 61,2kg.): Stephanie Egger derrotou Shanna Young por nocaute técnico a 2m22s do R2

Peso galo (até 61,2kg.): Alejandro Perez finalizou Johnny Eduardo com uma chave de braço a 4m13s do R2

Podcast #40: José Aldo ainda pode ser campeão no UFC?