Matheus Nicolau vence batalha contra Tim Elliott e segue invicto desde retorno ao UFC

Brasileiro supera dificuldades e passa por ex-desafiante ao cinturão dos moscas em luta equilibrada de três rounds

M. Nicolau (dir.) derrotou T. Elliott (esq.) no UFC Las Vegas 39. Foto: Reprodução/Instagram

Deu Brasil. Em seu segundo compromisso desde seu retorno ao Ultimate, Matheus Nicolau passou com sucesso por uma verdadeira batalha no UFC Las Vegas 39, realizado neste sábado (9), nos Estados Unidos. Diante do experiente Tim Elliott, o mineiro não teve vida fácil, mas foi superior em parte do confronto. Ao fim de três rounds, o tupiniquim foi declarado vencedor na decisão unânime dos juízes.

PUBLICIDADE:

Veja Também

De volta à organização em 2021, após uma demissão controversa em 2018, Matheus segue sem vida fácil. Em seu duelo de ‘boas-vindas’, o combatente enfrentou e venceu o promissor Manel Kape. Para o segundo desafio, o ‘problema’ foi o ex-desafiante ao cinturão dos moscas (até 56,7kg.).

Com o novo sucesso, Nicolau se aproxima do sonho de uma futura disputa de cinturão. A vitória coloca o mineiro no top 10 da divisão que, hoje, é liderada por Brandon Moreno.

PUBLICIDADE:

Derrotado na decisão dos juízes, Elliott teve frustrado o desejo de chegar ao terceiro resultado positivo em sequência. Antes de encarar Matheus, o norte-americano somava vitórias sobre Ryan Benoit e Jordan Espinosa.

A luta

Logo nos segundos iniciais, Matheus tomou a iniciativa com um chute baixo, que explodiu nas pernas de Elliott. O norte-americano gingava e tentava induzir o brasileiro ao erro. Nicolau se movimentava bem e pontuava com jabs na linha de cintura de Tim. Passado pouco mais de um minuto, o veterano balançou o mineiro com um cruzado. Matheus, no entanto, se recuperou rápido e conseguiu se levantar. Elliott provocava, mas Nicolau não entrava no jogo do rival. Restando dois minutos, o brasileiro arriscou um chute, mas acabou pego pelo norte-americano, que levou o tupiniquim para o chão. Nicolau conseguiu se levantar, mas o norte-americano seguia ‘colado’ às costas do mineiro. No minuto final, Tim seguia pressionando Matheus contra as grades, mas o tupiniquim se protegia e evitava a queda. O brasileiro conseguiu se desvencilhar e, na sequência, conectou uma sequência de jab e direto no rosto do adversário. O assalto acabou com os lutadores trocando golpes no centro do octógono.

PUBLICIDADE:

Na segunda etapa, Elliott foi para cima e partiu para a luta agarrada. O brasileiro conseguiu se afastar e agrediu o oponente com um cruzado, que balançou o norte-americano. Nicolau continuava pontuando com combinações de socos e chutes, mas Tim seguia perigoso nos contragolpes. Na metade do round, Elliott voltou a tentar a queda, mas o mineiro se defendeu bem. O confronto seguia ‘lá e cá’, com os lutadores trocando golpes no centro do octógono. No minuto final, o norte-americano voltou a tentar uma queda, mas o mineiro estava atento e se defendeu bem. O assalto acabou com Matheus gingando pelo octógono.

PUBLICIDADE:

O último assalto começou com Matheus pressionando com um cruzado. Elliott respondeu com uma ‘ponteira’, mas o golpe passou no vazio. O norte-americano tentou pressionar o mineiro com uma combinação de cruzados, mas o brasileiro conseguiu se evadir. Tim voltou a buscar as quedas e levar o confronto para o chão, mas, novamente, Nicolau se defendeu bem. Elliott seguia pressionando e prensava o rival contra as grades. Matheus conseguiu se afastar e buscava o melhor momento para atingir o oponente. Passados quase três minutos, o brasileiro se aproveitou de um descuido do adversário, buscou as pernas e levou o duelo para o chão. Por baixo, Tim tentava travar o confronto, enquanto Matheus arriscava ataques por cima. O veterano seguia preso ao mineiro, tentando impedir as transições do tupiniquim, e Nicolau buscava pontuar. Nos segundos finais, Elliott conseguiu se levantar e os atletas ensaiaram uma trocação franca, mas não havia mais tempo.

Randy Brown passa por ‘guerra’ e vence por pontos

R. Brown (esq.) derrotou J. Gooden (dir.) no UFC Las Vegas 39. Foto: Reprodução/Instagram

Representante dos meio-médios (até 77kg.), Randy Brown voltou a entregar um grande espetáculo aos fãs. Conhecido por sua agressividade, o veterano não teve vida fácil no compromisso contra Jared Gooden, na luta co-principal do show. Depois de três rounds de muita trocação, o combatente foi declarado vencedor na dcisão unânime dos juízes.

Com a vitória, Brown chega ao seu segundo resultado positivo em sequência. Antes do desafio no UFC Las Vegas 39, o combatente vinha de triunfo sobre Alex Cowboy.

Derrotado no show, Gooden vendeu caro o revés. O tropeço impediu que o jovem chegasse ao segundo triunfo consecutivo.

Resultados do UFC Las Vegas 39

CARD PRINCIPAL

Peso palha (até 52,1kg.): Marina Rodriguez derrotou Mackenzie Dern na decisão unânime dos juízes (49-46, 49-46, 49-46)

Peso meio-médio (até 77kg.): Randy Brown derrotou Jared Gooden na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso mosca (até 56,7kg.): Matheus Nicolau derrotou Tim Elliott na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso mosca (até 56,7kg.): Mariya Agapova finalizou Sabina Mazo com um mata-leão a 53 seg. do R3

Peso galo (até 62,1kg.): Chris Gutierrez derrotou Felipe Cabocão na decisão dividida dos juízes (30-27. 28-29, 30-27)

CARD PRELIMINAR

Peso pesado (até 120,2kg.): Alexandr Romanov derrotou Jared Vanderaa por nocaute técnico a 4m43s do R2

Peso pena (até 65,7kg.): Damon Jackson derrotou Charles Rosa na decisão unânime dos juízes (29-28. 29-27, 30-27)

Peso palha (até 52,1kg.): Loopy Godinez finalizou Silvana Gomez Juarez com uma chave de braço a 4m14s do R1

Peso leve (até 70,3kg.): Steve Garcia derrotou Charlie Ontiveros por nocaute técnico a 1m51s do R1

Podcast #39: Prévia de Aldo, Charles e Amanda + 14 anos de SUPER LUTAS