Com destaque para Hérica Tibúrcio, Brasil tem oito indicados para o ‘Oscar do MMA’

Além da campeã do Invicta FC, Rafael Cordeiro defende título de 'Técnico do ano' e Jhenny Andrade aparece entre as ring girls

H. Tiburcio (foto) concorre como "Melhor Lutadora de 2014". Foto: Reprodução/Facebook

H. Tiburcio (foto) concorre como “Melhor Lutadora de 2014”. Foto: Reprodução/Facebook

O Brasil tem oito representantes indicados ao MMA Awards, o Oscar do MMA mundial. Apesar de não contar com nenhum atleta selecionado entre os melhores lutadores do ano, o país não deixou de estar representado em outra categoria de destaque. Herica Tiburcio, campeã peso átomo do Invicta FC, está concorrendo ao prêmio de melhor lutadora de 2014.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Com 21 anos e um histórico profissional de nove vitórias e apenas duas derrotas, a mineira disputa o trofeu mais importante na categoria feminino com a musa do UFC Ronda Rousey, a nova campeã peso palha do Ultimate Carla Esparza, além de Joanna Jedrzejczyk e Jessica Aguilar.

Entre os outros indicados brasileiros, Rafael Cordeiro defende o título do ano passado como melhor técnico. O líder da “Kings MMA” tenta manter a ponta entre os treinadores contra: Ray Longo, técnico de Chris Weidman; Duane Ludwig, ex-responsável pela Team Alpha Male; Javier Mendez, treinador de Cain Velasquez na AKA; e Edmond Tarverdyan, mentor de Ronda Rousey.

PUBLICIDADE:

A novidade para o país em 2014 é a indicação da paulista Jhenny Andrade ao prêmio de melhor ring girl do ano. A loira, que estrou no octógono em agosto de 2013, no UFC Rio 4, concorre com Carly Baker, Jade Bryce, além das já renomadas Arianny e Celeste Brittney Palmer

[vox id=”28141″]

PUBLICIDADE:

Confira a lista dos indicados ao Oscar do MMA:

Lutador do ano:

Donald Cerrone
TJ Dillashaw
Robbie Lawler
Emanuel Newton
Luke Rockhold

PUBLICIDADE:

Lutadora do ano:

Jessica Aguilar
Carla Esparza
Joanna Jedrzejczyk
Ronda Rousey
Herica Tiburcio

Revelação do ano:

Will Brooks
Kelvin Gastelum
Justin Gaethje
Myles Jury
Yoel Romero

Lutador internacional do ano:

Andrei Arlovski
Kyoji Horiguchi
Liam McGeary
Conor McGregor
Alexander Volkov

Luta do ano:

Johny Hendricks x Robbie Lawler I (UFC 171)
José Aldo x Chad Mendes II (UFC 179)
Matt Brown x Erick Silva (UFC: Brown x Silva)
Robbie Lawler x Matt Brown (UFC: Lawler x Brown)
Chris Weidman x Lyoto Machida (UFC 175)

Nocaute do ano:

Abel Trujillo x Jamie Varner (UFC 169)
Dong Hyun Kim x John Hathaway (TUF China Finale)
Chris Beal x Patrick Williams (UFC 172)
Donald Cerrone x Adriano Martins (UFC: Henderson x Thomson)
Mark Hunt x Roy Nelson (UFC: Hunt x Nelson)

Finalização do ano:

Ben Saunders sobre Chris Heatherly (UFC: Henderson x Dos Anjos)
Luke Rockhold sobre Tim Boetsch (UFC 172)
Yancy Medeiros sobre Damon Jackson (UFC 177)
Charles do Bronx sobre Hatsu Hioki (UFC: Te Huna x Marquardt)
Dudu Dantas sobre Anthony Leone (Bellator 111)

Virada do ano:

Dominick Cruz (carreira)
Cathal Pendred x Mike King (UFC: McGregor x Brandão)
Cat Zingano (carreira)
Matt Brown x Erick Silva (UFC: Brown x Silva)
Dan Henderson x Maurício Shogun (UFC: Shogun x Henderson)

Surpresa do ano:

TJ Dillashaw x Renan Barão (UFC 173)
Rafael dos Anjos x Ben Henderson (UFC: Henderson x Dos Anjos)
Johnny Eduardo x Eddie Wineland (UFC: Brown x Silva)
Will Brooks x Michael Chandler I (Bellator 120)
Joe Warren x Dudu Dantas (Bellator 128)

Técnico do ano:

Rafael Cordeiro
Ray Longo
Duane Ludwig
Javier Mendez
Edmond Tarverdyan

Academia do ano:

American Kickboxing Academy (AKA)
American Top Team (ATT)
Kings MMA
Straight Blast Gym (SBG), Irlanda
Team Alpha Male

Árbitro do ano:

Mike Beltran
Herb Dean
Marc Goddard
Jason Herzog
John McCarthy

Ring Girl do ano:

Jhenny Andrade
Carly Baker
Jade Bryce
Arianny Celeste
Brittney Palmer

Executivo do ano:

Scott Coker
Garry Cook
Victor Cui
Lorenzo Fertitta
Dana White

Personalidade do ano:

Kenny Florian
Renato Laranja
Joe Rogan
Brendan Schaub
Brian Stann

Melhor organização:

Bellator MMA
Cage Warriors
One FC
Ultimate Fighting Championship
World Series of Fighting

Podcast #41: José Aldo de volta ao topo + Charles do Bronx e Amanda Nunes no UFC 269

Comentários

Deixe um comentário