Robert Whittaker derrota Darren Till na luta principal do UFC Ilha da Luta 3

Ex-campeão dos médios retoma o caminho das vitórias em confronto técnico na luta principal deste sábado

R. Whittaker derrotou D. Till na decisão unânime dos juízes. Foto: Reprodução/Instagram

Fecharam com chave de ouro. Na luta principal do card que encerrou a maratona de eventos na ‘Ilha da Luta’, realizado neste sábado (25), em Abu Dhabi, Robert Whittaker levou a melhor sobre Darren Till. No confronto marcado pela técnica, o australiano superou o inglês e foi declarado vencedor na decisão unânime dos juízes.

Veja Também

UFC Ilha da Luta 3: Robert Whittaker x Darren Till – Resultados
Fabrício Werdum finaliza Alexander Gustafsson na última luta em seu contrato com o UFC
Robert Whittaker derrota Darren Till na luta principal do UFC Ilha da Luta 3
Shogun é favorito contra Minotouro, enquanto Werdum é bem zebra contra Gustafsson no UFC Ilha da Luta

No encontro entre dois candidatos a uma futura disputa de cinturão dos médios (até 83,9kg.), o ex-campeão da categoria recuperou o caminho das vitórias e se colocou na fila para enfrentar o vencedor de Israel Adesanya e Paulo Borrachinha. Esta era a primeira apresentação de Whittaker desde sua derrota para o nigeriano, em outubro do ano passado, que lhe custou o cinturão.

O final de semana marcou a segunda apresentação de Till na divisão dos médios desde que o inglês subiu de categoria em definitivo. Após estrear no grupo derrotando o ex-desafiante ao cinturão interino, Kelvin Gastelum, em novembro, o lutador viu a chance de desafiar o campeão escorrer pelos dedos.

A luta

O confronto começou tenso, com os médios bem agressivos. Logo no início do confronto, Whittaker conseguiu marcar o rosto do rival após uma sequência de dois jabs. Darren respondeu com um direto, que levou Robert a se desequilibrar. Na metade do round, os combatentes passaram a disputar o confronto nas grades, mas o australiano conseguiu se afastar. O duelo permanecia equilibrado com possibilidade de nocaute para os dois lados. O round acabou com os lutadores se encarando, mas sem atacarem no centro do octógono.

O segundo assalto seguiu agressivo. Os combatentes desferiram chutes altos, que pararam nas guardas. Wihttaker conseguiu conectar um bom cruzado e levou o confronto para o chão. Robert seguiu pressionando o oponente e levava vantagem nos minutos iniciais. Restando dois minutos para o fim da etapa, Darren conseguiu explodir e se levantar. De pé, Till tentava se recuperar do prejuízo, mas parava nos contra-ataques perigosos do australiano. Quase no fim do round, os lutadores voltaram a trocar chutes, mas o cronômetro zerou.

Na terceira etapa, os combatentes passaram a disputar um confronto truncado. Apostando em socos e chutes na longa distância, os atletas evitavam a trocação franca e tentavam pontuar o máximo que podiam. Till passava a provocar o australiano, que desferiu um chute alto, mas o golpe passou no vazio. Darren tentava desestabilizar o ex-campeão, abaixava a guarda e buscava induzir Robert ao erro. Nos segundos finais, os médios se estudava no centro do octógono até o final do round.

O início do quarto round ficou marcado pela economia nos ataques. Os lutadores apostavam nos jabs e evitavam a trocação franca. Na metade do assalto, Till surpreendeu o australiano com uma sequência de socos. Robert tentou responder, mas seus ataques passaram no vazio. No minuto final, um direto de esquerda do inglês entrou limpo no rosto de Robert, mas o ex-campeão não acusou o golpe. Whikkater fintou um cruzado e foi para as pernas para tentar uma queda, mas Darren defendeu bem. O round chegou ao fim com os combatentes se movimentando no centro do octógono.

Em ritmo menos acelerado, os atletas voltaram para o último round para definirem o vencedor. Whittaker apostou em uma sequência de jabs seguidos de um chute baixo. Darren se defendia e esquivava bem das investidas do ex-campeão e tentava surpreender no contragolpe. Na metade do round, Robert votou a tentar uma queda, mas Till se defendeu bem. Darren conectou um jab e direto de esquerda que obrigaram o australiano a caminhar para trás. Nos segundos finais, o ex-campeão conseguiu derrubar o oponente, mas Till conseguiu se levantar. O embate seguiu disputado na grade até o soar do gongo.

Resultados do UFC Ilha da Luta 3

CARD PRINCIPAL

Peso médio: Robert Whittaker derrotou Darren Till na decisão unânime dos juízes  (48-47, 48-47, 48-47)

Peso meio-pesado: Maurício Shogun derrotou Rogério Minotouro na decisão dividida dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso pesado: Fabrício Werdum finalizou Alexander Gustafsson com uma chave de braço a 2m30s do R1

Peso palha: Carla Esparza derrotou Marina Rodriguez na decisão dividida dos juízes (29-28, 29-28, 30-27)

Peso meio-pesado: Paul Craig finalizou Gadzhimurad Antigulov com um triângulo a 2m06s do R1

Peso meio-médio: Alex Cowboy derrotou Peter Sobotta na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso meio-médio: Khamzat Chimaev derrotou Rhys McKee por nocaute técnico a 3m09s do R1

CARD PRELIMINAR

Peso leve: Francisco Massaranduba derrotou Jai Herbert por nocaute 1m30 do R3

Peso meio-médio: Jesse Ronson finalizou Nicolas Dalby com um mata-leão a 2m48s do R1

Peso pesado: Tom Aspinall derrotou Jake Collier por nocaute técnico a 45s do R1

Peso pena: Movsar Evloev derrotou Mike Grundy na decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28, 30-27)

Peso pesado: Tanner Boser derrotou Raphael Bebezão por nocaute técnico a 2m36s do R2

Peso galo: Pannie Kianzad derrotou Bethe Pitbull na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 29-28)

Peso meio-médio: Ramazan Emeev derrotou Niklas Stolze na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 29-28)

Peso galo: Nathaniel Wood derrotou John Castañeda na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments