Anthony Smith e Aleksandar Rakic batem peso e confirma luta principal do UFC Las Vegas 8

Meio-pesados cumprem compromisso com a balança e travam duelo em busca do topo da categoria; Hannah Cifers e Austin Springer falham, mas são mantidos no card

A. Smith (esq.) e A. Rakic (dir.) se enfrentam no UFC Las Vegas 8. Foto: Reprodução/Instagram

Tudo certo para a luta principal do UFC Las Vegas 8, que acontece neste sábado (29), nos Estados Unidos. Na pesagem oficial para o evento, realizada na tarde desta sexta-feira (28), Anthony Smith e Aleksandar Rakic cumpriram o compromisso com a balança e garantiram o confronto em busca do topo da divisão. Dos 22 atletas escalados para o card, apenas dois falharam no corte de peso.

Veja Também

Anderson Silva narra roteiro dos sonhos para o fim de sua carreira
Com luta na próxima semana, Michel Pereira mantém sonho de título no UFC: ‘Tenho as ferramentas’
Neil Magny encara luta contra Robbie Lawler como atalho para o topo do peso meio-médio

Atual número cinco no ranking dos meio-pesados (até 93kg.), Anthony Smith foi o último atleta a se apresentar no local da pesagem. Restando 15 minutos para o fim das contabilizações, o norte-americano chegou tranquilo e confirmou 92,9kg., 100g abaixo do peso oficial da divisão.

Oponente do ex-desafiante ao cinturão da categoria até 93kg., Aleksandar Rakic não precisou de muito tempo para confirmar seu peso. Fazendo o uso da libra (454g.) de tolerância, o austríaco garantiu 93,2kg. e está pronto para um dos seus maiores desafios da carreira.

Representante da luta co-principal, o ex-campeão dos meio-médios (até 77kg.), Robbie Lawler por pouco não estourou o limite da categoria. Sem lutar há mais de um ano, o atleta bateu 77,5kg., também usando a libra de tolerância, e garantiu presença no evento.

Responsável por tentar complicar ainda mais o retrospecto recente de Lawler, Neil Magny chegará para o duelo mais leve do que o rival. O combatente pesou 77,1kg. e espera conquistar a  terceira vitória consecutiva.

Única representante tupiniquim no evento, Polyana Viana está pronta para o duelo contra Emily Whitmire neste sábado. Representante das palhas, o combatente ficou com 52,6kg., cerca de 300g a mais do que sua oponente, que bateu 52,3kg.

Únicas falhas

As duas únicas falhas em todo o card aconteceram com representantes do card preliminar. Adversária de Mallory Martin, Hannah Cifers não conseguiu chegar ao limite das palhas e estourou a balança em cerca de 700g. A atleta foi mantida no evento, mas deverá pagar 20% de sua bolsa à adversária.

Um dos protagonistas da terceira luta da noite, Austin Springer, chamado de última hora para substituir Giga Chikadze, que testou positivo para Covid-19, também deixou a desejar na pesagem oficial. O atleta passou longe do limite e ficou mais de 2kg. acima do limite dos penas. O combatente também seguirá no espetáculo, mas pagará 30% de sua bolsa a Alex Caceres, seu oponente do final de semana.

Confira os pesos dos atletas do UFC Las Vegas 8

CARD PRINCIPAL

Peso meio-pesado (até 93kg.): Anthony Smith (92,9kg.) x Aleksandar Rakic (93,2kg.)

Peso meio-médio (até 77kg.): Robbie Lawler (77,5kg.) x Neil Magny (77,1kg.)

Peso mosca (até 56,7kg.): Alexa Grasso (57,1kg.) x Ji Yeon Kim (57,1kg.)

Peso pena (até 65,7kg.): Ricardo Lamas (65,7kg.) x Bill Algeo (66,2kg.)

Peso meio-pesado (até 93kg.): Magomed Ankalaev (92,9kg.) x Ion Cutelaba (93,2kg.)

CARD PRELIMINAR

Peso médio (até 83,9kg.): Maki Pitolo (83,6kg.) x Impa Kasanganay (84,1kg.)

Peso palha (até 52,1kg.): Mallory Martin (52,3kg.) x Hannah Cifers (53kg.)*

Peso médio (até 83,9kg.): Alessio di Chirico (83,4kg.) x Zak Cummings (83,9kg.)

Peso pena (até 65,7kg.): Alex Caceres (65,7kg.) x Austin Springer (68,4kg.)**

Peso palha (até 52,1kg.): Polyana Viana (52,6kg.) x Emily Whitmire (52,3kg.)

Peso meio-médio (até 77kg.): Sean Brady (77,3kg.) x Christian Aguilera (77,1kg.)

*Hannah Cifers estourou o limite das palhas, mas seguirá na luta contra Mallory Martin; a atleta deverá pagar 20% de sua bolsa à adversária;

**Austin Sringer estourou o limite dos penas, mas seguirá na luta contra Alex Caceres; o atleta deverá pagar 30% de sua bolsa ao adversário.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments