Sonnen finaliza Shogun e desafia Wanderlei Silva no UFC Fight Night 26

Após vencer o 'Falastrão' desafiou o antigo desafeto ainda no octógono. 'Wanderlei, eu sou o cara do momento'

Chael  SonnenNão deu para Mauricio Shogun! O falastrão Chael Sonnen surpreendeu o brasileiro e finalizou o ex-campeão dos meio-pesados com uma guilhotina no primeiro round. O combate foi a atração principal do UFC Fight Night 26, evento realizado, neste sábado (17), em Boston, nos Estados Unidos. De quebra, após o triunfo, Sonnen pediu para enfrentar Wanderlei Silva, seu antigo rival e velho amigo de Shogun

O programa de lutas do show contou ainda com mais dois atletas tupiniquins que deixaram o octógono com uma vitória e uma derrota. Diego Brandão derrotou Daniel Pineda, enquanto Iuri Marajó foi superado por Urijah Faber.

A luta

Conhecido pelas provocações antes das lutas, Chael Sonnen mudou a estratégia antes e durante o combate. O norte-americano não provocou Shogun e até elogiou o rival nas entrevistas antes do duelo. Mas assim que o árbitro autorizou o início do combate, o “Falastrão” mostrou que seu estilo de luta também havia mudado no octógono.

LEIA TAMBÉM:
– Lyoto desiste de Belfort e pede luta contra Sonnen
– Belfort também desafia Sonnen: ‘Não fuja de mim, vamos lutar’

Chael logo derrubou Shogun, que, por baixo, ainda conseguiu se levantar e inverter a posição. Mas, mesmo em desvantagem no solo, Sonnen mostrou agressividade. Ele tentou encaixar uma guilhotina e forçou o paranaense a ceder a raspagem.

Dono da luta, Sonnen trabalhava com socos por cima, que mesmo sem contundência, somava pontos. Perdido na luta, o brasileiro tentou se levantar e cometeu um erro fatal. Shogun deixou o pescoço à mostra e Sonnen encaixou a guilhotina, forçando o ex-campeão dos meio-pesados a desistir do combate faltando apenas 13 segundos para o fim do primeiro round (assista ao vídeo da luta).

VEJA:
– Diego Brandão vence no card preliminar
Marajó luta bem, mas perde para Faber

“Eu sou o cara do momento, o que você vê é o que você tem. Wanderlei Silva: Eu quero você”, disparou o falastrão ainda no octógono.

Com o resultado, Chael Sonnen chegou a 28 vitórias na carreira e se recuperou do revés diante de Jon Jones no UFC 159. O norte-americano ainda tem 13 derrotas.

Por sua vez, Shogun, que tem um histórico de 21 vitórias e oito derrotas, sofreu seu segundo revés consecutivo no UFC e vê bem de longe a chance de lutar pelo título da organização mais uma vez.

Overeem perde mais uma e se complica

Na segunda luta mais importante da noite a zebra também apareceu. Alistair Overeem chegou ao UFC como candidato ao cinturão dos pesos pesados, mas após ser pego no exame antidoping e sofrer sua segunda derrota consecutiva a situação do holandês se complica dentro do evento.

Diante de Travis Browne, Overeem começou com tudo, colocando o rival contra as grades e disparando um arsenal de socos e joelhadas. Mas com muita raça, o norte-americano conseguiu sobreviver no duelo.

Por sua vez, Overeem mostrou um velho problema: o preparo físico. Depois de castigar o oponente ele acabou surpreendido. Browne acertou um chute frontal mortal no rosto de Alistair que desabou. Travis teve o trabalho de martelar seu adversário até o arbitro da luta encerrar o combate.

Confira abaixo os resultados completos do UFC Fight Night 26: 

Card Principal

Chael Sonnen finalizou Mauricio Shogun com uma guilhotina no R1;

Travis Browne derrotou Alistair Overeem por nocaute no R1;

Urijah Faber derrotou Iuri Marajó na decisão unânime dos juízes;

Matt Brown derrotou Mike Pyle por nocaute no R1;

John Howard derrotou Uriah Hall na decisão dividida dos juízes;

Michael Johnson derrotou Joe Lauzon na decisão unânime dos juízes;

Card Preliminar

Michael McDonald finalizou Brad Pickett com um triângulo no R2;

Conor McGregor derrotou Max Holloway na decisão unânime dos juízes;

Steven Siler derrotou Mike Brown por nocaute no R1;

Diego Brandão derrotou Daniel Pineda na decisão unânime dos juízes;

Manny Gamburyan derrotou Cole Miller na decisão unânime dos juízes;

Ovince St. Preux derrotou Cody Donovan na nocaute técnico no R1;

James Vick finalizou Ramsey Nijem com uma guilhotina no R1.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments