Curtis Blaydes mostra evolução em pé, vence Chris Daukaus por nocaute no UFC Columbus e desafia Ciryl Gane

Norte-americano consegue nocaute avassalador sobre compatriota na luta principal do UFC Columbus

C. Blaydes (esq.) nocauteou C. Daukaus (dir.) na luta principal do UFC Columbus. Foto: Reprodução/Instagram @ufc_brasil

Curtis Blaydes mostrou que tem evoluído seu jogo rumo a uma possível chance pelo cinturão dos pesados (até 120,2kg.). Na luta principal do UFC Columbus, evento realizado neste sábado (26), o norte-americano aplicou um nocaute avassalador sobre Chris Daukaus e pediu por luta contra Ciryl Gane por um título interino.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Com isso, Blaydes volta ao radar de uma disputa pelo título. Em sua carreira, agora, são 15 triunfos, três reveses e uma luta ‘sem resultado’. Quarto colocado no ranking, o norte-americano deve subir posições na divisão dos pesados.

Por outro lado, Daukaus sente o ‘sabor amargo’ do segundo nocaute em série. Ele ‘atualiza’ seu retrospecto para 12 resultados positivos e cinco negativos.

PUBLICIDADE:

A Luta

Daukaus tomou as iniciativas no início do combate, com cruzado e chute baixo. Blaydes, por sua vez, media a distância e trabalhava com jabs de esquerda. Finalmente, quando encontrou, aplicou um cruzado de esquerda que chegou a balançar Chris. A luta se manteve em equilíbrio na reta final e Daukaus já tinha um sangramento no supercílio.

Já no segundo round, o desfecho veio rápido. Após trocar por alguns segundos, Curtis Blaydes desferiu um direto de encontro e conseguiu um nocaute brutal, com Chris Daukaus já caindo fora de si.

“Eu quero Ciryl Gané. Quero uma disputa pelo título. Eu sou o próximo. Eu quero o cinturão. Nós podemos fazer isso em junho, julho, agosto. E vamos lá!”, disse Blaydes, em entrevista no octógono.

PUBLICIDADE:

Confira as estatísticas da luta entre Curtis Blaydes e Chris Daukaus

Resultados do UFC Columbus

CARD PRINCIPAL

PUBLICIDADE:

Peso pesado (até 120,2kg.): Curtis Blaydes derrotou Chris Daukaus por nocaute técnico a 27seg. do R2

Peso mosca (até 56,7kg.):  Alexa Grasso finalizou Joanne Wood com um mata-leão a 3m57s do R1

Peso meio-médio (até 77kg.): Bryan Barberena derrotou Matt Brown na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Peso mosca (até 56,7kg.): Kai Kara-France derrotou Askar Askarov na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso pesado (até 120,2kg.): Ilir Latifi x Aleksei Oleinik – Luta cancelada

Peso meio-médio (até 77kg.): Neil Magny derrotou Max Griffin na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Peso leve (até 70,3kg.): Marc Diakiese derrotou Viacheslav Borshchev na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

CARD PRELIMINAR

Peso galo (até 61,2kg.): Sara McMann derrotou Karol Rosa na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso galo (até 61,2kg.): Chris Gutierrez derrotou Batgerel Danaa por nocaute a 2m34s do R2

Peso médio (até 83,9kg.): Aliaskhab Khizriev finalizou Denis Tiuliulin com um mata-leão a1m58s do R2

Peso mosca (até 56,7kg.): Manon Fiorot derrotou Jennifer Maia na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso mosca (até 56,7kg.): Matheus Nicolau derrotou David Dvorak na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso pena (até 65,7kg.): Luis Saldaña derrotou Bruno Souza na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Podcast #68: Adesanya, Poatan e Volkanovski: Tudo sobre o UFC 276