AO VIVO

Acompanhe o UFC 276, com disputas de cinturão e Alex Poatan

Karol Rosa não se encontra na luta, sente experiência de Sara McMann e é derrotada no UFC Columbus

Brasileira mostra raça, mas acaba superada pela norte-americana na decisão unânime dos juízes

K. Rosa é derrotada no UFC Columbus. Foto: Reprodução/Instagram @ufcespanol

Última representante brasileira no card preliminar do UFC Columbus deste sábado (26), Karol Rosa entrou disposta a se aproximar do top-5 da divisão das galos (até 61,2kg.). Porém, no combate, a brasileira encontrou dificuldade para controlar a experiência de Sara McMann e acabou derrotada na decisão unânime dos juízes.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Matheus Nicolau x David Dvorak

Karol, agora, tem a sequência de seis triunfos quebrada e não consegue passar pela luta mais difícil de sua carreira. A brasileira perde pela primeira vez no UFC e sente o ‘sabor amargo’ do quarto resultado negativo. Por outro lado, ela também tem outros 15 positivos.

McMann, por outro lado, consegue se recuperar do revés contra a atual campeã Julianna Peña e conquista o 13º triunfo na carreira. A norte-americana também já foi derrotada em sete oportunidades.

PUBLICIDADE:

A Luta

Desde o início do combate, Karol Rosa tentou controlar o centro do cage. Sara McMann, no entanto, neutralizou as oportunidades e conseguiu uma queda. A norte-americana caiu na meia-guarda e buscava dar o ‘bote’ no braço esquerdo da brasileira, que apenas se defendia.

Na volta, Sara tentou encurtar a distância, mas viu Karol fazer a defesa. Em domínio completo, a norte-americana voltou a apostar nas quedas e, de forma eficiente, chegou às costas da brasileira. Especialista no mata-leão, ela ajustou a posição e fez a transição para a chave de braço. Rosa aproveitou para fazer a defesa, aplicou joelhadas por cima e fez o suficiente para seguir no duelo.

PUBLICIDADE:

Disposta a ir para o ‘tudo ou nada’, Karol tentou uma joelhada voadora ‘à la Jorge Masvidal’, mas viu McMann se defender com uma tentativa de queda. A brasileira, em seguida, fez a defesa, mas viu sua adversária chegar às costas em pé. Mostrando vontade, Rosa conseguiu reverter a situação e caiu por cima, mas não fez o suficiente para machucar Sara.

PUBLICIDADE:

Confira as estatísticas da luta entre Karol Rosa e Sara McMann:

Chris Gutierrez ‘apaga’ Batgerel Danaa com lindo soco giratório

C. Gutierrez nocauteou D. Batgerel no segundo round com um soco rodado. Foto: Reprodução/Instagram @ufc

Na quinta luta do UFC Columbus, válida pela divisão dos galos (até 61,2 kg), Chris Gutierrez derrotou Bategerel Danaa com um dos nocautes mais bonitos do ano do Ultimate. O norte-americano levou o mongol à lona com um soco giratório espetacular no segundo round e completou o serviço com um ground and pound devastador.

Com a vitória no UFC Columbus, Chris Gutierrez se encontra invicto há sete lutas e vem de três triunfos consecutivos. O norte-americano não perde desde novembro de 2018, quando foi superado por Raoni Barcelos em sua estreia no octógono.

Do outro lado, a derrota de Batgerel Danaa interrompeu uma sequência de três vitórias do atleta mongol. O lutador de 32 anos tem agora três triunfos e dois reveses no Ultimate.

Em duelo russo, Aliaskhab Khizriev finaliza Denis Tiuliulin

A. Khizriev finalizou D. Tiuliulin no UFC Columbus (Foto: Instagram/UFC)

Na quarta luta do UFC Columbus, válida pela divisão dos médios (até 83,9 kg), Aliaskhab Khizriev impressionou e finalizou o compatriota Denis Tiuliulin no segundo round. O atleta da República do Daguestão dominou o primeiro assalto e acelerou no segundo round para levar a vitória.

A luta contra Denis Tiuliulin marcou a estreia de Aliaskhab Khizriev no UFC. O atleta do Daguestão manteve a invencibilidade na carreira e tem agora 14 vitórias no MMA profissional.

Do outro lado, Denis Tiuliulin, que também estreou no Ultimate neste sábado, tem agora nove vitórias e seis derrotas na carreira.

Resultados do UFC Columbus

CARD PRINCIPAL

Peso pesado (até 120,2kg.): Curtis Blaydes derrotou Chris Daukaus por nocaute técnico a 27seg. do R2

Peso mosca (até 56,7kg.):  Alexa Grasso finalizou Joanne Wood com um mata-leão a 3m57s do R1

Peso meio-médio (até 77kg.): Bryan Barberena derrotou Matt Brown na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Peso mosca (até 56,7kg.): Kai Kara-France derrotou Askar Askarov na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso pesado (até 120,2kg.): Ilir Latifi x Aleksei Oleinik – Luta cancelada

Peso meio-médio (até 77kg.): Neil Magny derrotou Max Griffin na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Peso leve (até 70,3kg.): Marc Diakiese derrotou Viacheslav Borshchev na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

CARD PRELIMINAR

Peso galo (até 61,2kg.): Sara McMann derrotou Karol Rosa na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso galo (até 61,2kg.): Chris Gutierrez derrotou Batgerel Danaa por nocaute a 2m34s do R2

Peso médio (até 83,9kg.): Aliaskhab Khizriev finalizou Denis Tiuliulin com um mata-leão a1m58s do R2

Peso mosca (até 56,7kg.): Manon Fiorot derrotou Jennifer Maia na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso mosca (até 56,7kg.): Matheus Nicolau derrotou David Dvorak na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso pena (até 65,7kg.): Luis Saldaña derrotou Bruno Souza na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Podcast #68: Adesanya, Poatan e Volkanovski: Tudo sobre o UFC 276