Marreta vence guerra contra Anders e faz a festa da torcida no UFC São Paulo | SUPER LUTAS

Marreta vence guerra contra Anders e faz a festa da torcida no UFC São Paulo

Em um grande embate, brasileiro precisou de três rounds para nocautear o norte-americano em uma das melhores lutas do ano

Marreta vence por nocaute. Foto: Reprodução / Facebook UFC

O UFC São Paulo não poderia terminar de melhor forma! Thiago Marreta e Eryk Anders travaram um embate antológico, disputado com muita intensidade do primeiro ao último segundo. Ao final, o brasileiro mostrou o poder de suas mãos e nocauteou o rival ao final do terceiro round. O duelo, realizado na noite deste sábado (22), no Ginásio do Ibirapuera, fechou a temporada de eventos do UFC no Brasil com um saldo positivo. 10 vitórias dos atletas tupiniquins, um empate e apenas duas derrotas.

Veja Também

“Vitórias e derrotas fazem parte desse esporte, da vida. Isso é o de menos. O mais importante é como você age fora do octógono, ser cavalheiro, como é o Anders. Uma salva de palmas para ele!”, disse Thiago.

A luta

O combate entre Marreta e Anders não teve tempo para estudo. O brasileiro começou a disputa soltando seu arsenal de golpes. O norte-americano até tentou responder, mas preferiu travar a disputa no solo. Eryk até conseguiu a queda, mas Thiago saiu da pressão e voltou a golpear em pé. O norte-americano ainda tentou equilibrar a peleja, mas os ataques de Marreta eram mais contundentes.

No segundo round, Anders tentou novamente colocar o combate para o chão, mas Marreta mostrou boa defesa de quedas. O brasileiro ainda conseguiu desequilibrar o rival e trabalhar por cima. Ele evitou as pedaladas do rival e conectou boas cotoveladas por cima. No recomeço da luta em pé, Thiago disparou vários socos e joelhadas contra o norte-americano.

Ainda mais confiante na luta em pé, Marreta trabalhou com chutes na perna de Anders, afim de travar a movimentação do rival. Por sua vez, o norte-americano, já bastante cansado, tentava encaixar alguns diretos de encontro. Eryk ainda conseguiu uma boa queda, mas Thiago se levantou bem. Ainda no clinch, o brasileiro disparou várias cotoveladas que magoaram o rival. O protetor bucal de Anders chegou a cair. O árbitro parou a peleja, recocolou a proteção e o castigo não parou. O atleta tupiniquim continuou batendo até o gongo soar. Porém, já exausto, Anders desabou no octógono sem condições de continuar e o árbitro decretou o nocaute técnico.

Resultados UFC São Paulo

Card Principal

Peso meio-pesado: Thiago Marreta derrotou Eryk Anders por nocaute técnico a 5m do R3

Peso meio-médio: Alex Cowboy derrotou Carlo Pedersoli por nocaute a 39s do R1

Peso meio-pesado: Rogério Minotouro derrotou Sam Alvey por nocaute a 1m do R2

Peso galo: Andre Ewell derrotou Renan Barão na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Peso palha: Randa MarkosMarina Rodriguez empataram (29-28, 28-28, 28-28)

Card Preliminar

Peso leve: Charles do Bronx finalizou Christos Giagos com um mata-leão a 3m22s do R2

Peso leve: Francisco Massaranduba derrotou Evan Dunham por nocaute técnico a 4m10s do R2

Peso meio-pesado: Ryan Spann derrotou Luis Henrique KLB na decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28, 30-27)

Peso pesado: Augusto Sakai derrotou Chase Sherman por nocaute técnico a 4m03s do R3

Peso meio-médio: Serginho Moraes finalizou Ben Saunders com um katagatame a 4m42s do R2

Peso mosca: Mayra Sheetara finalizou Gillian Robertson com uma chave de braço a 4m55s do R1

Peso médio: Thales Leites derrotou Hector Lombard na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso meio-médio: Elizeu Capoeira derrotou Luigi Vendramini por nocaute a 1m20s do R2

Peso palha: Lívia Renata Souza finalizou Alex Chambers com uma guilhotina a 1m21s do R1

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments