Marreta vence guerra contra Anders e faz a festa da torcida no UFC São Paulo

Em um grande embate, brasileiro precisou de três rounds para nocautear o norte-americano em uma das melhores lutas do ano

Marreta vence por nocaute. Foto: Reprodução / Facebook UFC

O UFC São Paulo não poderia terminar de melhor forma! Thiago Marreta e Eryk Anders travaram um embate antológico, disputado com muita intensidade do primeiro ao último segundo. Ao final, o brasileiro mostrou o poder de suas mãos e nocauteou o rival ao final do terceiro round. O duelo, realizado na noite deste sábado (22), no Ginásio do Ibirapuera, fechou a temporada de eventos do UFC no Brasil com um saldo positivo. 10 vitórias dos atletas tupiniquins, um empate e apenas duas derrotas.

Veja Também

Com direito a show, Alex Cowboy atropela italiano em 39 segundos no UFC São Paulo
Charles finaliza, quebra recorde de Royce Gracie e faz a festa da torcida no UFC São Paulo
Voltando as origens, Serginho Moraes finaliza Ben Saunders no UFC São Paulo
Thales Leites se aposenta com vitória de virada no UFC São Paulo

“Vitórias e derrotas fazem parte desse esporte, da vida. Isso é o de menos. O mais importante é como você age fora do octógono, ser cavalheiro, como é o Anders. Uma salva de palmas para ele!”, disse Thiago.

A luta

O combate entre Marreta e Anders não teve tempo para estudo. O brasileiro começou a disputa soltando seu arsenal de golpes. O norte-americano até tentou responder, mas preferiu travar a disputa no solo. Eryk até conseguiu a queda, mas Thiago saiu da pressão e voltou a golpear em pé. O norte-americano ainda tentou equilibrar a peleja, mas os ataques de Marreta eram mais contundentes.

No segundo round, Anders tentou novamente colocar o combate para o chão, mas Marreta mostrou boa defesa de quedas. O brasileiro ainda conseguiu desequilibrar o rival e trabalhar por cima. Ele evitou as pedaladas do rival e conectou boas cotoveladas por cima. No recomeço da luta em pé, Thiago disparou vários socos e joelhadas contra o norte-americano.

Ainda mais confiante na luta em pé, Marreta trabalhou com chutes na perna de Anders, afim de travar a movimentação do rival. Por sua vez, o norte-americano, já bastante cansado, tentava encaixar alguns diretos de encontro. Eryk ainda conseguiu uma boa queda, mas Thiago se levantou bem. Ainda no clinch, o brasileiro disparou várias cotoveladas que magoaram o rival. O protetor bucal de Anders chegou a cair. O árbitro parou a peleja, recocolou a proteção e o castigo não parou. O atleta tupiniquim continuou batendo até o gongo soar. Porém, já exausto, Anders desabou no octógono sem condições de continuar e o árbitro decretou o nocaute técnico.

Resultados UFC São Paulo

Card Principal

Peso meio-pesado: Thiago Marreta derrotou Eryk Anders por nocaute técnico a 5m do R3

Peso meio-médio: Alex Cowboy derrotou Carlo Pedersoli por nocaute a 39s do R1

Peso meio-pesado: Rogério Minotouro derrotou Sam Alvey por nocaute a 1m do R2

Peso galo: Andre Ewell derrotou Renan Barão na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Peso palha: Randa Markos e Marina Rodriguez empataram (29-28, 28-28, 28-28)

Card Preliminar

Peso leve: Charles do Bronx finalizou Christos Giagos com um mata-leão a 3m22s do R2

Peso leve: Francisco Massaranduba derrotou Evan Dunham por nocaute técnico a 4m10s do R2

Peso meio-pesado: Ryan Spann derrotou Luis Henrique KLB na decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28, 30-27)

Peso pesado: Augusto Sakai derrotou Chase Sherman por nocaute técnico a 4m03s do R3

Peso meio-médio: Serginho Moraes finalizou Ben Saunders com um katagatame a 4m42s do R2

Peso mosca: Mayra Sheetara finalizou Gillian Robertson com uma chave de braço a 4m55s do R1

Peso médio: Thales Leites derrotou Hector Lombard na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso meio-médio: Elizeu Capoeira derrotou Luigi Vendramini por nocaute a 1m20s do R2

Peso palha: Lívia Renata Souza finalizou Alex Chambers com uma guilhotina a 1m21s do R1

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário