Cinco motivos para assistir ao UFC 272, com o ‘acerto de contas’ entre Colby Covington e Jorge Masvidal

Card traz 13 confrontos aos fãs e conta com ‘acerto de contas’ entre ex-parceiros de treinos na ‘American Top Team’ na luta principal; cinco brasileiros são destaques

C. Covington e J. Masvidal em encarada após coletiva de imprensa (Foto: Instagram/UFC Europe)

Chegou o grande momento. Neste sábado (5), na T-Mobile Arena, em Nevada (EUA), acontece o aguardado UFC 272, que entrega ao público o primeiro capítulo da rivalidade entre os ex-amigos Colby Covington e Jorge Masvidal no octógono, em combate válido pela divisão dos meio-médios (até 77kg.).

PUBLICIDADE:

Veja Também

O card ainda conta com cinco brasileiros, incluindo a disputa entre Rafael dos Anjos e Renato Moicano na luta co-principal. Edson Barboza, Alex Cowboy e Marina Rodriguez completam o esquadrão verde amarelo do evento. O UFC 272, ao todo, terá 13 combates que prometem agitar os fãs de MMA.

Agora, com o intuito de já entrar no clima das disputas, a equipe do SUPER LUTAS selecionou cinco motivos para acompanhar o UFC 272. Confira:

PUBLICIDADE:

1) Acerto de contas

J. Masvidal (esq.) e C. Covington (dir.) eram amigos na ‘American Top Team’. Foto: Reprodução/Instagram

O maior e principal ingrediente da noite é conhecer, enfim, o resultado da longa rivalidade entre Colby Covington e Jorge Masvidal. Ex-companheiros de treinos e amigos da ‘American Top Team’ (ATT), os dois atletas se provocam com certa frequência nas redes sociais e, agora, resolvem suas pendências na luta principal da noite.

Além disso, o duelo representa a retomada de um dos lutadores na divisão dos meio-médios (até 77kg.). Colby e Jorge vêm de derrotas para o atual campeão Kamaru Usman e tentam voltar ao status de possíveis desafiantes ao título na organização.

PUBLICIDADE:

2) Duelo entre brasileiros

R. dos Anjos (esq.) e R. Moicano (dir.) medem forças em duelo brasileiro. Foto: Reprodução/Instagram

Na segunda luta principal da noite, um ‘prato cheio’ para a comunidade brasileira de MMA. O inesperável confronto entre os brasileiros Rafael dos Anjos e Renato Moicano foi marcado justamente na semana do evento, após saída de Rafael Fiziev por testar positivo para a COVID-19.

PUBLICIDADE:

Com isso, Moicano – que já havia atuado no UFC 271 do dia 12 de fevereiro, na vitória sobre Alexander Hernandez, volta a atuar na organização e planeja surpreender Dos Anjos. Organizado pelo Ultimate às vésperas, o duelo foi negociado para acontecer em peso casado (até 72,6kg.) e previsto para cinco rounds.

3) Chance de ouro

O UFC 272 também vale ‘ouro’ para Marina Rodriguez, quase que literalmente. A brasileira mede forças contra Yan Xiaonan no card preliminar do evento e pode, em caso de vitória expressiva, confirmar o status de próxima desafiante ao título das palhas (até 56,7kg.), que hoje pertence à Rose Namajunas.

Ela chega, pela primeira vez no Ultimate, como favorita para uma luta. Terceira colocada no ranking da categoria, Rodriguez vem em uma sequência expressiva, com três vitórias seguidas, contra Amanda Ribas, Michelle Waterson e Mackenzie Dern.

4) Momento de recuperação

As recuperações de Alex Cowboy e Edson Barboza também podem acontecer no UFC 272. Cowboy, que chega com uma sequência negativa de três derrotas seguidas, entra pressionado para o combate contra Kevin Holland e precisa de um triunfo convincente para seguir na organização, onde compete desde 2015.

Já Barboza tem a difícil missão de tirar a invencibilidade de Bryce Mitchell, que nunca perdeu em 14 apresentações. O brasileiro estava em um retrospecto de dois triunfos seguidos, mas acabou nocauteado por Giga Chikadze em sua última atuação, que aconteceu em agosto de 2021.

5) ‘Pupilos’ de Khabib no card

T. Ulanbekov (esq.) e U. Nurmagomedov são ‘pupilos’ de Khabib. Foto: Montagem SUPER LUTAS

Na primeira metade do card, o público terá a oportunidade de acompanhar dois prospectos e ‘pupilos’ de Khabib. Invicto na carreira, seu primo, Umar Nurmagomedov, visa o resultado positivo na segunda apresentação no octógono mais famoso do mundo. Ele mede forças contra Brian Kelleher.

Em momento semelhante, Tagir Ulanbekov chega para o combate contra Tim Elliott com o ajuste em seu jogo na ‘American Kickboxing Academy’ (AKA). Ele era um dos lutadores preferidos de Abdulmanap Nurmagomedov, pai de Khabib. Até o instante, o russo fez duas lutas no UFC e venceu Bruno Bulldoguinho e Alan ‘Puro Osso’ Nascimento.

Ficha técnica do UFC 272

Data: 05 de março de 2022

Horário: A partir das 20h (horário de Brasília)

Local: T-Mobile Arena, Nevada, Estados Unidos

Como assistir: SUPER LUTAS AO VIVO em tempo real e Canal Combate (todo o card) pela TV

CARD PRINCIPAL (0h, horário de Brasília):

Peso meio-médio (até 77kg.): Colby Covington x Jorge Masvidal

Peso casado (72,6kg): Rafael dos Anjos x Renato Moicano

Peso pena (até 65,7kg.): Edson Barboza x Bryce Mitchell

Peso meio-médio (até 77kg.): Kevin Holland x Alex Cowboy

Peso pesado (até 120,2kg.): Sergey Spivak x Greg Hardy

CARD PRELIMINAR (20h, horário de Brasília):

Peso leve (até 70,3kg.): Jalin Turner x Jamie Mullarkey

Peso palha (até 52,1kg.): Marina Rodriguez x Yan Xiaonan

Peso meio-pesado (até 93kg.): Nicolae Negumereanu x Kennedy Nzechukwu

Peso mosca (Até 56,7kg.): Maryna Moroz x Mariya Agapova

Peso pena (até 65,7kg.): Brian Kelleher x Umar Nurmagomedov

Peso mosca (até 56,7kg.): Tim Elliott x Tagir Ulanbekov

Peso leve (até 70,3kg.): Devonte Smith x Ludovit Klein

Peso meio-pesado (até 93kg.): Dustin Jacoby x Michal Oleksiejczuk

Podcast #69: Alex Poatan brilha e Adesanya sai vaiado no UFC 276